quinta-feira, 5 de julho de 2018

Overrated ou Underrated #80 - Brock Lesnar

Gostou deste artigo? Então clique nos botões ao lado para o curtir! Se assim o desejar, deixe-nos um comentário no fim que nós e os visitantes agradecemos!


Sejam bem-vindos a mais uma edição do Overrated ou Underrated. Na última edição foi analisado o campeão Intercontinental, Jeff Hardy. Na edição desta semana, vamos analisar o wrestler que quebrou a streak do Undertaker e que é o atual campeão Universal.

Apresentando agora o espaço para quem nunca leu uma edição ou simplesmente não está recordado da essência de um Overrated ou Underrated.

Underrated – Alguém que é subvalorizado ou não têm o devido reconhecimento seja aos olhos da industria do wrestling ou até dos fãs.

Overrated – Precisamente o contrário do ponto anterior. Alguém que é sobrevalorizado e que a industria do wrestling ou fãs dão demasiado crédito por aquilo que faz.

No ponto – Nem toda a gente ocupa um lugar acima ou abaixo daquilo que realmente merece. Existem lutadores que ocupam o lugar que ocupam na industria porque é exactamente nesse sitio que merecem estar e têm também exactamente o reconhecimento que merecem da parte dos fãs.

Por fim, gostaríamos sempre de saber a vossa opinião, quer concordem ou discordem da nossa avaliação sobre o wrestler em questão. Tentem também coloca-lo numa destas três categorias e caso se sintam à vontade podem sempre dar sugestões sobre wrestlers que gostariam de ver neste espaço.



Nesta edição do Overrated ou Underrated, temos connosco Brock Lesnar, o atual campeão Universal, e o wrestler com maior reinado deste título.

*********************

Btaker22 (Overrated) – Não sei se será injusto aquilo que vou dizer, mas neste momento parece-me que o Brock Lesnar é Overrated. Não é Overrated porque lhe falta talento no ringue, ou enquanto personagem, visto que ele e o Paul Heyman fazem uma enorme dupla e isso torna-o realmente numa atração, para além de ser uma coisa que claramente funciona. A questão é que a personagem que o Brock faz na TV não é só aquilo que interpreta...ele realmente parece não querer saber nada daquilo. Ele é um lutador com um físico impressionante, com um passado de luta legítimo, que pode trazer bastante lucro à WWE, e que até podia ser Universal Champion sem que eu tivesse problemas com isso, mas a grande questão é que ele parece já não ter que se esforçar nada para merecer aquilo que lhe é dado.

Não estamos só a falar de alguém que é o Universal Champion com o maior reinado (tendo ultrapassado o CM Punk com muito menos defesas de títulos), estamos também a falar de alguém que acabou com a streak do Undertaker após mais de 20 anos sem ninguém o ter feito. Não vou negar que isso não o tenho ajudado a tornar-se numa força ainda mais dominante, mas terá mesmo sido a melhor decisão? É questionável, mas eu pessoalmente não fiquei contente com a mesma, e não digo isto por ser um grande fã do Undertaker, digo isto porque acho que isso podia ter sido usado para criar uma nova estrela, ou se era para ser dado a um "top guy", que fosse o John Cena que é realmente a maior estrela do wrestling desta geração.

Mas voltando ao Brock, continuo a dizer, ele é um atleta impressionante, e provou isso mais do que uma vez quando esteve na WWE antes de ir para a UFC, quando também já tinha sido campeão da WWE, e tinha uma personagem um pouco diferente do monstro imparável que é agora. Para resumir, ele é muito bom mas a WWE parece não exigir que ele mostre isso em combates de topo. Tivemos combates contra o Randy Orton, contra o Braun Strowman ou contra o Samoa Joe, que deviam todos ter sido "dream matches", e foram apenas combates que serviram para nos deixar com um sabor amargo no fim dos mesmos, pois o combate não chegou nem perto das expetativas do mesmo. Apenas o combate com o AJ Styles no Survivor Series mostrou, de uma forma acertada, como é possível jogar com a personagem dominante do Brock Lesnar, ao mesmo tempo que este pode fazer um combate bastante interessante e com uma história bem contada.

Agora, isto é culpa da WWE que não lhe pede para fazer mais, ou é do Brock Lesnar que nem se dá ao trabalho de fazer mais? Não sabemos, mas o que eu sei é que, para aquilo que o Brock Lesnar faz atualmente, tenho de o considerar overrated, pois o conceito do campeão desaparecido que aparece quando quer para um combate de 5 minutos em que mantém o título está gasto, e estou ansioso por voltar a ver o Universal Championship regularmente na RAW.

*********************

Cell (Overrated) – Brock Lesnar é, sem dúvida, a superstar da década. Desde a ter quebrado a streak do Undertaker até ser um dos campeões mundiais com maior reinado, Brock Lesnar fez isto tudo e esteve presente em muitos momentos memoráveis, sendo apenas um part-timer. E o fato de ser part-timer deixa algo a desejar, principalmente se considerarmos que o título Universal está "preso" nele.

Mas, Brock nem sempre foi um part-timer. Houve uma altura em que Brock mostrava muito mais do que agora, uma altura em que fez e trabalhou para ser campeão mundial. Uma altura em que não havia Heymans para serem os porta-vozes, em que não havia "catch-phrases", marcas de marketing ou passados em MMA que dessem um estatuto quase intocável a Brock Lesnar.

E, a verdade, é que Brock é intocável na WWE. Eu diria até que Brock tem a WWE como "refém", quase escrava das suas vontades. A WWE teima em querer dar tudo a Brock, só para o poder utilizar seis ou sete vezes por ano. E Brock quer tudo que a WWE lhe possa dar, ameaçando sempre voltar para a UFC.

E é neste impasse em que andamos atualmente. A WWE quer que Brock apareça mais vezes, ou, pelo menos, que apareça nos quatro grandes PPVs, coisa que, segundo rumores, pode nem acontecer. E, enquanto o campeão Universal não aparece, o produto é que paga, e começa a ser óbvio que o show da RAW anda a precisar que o seu campeão apareça.

Quando Brock regressou, eu fiquei bastante contente, porque poderia significar que a WWE iria produzir coisas mais adultas e calar alguns fãs mais hardcores. E, realmente, isso aconteceu, Brock trouxe uma agressividade nova à WWE e começou a tornar-se uma das grandes razões de vendas. E, por causa de Brock se ter tornado um fenómeno tão grande que a WWE acabou por lhe dar demasiado poder, quer em contrato, quer em oportunidades dadas.

Para mim, existem dois Brock Lesnars. O dos anos dois mil, que foi um full time wrestler e construiu a sua carreira com base no seu trabalho e nas suas capacidades. E, depois, existe o Brock atual, cuja fama atual se baseia em ter estado na UFC e em fazer duas manobras: Suplex e F-5. Sim, Brock continua a proporcionar momentos engraçados e impressionantes. Mas, eu não consigo ser fã de alguém que raramente aparece e já é o campeão mundial com maior reinado dos últimos anos, quando só defende o título três vezes por ano.

Se eu estivesse a analisar o antigo Brock, diria que estava no ponto. Mas, existe uma evolução, e eu tenho de analisar o Brock atual e, para mim, cada vez mais, está a ficar overrated.

*********************

Chegamos ao fim desta octagésima edição, mas voltaremos como sempre para a semana com mais um lutador a ser analisado. Agora, queremos saber a vossa opinião. Será que a "Beast Incarnate" é:


OVERRATED?

Ou

UNDERRATED?

Ou

QUE ESTÁ NO PONTO?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Enviar um comentário

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

5 comentário(s):

TAKINI FRANCES disse...

Overrated as fuck, that´s all folks, good day

Vitor Oliveira disse...

Overrated sem duvidas

Chris JRM disse...

Uma besta atlética cheia de capacidades, que mesmo quando voltou em part-time sacava de muito dinheiro para a WWE e tinha performances agressivas que, mesmo sendo menos convencionais, não deixavam de prender atenção e ser interessantes.
Entretanto, com o passar do tempo, provou que além dessas características também consegue ser egotístico, desmazelado, algo preguiçoso e até acabou mesmo por tornar-se desinteressante, visto que agora já não saca de combates entusiasmantes com tanta frequência e facilidade.
E têm nele um dos títulos principais e uma ilusória confiança de que consegue encabeçar uma brand sem aparecer e sem criar ultraje. Claramente overrated aí...

- disse...

Falando pelos fans + velhos, sim, Overated, claro.

infelizmente representa bastante bem o nível actual da WWE.

João Costa disse...

Overrated.