segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

PPV Review - WWE | NXT Takeover: Philadelphia

Gostou deste artigo? Então clique nos botões ao lado para o curtir! Se assim o desejar, deixe-nos um comentário no fim que nós e os visitantes agradecemos!

Andrade Almas mantém o título frente a Johnny Gargano em combate certamente candidato a melhor de 2018



Data: 27 de janeiro de 2018
Arena: Wells Fargo Center
Localidade: Filadélfia, Pensilvânia


NXT Tag Team Championship:
The Undisputed Era (Bobby Fish e Kyle O'Reilly) (c) vs. The Authors of Pain (Akam d Rezar)
Combate que começou com um ataque pelas costas por parte dos The Authors of Pain aos campeões.
Luta equilibrada, com os Undisputed Era a conseguirem contrariar bem o poderio físico dos candidatos principais. Contudo, os Authors of Pain apareceram bem na reta final e aplicaram nessa altura alguns dos seus principais golpes, mas O’Reilly conseguiu surpreender com um roll-up rápido e dar a vitória à sua equipa.
Vencedores: The Undisputed Era (Bobby Fish e Kyle O'Reilly)
Nota: 6,5/10


Kassius Ohno vs. Velveteen Dream
Mais um combate equilibrado, mas este por vezes atabalhoado, com momentos de pouca coerência e interação com os fãs, além de uma ou outra execução menos conseguida.
O triunfo acabou por sorrir a Velveteen Dream, após um Cartwheeling Death Valley Driver e um Purple Rainmaker [Diving Elbow].
Vencedor: Velveteen Dream
Nota: 6/10


NXT Women's Championship:
Ember Moon (c) vs. Shayna Baszler
Shayna Baszler dominou a campeã a seu bel-prazer durante alguns minutos, mostrando um vasto reportório de submissões, a esmagadora maioria a castigar os braços de Ember Moon. Moon esteve perto de desistir quando presa num arm bar, mas acabou por chegar às cordas e quebrar a chave.
Shayna Baszler voltou à carga mas mostrou-se tão concentrada em fazer a adversária desistir que a dada altura se esqueceu na posição das omoplatas, acabando por perder por pin fall após uma manobra engenhosa de Moon.
Vencedora: Ember Moon
Nota: 6/10


Extreme Rules match:
Aleister Black vs. Adam Cole
As regras permitiam tudo e Adam Cole não se fez rogado, nem quando Aleister Black abdicou de utilizar um kendo stick. Ainda o combate ia no início e já o ringue e zona envolvente estavam repletos de mesas, cadeiras e caixotes do lixo. Contudo, o que veio a infligir mais danos foi um escadote montado por Black, no qual Adam Cole foi plantado.
O impacto foi grande mas insuficiente para arrumar Cole, que impediu que o pin fall chegasse ao fim, ripostou com uma cadeira e ainda conseguiu que o adversário caísse desde o topo de um dos cantos para cima de uma mesa que estava montada fora do ringue.
Se Cole também não tinha ficado arrumado depois de ter caído de costas em cima de um escadote, Black também não se ficou pela queda na mesa, e respondeu ao projetar Cole para cima de duas cadeiras e ao acertar-lhe com uma joelhada com uma cadeira pelo meio.
Quando Black parecia lançado para a vitória, Bobby Fish e Kyle O'Reilly apareceram em cena para ataca-lo. Contudo, a força dos números voltou a ficar equilibrada devido à interferência dos SAnitY.
Novamente um contra um, Black conseguiu plantar Cole numa mesa de comentadores, mas o líder dos Undisputed Era respondeu com um pontapé certeiro. Contudo, Black ripostou com um Black Mass [spin kick] vitorioso.
Vencedor: Aleister Black
Nota: 8,5/10


NXT Championship:
Andrade "Cien" Almas (c) vs. Johnny Gargano
Combate disputado a um ritmo intenso, apenas ao alcance de wrestlers com um nível de cardio bastante elevado. A intensidade aliou-se à coerência, qualidade de execução e emoção, resultando num grande espetáculo.
Johnny Gargano foi amassado com vários golpes de alto impacto e embora fosse resistindo às tentativas de assentamento, ia mostrando um ar muito atordoado: selling ao mais alto nível.
Entretanto, Gargano conseguiu dar um ar de sua graça e prendeu o campeão numa submissão, mas Andrade Almas deu a mão a Selena Vegas e chegou à corda inferior, quebrando a manobra.
Após a interferência de Selena, Almas executou um Hammerlock DDT, mas inacreditavelmente Gargano conseguiu safar-se no pin fall. Johnny Wrestling também respondeu com um DDT, mas o campeão imitou-o ao interromper o assentamento. E como à terceira é que é de vez, Andrade Almas chegou ao triunfo após um DDT a partir da corda superior.
Vencedor: Andrade “Cien” Almas
Nota: 9,5/10







Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Enviar um comentário

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

0 comentário(s):