segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Overrated ou Underrated #46 - Emma

Gostou deste artigo? Então clique nos botões ao lado para o curtir! Se assim o desejar, deixe-nos um comentário no fim que nós e os visitantes agradecemos!


Sejam bem-vindos a mais uma edição do Overrated ou Underrated. Na última edição foi analisada a cara da WWE, o ex-16 vezes campeão mundial, John Cena. Na edição desta semana, vamos analisar uma das superstars femininas do Monday Night RAW que teve a chance de vencer o título, pela primeira vez, no No Mercy.

Apresentando agora o espaço para quem nunca leu uma edição ou simplesmente não está recordado da essência de um Overrated ou Underrated.

Underrated – Alguém que é subvalorizado ou não têm o devido reconhecimento seja aos olhos da industria do wrestling ou até dos fãs.

Overrated – Precisamente o contrário do ponto anterior. Alguém que é sobrevalorizado e que a industria do wrestling ou fãs dão demasiado crédito por aquilo que faz.

No ponto – Nem toda a gente ocupa um lugar acima ou abaixo daquilo que realmente merece. Existem lutadores que ocupam o lugar que ocupam na industria porque é exactamente nesse sitio que merecem estar e têm também exactamente o reconhecimento que merecem da parte dos fãs.

Por fim, gostaríamos sempre de saber a vossa opinião, quer concordem ou discordem da nossa avaliação sobre o wrestler em questão. Tentem também coloca-lo numa destas três categorias e caso se sintam à vontade podem sempre dar sugestões sobre wrestlers que gostariam de ver neste espaço.



Nesta edição do Overrated ou Underrated, temos connosco Emma, uma das grandes promessas da NXT, mas que, como tem sido observado, ainda não conseguiu cimentar o seu espaço no main roster, e tem promovido a hashtag #GiveEmmaAChance, de forma a tentar ganhar reconhecimento e uma oportunidade ao título feminino da RAW.

*********************

Btaker22 (Underrated) – Esta senhora sempre foi Underrated desde o início da sua carreira, e acho isso incrível tendo em conta que se vê, neste caso, uma mulher com tanto talento para o pro-wrestling e em nada é aproveitada. A Emma que via na NXT, ainda com a gimmick da "bubbly Emma" com a dancinha com os braços tinha potencial para ficar extremamente over no main roster. Ela mostrou o seu potencial e só não se tornou campeã feminina da NXT porque, na altura, tinha uma adversária de peso em Paige. E sim, isto é que foi o começo da Women's Revolution, o combate que ela teve com Paige pelo título da NXT, portanto sou dos que concorda com ela: ela começou a revolução das divas. No main roster, se fosse bem tratada, a dança podia ter sido outro fenómeno como o "Fandangoing" ou algo do género, mas ela foi apresentada como uma comédia, ao lado do Santino Marella, e acabaram por desistir dela. Não sou só eu que digo, o próprio Chris Jericho disse, na altura, que a Emma iria ficar super over no main roster assim que se estreasse com esta personagem. Infelizmente, esta personagem fica no passado, mas passado esse que, para mim, não deve ser esquecido, pois assinala o primeiro enorme combate feminino que vi na NXT e uma personagem que podia ter tido imenso sucesso.

Quando esta regressa à NXT, muda a sua imagem e torna-se na Emma arrogante, que diz que é "All About Me", e esta mostra, mais uma vez, que é das mulheres mais talentosas da NXT, fazendo para mim aquele que foi, talvez, o melhor combate da Asuka, quando estas lutaram em Londres no NXT:Takeover. Tinha ainda uma aliança com Dana Brooke que beneficiava esta última, que hoje em dia anda também pelas ruas da amargura muito pelo facto de ainda ser muito verdinha. Motivados pela sua boa aparência, muito resultante também de alguma mudança do treino dela (visto que as mudanças no corpo eram visíveis...), a WWE teve a ideia de a tornar na Emmalina, aquilo que seria uma substituta da Eva Marie (mas com talento no ringue...), o que se torna mais uma vez numa ideia falhada pois esta, aparentemente, não se sentiu à vontade a fazer isso, por isso volta a ser a "Evil Emma", que, até agora, dificilmente é uma superstar credível para a maior parte das mulheres de topo na divisão feminina da RAW.

Agora digam-me: temos uma mulher que sabe fazer bons combates, é atraente ao olhar e tem uma personagem que lhe encaixa bem, e porque é que esta não está numa melhor posição? É difícil responder, existem e já existiram muitos casos parecidos na WWE, e tudo o que posso esperar é que a WWE faça o que está certo: #GiveEmmaAChance

Se na altura que estiverem a ler isto, a Emma for a nossa RAW Women's Champion, a minha análise não muda, porque no máximo deram-lhe um pequeno prémio pelo esforço, e sabemos quem irá então perder rapidamente o título para a Asuka.

*********************

Cell (Underrated) – Nos últimos anos da WWE, se houve divisão que teve a maior reinvenção foi a divisão feminina, que passou de espetáculo quase erótico, a wrestling mesmo. Com esta reinvenção, apareceram novas caras, como as Four Horsewoman, Alexa Bliss, Nia Jax, etc, que, rapidamente, se tornaram as caras desta nova geração feminina. Mas, antes delas, existiu uma geração intermédia, que tentou reinventar esta divisão. E uma das mulheres que pertencia a essa geração era Emma.

Ora, há muitas coisas que a WWE planeia e, numa primeira instância, podem parecer boas ideias. Bubble Girl é uma personagem que, só pelo nome, parece parva, mas NXT servia mesmo para isso, experimentar coisas. Todo este início da carreira de Emma aconteceu numa altura em que a WWE ainda não sabia que tudo o que passa pela NXT vai ter reacção, mas isso não quer dizer que funcione no main roster. E, com este erro, mais cedo ou mais tarde, Emma lá se estreou no main roster... como paixoneta do Santino Marella.

Vamos esquecer todo este passado de Emma, porque há lutadores que a WWE parece querer enterrar logo com as personagens que lhes atribuem. Vamos focar na Emma dos dois últimos três anos e, para mim, a melhor Emma. Depois de abandonar as bolhas de água, Emma tornou-se numa mulher má, arrogante e determinada a ter sucesso. Juntamente com Dana Brooke, alguém muito mais verde que ela, criaram uma dupla feminina muito dominante, e foram das melhores coisas na NXT na altura, sendo rivalizadas agora com o ato das Iconic Duo. Foi uma questão de tempo até que Emma voltasse ao main roster e, juntamente com Dana Brooke, recriassem a tal dupla dominante.

Por vezes, o destino é cruel e, tal como outros lutadores, Emma lesiona-se com gravidade, antes de poder consolidar-se como deve ser no main roster. Lesionou-se não uma, mas duas vezes, sendo que, a segunda lesão ocorreu poucas semanas depois a ter regressado da primeira lesão.

Atualmente, Emma já regressou desta segunda lesão e, de maneira timida, a WWE parece querer dar-lhe oportunidades. Claro que há sempre um receio que uma nova lesão possa surgir, Emma parece ser um pouco propícia a isso. Mas, Emma já demonstrou o que pode fazer, não só no ringue, mas no micro, e, embora eu ache que o seu trabalho no micro pode ser melhorado, acho que ela já deu provas de merecer mais do que teve. É arriscado apostar em lutadores com historiais de lesões longas, mas Emma já perdeu muito tempo da sua carreira por causa destas lesões, espero que a WWE não a desperdice.

Emma já demonstrou qualidades muito boas (no Instagram, para os interessados, também), mas, e embora tenha falhado a reinventar-se uma segunda vez, como Emmalina, acho que não é sinal de alarme, mas sim, que ela não precisa de se reinventar, mas, sim, trabalhar mais a sua personagem atual e consolidar a sua carreira, que é um pouco tremida, ainda.

Por tudo o que Emma já demonstrou e, considerando, a falta de vitórias e oportunidades que ainda teve, tenho de considerar Emma underrated.


*********************

Chegamos ao fim desta quadragésima sexta edição, mas voltaremos como sempre para a semana com mais um lutador a ser analisado. Agora, queremos saber a vossa opinião. Será que Emma é:


OVERRATED?

Ou

UNDERRATED?

Ou

QUE ESTÁ NO PONTO?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Enviar um comentário

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

2 comentário(s):

Chris JRM disse...

Das maiores representações do underrated em todo aquele balneário. Já é praticamente a gimmick dela!

- disse...

underrated, também sou daqueles que gostava de ver a Emma brilhar em todo o seu esplendor no Impact sem as "algemas" da WWE