domingo, 25 de junho de 2017

Rivalidades (In)Esquecíveis #28 | Jeff Hardy vs CM Punk (WWE – 2009)

Gostou deste artigo? Então clique nos botões ao lado para o curtir! Se assim o desejar, deixe-nos um comentário no fim que nós e os visitantes agradecemos!


(Jeff Hardy vs CM Punk - WWE 2009)

Sejam bem vindos a mais uma edição de Rivalidades (In)Esquecíveis!

Sou o Dead Wyatt e este é o espaço onde agora quinzenalmente, pego numa rivalidade (recente ou não) no mundo do Pro-Wrestling e a tento descrever da melhor maneira possível para todos nós a revivermos da melhor maneira!

Para esta edição, a #28 resolvi trazer uma rivalidade que já há uns meses ando a pensar aqui retratar. Uma rivalidade que é sobretudo sobre o World Heavyweight Championship na WWE, mas que também é algo pessoal. CM Punk vs Jeff Hardy.

Numa altura em que a Team Extreme regressou à WWE e está em altas e também na altura de mais um Money In The Bank, achei apropriado trazer a vós esta rivalidade.

Introdução:

Para começar e para ficarmos bem situados na história, teremos que recuar algum tempo antes dos dois lutadores se enfrentarem.

(CM Punk)

E para isso vamos recuar até à Wrestlemania XXV em 2009 e ao Money In The Bank Ladder Match (numa altura em que não era um gimmick PPV, mas sim um combate inovador e entusiasmante). Este combate foi a abertura da Wrestlemania e contou com Finlay, Christian, CM Punk, Kane, Mark Henry, MVP, Shelton Benjamin e Kofi Kingston.

Este MITB foi ganho por CM Punk que se tornou assim o primeiro e único lutador até hoje a ganhar este Ladder Match por duas vezes. Punk não só conquistou duas vezes a mala que da direito a um combate pelo Título da WWE, como o fez consecutivamente. Punk tinha ganho o MITB Ladder Match em 2008 na Wrestlemania XXIV.

Já temos um motivo para esta rivalidade ter acontecido, mas falta o segundo interveniente. O World Heavyweight Champion.

(Jeff Hardy)

Jeff Hardy estava envolvido numa rivalidade com o seu irmão Matt Hardy desde Janeiro, no Royal Rumble, após este último ter interferido num combate pelo World Heavyweight Championship entre Jeff que era o Campeão na altura, contra Edge, acabando este último por conquistar o tão prestigiado Título.

Esta rivalidade durou até ao Backlash, PPV que se realizou após a Wrestlemania XXV, tendo Jeff saído como vencedor após derrotar o seu irmão Matt, num I Quit Match.

O Inicio:

A seguir ao Backlash surgiu o PPV Extreme Rules e Jeff Hardy estava agora preparado para voltar a defrontar Edge para tentar recuperar o World Championship que havia perdido no inicio do ano.

(WWE Extreme Rules - Jeff Hardy vs Edge (c) World Heavyweight Championship Ladder Match)

Assim a 7 de Junho no Extreme Rules aconteceu Jeff Hardy vs Edge num Ladder Match pelo World Heavyweight Championship.

Após um bom combate, Jeff consegue subir ao escadote e retirar o World Championship, sagrando-se assim de novo Campeão. Mas os seus festejos seriam curtos… muito curtos.

(Momento em que Jeff Hardy retira o Título sagrando-se World Heavyweight Champion)

Praticamente logo após a conquista de mais um Título por parte de Jeff, eis que surge… CM Punk!

Punk faz-se acompanhar da sua mala MITB que tinha ganho na Wrestlemania XXV e estava mais que visto quais as suas pretensões com a sua presença naquele exacto momento. Punk iria aproveitar o facto de Jeff estar cansado após um combate exaustivo e fazer o “Cash In” ao invocar o combate pelo Título a que tinha direito.

Foi ordenado que o combate começasse nesse instante. Punk após aplicar dois GTS em Jeff, parte para o cover e conquista o World Championship pela segunda vez, cobrando assim com sucesso o contrato do MITB.

(Momento em que CM Punk faz o Cash In em Jeff Hardy do seu contrato Money In The Bank)


(CM Punk festeja a conquista do World Heavyweight Championship)

Próximo capitulo – As desforras:

Após a reconquista do Título e a consequente perda minutos depois, Jeff Hardy iria atrás de CM Punk, por isso o patamar que se seguiria era o WWE The Bash.

Nas semanas seguintes ao Extreme Rules, Hardy e Punk tiveram confrontos muito tensos, o que levou o GM (General Manager) do Smackdown Theodore Long, a marcar um combate pelo Título para o The Bash. Jeff Hardy iria ter a sua desforra.

(WWE The Bash - CM Punk (c) vs Jeff Hardy World Heavyweight Championship)

O WWE The Bash aconteceu a 28 de Junho e era aqui que Jeff se queria vingar de Punk. O combate foi praticamente todo disputado a um ritmo alto com os dois a trocar golpes sempre com muita intensidade.

A certo ponto, quando Punk ia para aplicar o GTS, Hardy contra ataca para o Twist Of Fate, passando logo de seguida para o Swanton Bomb. Hardy parte para o cover e consegue o pinfall. Mas o árbitro apercebe-se que Punk afinal tinha o pé debaixo da corda inferior, o que iria invalidar o pinfall.

Os dois continuaram a batalhar, mas Punk atingiu o árbitro com um Roundhouse Kick causando assim a sua desqualificação, continuando desta forma como World Heavyweight Champion. Punk desculpou-se do sucedido alegando que tinha uma lesão no olho e não conseguiu ver o árbitro.

Após o fim do combate, Jeff Hardy num momento de loucura e frustração, ataca Punk na rampa de entrada, levando a que o árbitro e varios oficial os fossem separar.

(WWE The Bash - CM Punk (c) vs Jeff Hardy World Heavyweight Championship)

Mas Jeff Hardy não se conformava e colocou muitas dúvidas na lesão que Punk teria sofrido no olho, chegando a alegar que a lesão era falsa, mas Punk recusa essas acusações voltando a alegar que atingiu o árbitro porque não conseguia ver o seu alvo.

É aqui que CM Punk faz o heel turn. Punk alega ser moralmente superior aos fãs de Jeff Hardy devido a ele levar um estilo de vida livre de drogas e vícios.

(Promo de CM Punk em que fala dos estilos de vida diferentes e faz referências aos abusos de Jeff Hardy)

O próximo PPV estava a caminho, sendo ele o Night Of Champions e o GM do Smackdown Theodore Long, numa tentativa de terminar esta disputa, agenda um combate pelo World Championship para esse mesmo PPV.

(WWE Night Of Champions - Jeff Hardy vs CM Punk (c) World Heavyweight Championship)

É então a 26 de Julho que chegava o dia das decisões. O Night Of Champions estava ai e mais um combate pelo World Heavyweight Championship agendado entre Jeff Hardy e o Campeão CM Punk.

Mais um grande combate protagonizado por estes dois lutadores. Punk aqui tem um domínio inicial no combate onde consegue controlar Hardy não lhe permitindo muita ofensiva.

Seguiu-se uma série de dives de ambas as partes. Com Jeff no chão do lado de fora do ringue, Punk sobe para cima do ringue na esperança de que o árbitro conta-se até 10 e acaba-se ai o combate.

Mas Hardy consegue chegar ao ringue ainda antes do fim da contagem de 10 e Punk começava a sentir-se frustrado. Retomou o ataque a Jeff com joelhadas para depois Hardy contra atacar com um Wisper In The Wind seguido de um cover, mas Punk salva-se com um Inverted Chinlock numa tentativa de submissão.

(Jeff Hardy a executar o Twist Of Fate em CM Punk)

Para o fim e após uma tentativa falhada de uma cover, Punk abandona o ringue, na esperança de perder por contagem de 10 e assim reter o Título, mas Jeff Hardy recuperou e foi buscar Punk à rampa levando-o para o ringue. Já no ringue Punk tenta de novo o seu GTS mas Hardy contra ataca para o Twist Of Fate. Com Punk estendido no chão, Hardy sobe ao canto do ringue para aplicar o Swanton Bomb que atinge Punk em cheio, parte para o cover e consegue a vitória. O novo World Heavyweight Champion Jeff Hardy, que assim conquistava o Título pela segunda vez.

(WWE Night Of Champions - Jeff Hardy vs CM Punk (c) World Heavyweight Championship)

Um novo Campeão e um novo reinado… curto?

Apesar de Punk demonstrar algum desportivismo perante Hardy após o final do embate no Night Of Champions, Punk dirigiu-se a Hardy após este defender o Título contra John Morrison no episódio de dia 31 de Julho do Smackdown, isso apenas para o atacar na semana seguinte antes de reivindicar a sua cláusula de desforra. Punk acabaria por perder o combate devido a interferência de Matt Hardy que era o árbitro convidado para esse combate, levando Punk a atacar novamente Jeff Hardy.

Logo a seguir ao combate, o GM do Smackdown Theodore Long anunciou que iria haver mais um combate para acertar as contas de uma vez por todas entre os dois e esse combate seria um TLC (Tables Ladders and Chairs) Match e seria no Summerslam.

(WWE Summerslam - CM Punk vs Jeff Hardy (c) Tables Ladders and Chairs Match World Heavyweight Championship)

Chegamos ao Maior Evento do Verão, o Summerslam que foi realizado a 23 de Agosto.

Este tipo de combate (TLC) é tido como a especialidade de Jeff Hardy, portanto nesse sentido, ele partia em vantagem.

Como seria de esperar neste tipo de combate, foi um show de spots de alto risco com ambos os lutadores a usarem e abusarem dos objectos disponíveis, para alem das mesas, escadotes e cadeiras, os degraus de aço, a mesa de comentadores e sabe-se lá mais o quê.

Em certo momento no combate, Punk tentou atirar Hardy para os degraus de aço mas Hardy reverteu a manobra e foi ele a atirar Punk, mas este safa-se saltando por cima dos degraus. Punk então salta para cima de Hardy mas este atinge Punk com uma cadeira de aço enquanto este estava ainda no ar.

Então Jeff Hardy coloca Punk em cima de uma mesa e saltou do cimo da corda superior, mas Punk consegue evitar o impacto desviando-se, fazendo com que Hardy trespassa-se a mesa.

Ainda ouve mais grandes momentos como por exemplo Punk executar um Superplex em Hardy para cima de um escadote e ainda se viu Hardy a executar o Swanton Bomb em Punk do cimo de uma escada para cima da mesa de comentadores.

(Jeff Hardy do cimo do escadote a preparar o Swanton Bomb)


(Jeff Hardy prestes a atingir CM Punk com o Swanton Bomb)

No momento final do combate, viu-se CM Punk e Jeff Hardy a subirem o escadote para retirar o Título. Ambos lutam do cimo da escada, mas Punk atinge Hardy em cheio e cai no ringue, deixando assim o caminho livre para retirar o Título e sagrar-se de novo Word Heavyweight Champion.

(WWE Summerslam - CM Punk vs Jeff Hardy (c) Tables Ladders and Chairs Match World Heavyweight Championship)

Mas no entanto isto não acabaria aqui para CM Punk. Enquanto este celebrava no ringue a sua conquista, as luzes apagam-se momentaneamente e aparece… The Undertaker, que aplica um Chockeslam em Punk.

(The Undertaker após aplicar o Chockslam em CM Punk no WWE Summerslam)

O fim do caminho para um dos dois:

O aparecimento de The Undertaker nesta equação só tinha uma leitura mesmo. Ele queria CM Punk. O Deadman queria o World Heavyweight Championship.

Mas antes disso ainda havia coisas a resolver entre CM Punk e Jeff Hardy. Após a sua derrota e consequente perda do Título, Hardy teria mais uma hipótese de voltar a conquistar o precioso Championship. Para isso ficou marcado para o Smackdown de dia 28 de Agosto aquela que seria a derradeira desforra.

(WWE Smackdown - Jeff Hardy vs CM Punk (c) Steel Cage Match World Heavyweight Championship)

CM Punk e Jeff Hardy voltariam a colidir pelo World Heavyweight Championship, desta vez num Steel Cage Match e com a estipulação especial de que quem perde-se o combate sairia irremediavelmente da companhia.

Ainda antes de o combate começar, Punk ataca Jeff quando este ainda nem tinha chegado à jaula. Punk atira Jeff contra a jaula de cabeça e aplica um Suplex no exterior.

Desde o inicio estava visto qual a estratégia de Punk. Fazer o máximo de dano no seu adversário e tentar ganhar o combate tentando sair da jaula, e tal, aconteceu diversas vezes.

A certa altura, Jeff executa o Swanton Bomb em Punk, mas apenas consegue uma contagem de 2.

Mas o foco para este combate era mesmo as tentativas de fuga da jaula. Em determinado ponto, num desses casos, Punk estava com metade do corpo fora da porta da jaula, mas Jeff conseguiu agarrar as pernas de Punk e impedir que este conseguisse escapar. Punk em desespero e com a ponta dos dedos a tocar nas escadas de aço ele grita “estou fora!” mas o combate continuou pois só metade do seu corpo estava fora da jaula.

Mas Jeff Hardy também tentou escapar da jaula. Num desses momentos, Jeff tinha parte do seu corpo já a passar para o outro lado no topo da jaula, mas Punk agarra a sua perna, puxa-lhe os cabelos fazendo que passasse para a parte de dentro da jaula, seguindo-se um tremendo Suplex em Jeff.

(Momento em que Jeff Hardy quase conseguia sair da jaula)

Para o fim do combate, Punk e Jeff batalhavam no topo da jaula. Punk atinge Jeff com os dedos nos olhos, atira a sua cabeça contra a jaula e atira-o para o ringue. O caminho estava livre e Punk desce a jaula para assim sair vitorioso deste combate.

(WWE Smackdown - Jeff Hardy vs CM Punk (c) Steel Cage Match World Heavyweight Championship)

Depois do combate terminado, Jeff Hardy num momento de emoção, pega no microfone para dizer umas palavras aos fãs. Alguns agradecimentos, mas no fim prometendo um regresso “um dia destes”! Depois do discurso, Jeff dirige-se para a saída distribuindo o seu gear pelos fãs e quando estava no inicio da rampa para fazer a sua pose, eis que surge de novo CM Punk que ataca Jeff Hardy por trás, atingindo-o com o Título na cabeça.

Acabou assim, com Punk de pé e de braços levantados a absorver o “ódio” dos fãs, enquanto Jeff Hardy se encontrava estendido no chão.

(Momento do discurso de despedida de Jeff Hardy e o ataque final de CM Punk)

Este foi um combate que não foi tão bom, ao contrário dos restantes protagonizados por estes dois lutadores. O que prevaleceu aqui foi a emoção constante, a viagem e história que ambos protagonizaram.

No fim, CM Punk acabou sendo o derradeiro vencedor. Com esta vitória Punk continuou World Heavyweight Champion e ao mesmo tempo, fez com que o seu inimigo saísse da WWE.

Notas finais:

- A razão para a saída de Jeff Hardy da WWE foi devido as suas múltiplas lesões. Jeff precisava de tempo para curar as suas várias lesões entre as quais uma lesão no pescoço, duas hérnias na parte inferior das costas e também sofria da síndrome das pernas inquietas. Por essa razão, foi criada a storyline para poder retirar Hardy do programa para assim ele poder ir fazer a sua recuperação;

- Após alguns meses de ausência dos ringues, Jeff Hardy regressa ao Wrestling regressando neste caso à TNA (actual Impact Wrestling). O seu regresso à companhia aconteceu no dia 4 de Janeiro de 2010 no primeiro Live Monday da companhia;

- O aparecimento de The Undertaker que atacara CM Punk no final do Summerslam tinha uma razão de ser. Esta iria ser a sua próxima rivalidade. Punk e Undertaker lutaram pelo World Heavyweight Championship. Após um combate controverso no PPV Breaking Point em que Punk ganhou, acabaria por perder o Título para Undertaker no PPV Hell In A Cell. Ainda ouve mais duas desforras, mas The Undertaker levou sempre a melhor sobre Punk;

- Para apimentar mais esta rivalidade Punk fez muitas referencias ao passado de Jeff Hardy, nomeadamente devido às várias vezes em que ele foi apanhado pelo Wellness Policy. Era conhecido que Jeff abusava de várias substâncias e Punk aproveitou essa deixa, aliado ao facto de a sua personagem interpretar alguém que é livre de álcool e drogas e leva um estilo de vida saudável para atirar isso À cara de Jeff. Uma das razões pelas quais que quando Punk é heel, consegue ser dos melhores, aproveitando cada ponto a seu favor;

- Esta foi realmente uma rivalidade bastante interessante, talvez uma das melhores do ano. Dois lutadores com uma química entre si incrível e que proporcionaram aos fãs alguns dos melhores momentos do ano. Todo o trabalho em ringue, assim como o storytelling dos dois foi o que elevou a rivalidade, permitindo sempre que quem fosse o vencedor do combate, ambos ficavam over, tal a qualidade de ambos.

Acompanharam a rivalidade entre CM Punk e Jeff Hardy?

Qual o melhor momento e o que mudariam?

CM Punk Heel ou Babyface?

Esta edição chegou assim ao fim e como sempre espero que tenham gostado. O Rivalidades (In)Esquecíveis regressa daqui a duas semanas, mas até lá…

Para vós, esta foi uma rivalidade Esquecível ou Inesquecível?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Enviar um comentário

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

4 comentário(s):

André Ribeiro disse...

Decisivo para Punk na WWE, enquanto personagem e mesmo já tendo cartas dadas fora da WWE como gajo habil com o micro, esta feud foi pela primeira vez na WWE onde teve a oportunidade de mostrar o quão bom era no micro ( aliás, muitas das promos da feud Raven vs. Punk são de certa forma adaptadas e mesmo a aparição de Punk como Jeff Hardy é curiosa porque Punk tinha feito o mesmo com Christopher Daniels na ROH).

Acho que é uma das melhores rivalidades no wrestling daqueles anos, mas vale essencialmente pelas personagens e pela história em si. Não que os combates não tenham sido maus, porque não foram - mas Punk teve combates melhores com muita gente.

Anónimo disse...

A ultima grande rivalidade do antigo SmackDown.

- disse...

uma feud muito boa da WWE quando eu e outros já estavámos de saída, admito.

adorei os combates, mas o melhor? as storylines e as promos.

porque não aposta nisto a WWE hoje em dia!?

Anónimo disse...

Para os últimos dez anos da WWE, é uma rivalidade inesquecível.

- Para apimentar mais esta rivalidade Punk fez muitas referencias ao passado de Jeff Hardy, nomeadamente devido às várias vezes em que ele foi apanhado pelo Wellness Policy. Era conhecido que Jeff abusava de várias substâncias e Punk aproveitou essa deixa, aliado ao facto de a sua personagem interpretar alguém que é livre de álcool e drogas e leva um estilo de vida saudável para atirar isso À cara de Jeff. Uma das razões pelas quais que quando Punk é heel, consegue ser dos melhores, aproveitando cada ponto a seu favor;

Por essa razão que a storyline teve razão de existir e foi realmente interessante.

Sim, eu acompanhei.

O momento mais marcante foi o Swanton Bomb do Jeff Hardy da escada no Summerslam.

CM Punk é melhor como Heel.


Infelizmente não vejo mais esse interesse da companhia e de uma parte considerável da fanbase em fazer e criar histórias e personagens assim.