quarta-feira, 20 de junho de 2018

PPV Review - WWE Money in the Bank 2018

Gostou deste artigo? Então clique nos botões ao lado para o curtir! Se assim o desejar, deixe-nos um comentário no fim que nós e os visitantes agradecemos!

Braun Strowman novo Mr. Money in the Bank; Alexa Bliss ganha combate de escadote e faz cash-in na mesma noite



Data: 17 de junho de 2018
Arena: Allstate Arena
Localidade: Rosemont, Illinois




Daniel Bryan vs. Big Cass
Início de combate intenso, com Daniel Bryan a causar danos através dos seus fortes pontapés mas depois a ir ao tapete graças à força bruta de Big Cass, que arrefeceu um pouco o ritmo para dominar a seu bel-prazer.
Contudo, Bryan conseguiu soltar as amarras e aplicar o Running Knee seguido do Yes Lock, fazendo Cass desistir.
Vencedor: Daniel Bryan
Nota: 6,5/10


Bobby Lashley vs. Sami Zayn
Sami Zayn ainda fez cócegas, mas assim que acertou o passo, Lashley foi esmagador.
Vencedor: Bobby Lashley
Nota: 5/10


WWE Intercontinental Championship:
Seth Rollins (c) vs. Elias
Apesar do favoritismo do campeão, Elias fez muito boa figura, conseguindo causar danos e suster o ímpeto de Rollins durante alguns períodos.
Quando o detentor do título parecia estar encaminhado para a vitória, aterrou mal e magoou o joelho, criando mais uma aberta ao candidato principal, que estava a conseguir explorar muito bem os pontos menos fortes do adversário.
Elias esteve muito próximo do triunfo após evitar um Suicide Dive, atirar Rollins contra um dos postes e uns degraus e aplicar um Diving Elbow, mas o seu assentamento não passou da near fall. Seguiram-se várias tentativas de pin falls rápidos. Numa dessas tentativas, o campeão conseguiu mesmo a vitória.
Vencedor: Seth Rollins
Nota: 7,5/10


Money in the Bank ladder match por um combate por um título feminino:
Ember Moon vs. Charlotte Flair vs. Alexa Bliss vs. Becky Lynch vs. Natalya vs. Lana vs. Naomi vs. Sasha Banks
Combate entretido, com as lutadoras a utilizarem o escadote numa primeira instância como arma de arremesso e não como ferramenta para chegar à mala. A ágil Naomi foi talvez quem mais brilhou durante a primeira fase da contenda.
Seguiram-se as emocionantes tentativas para chegar ao topo do escadote e retirar a mala. Todas estiveram perto de conseguir vencer o combate, mas acabou por ser a oportunista Alexa Bliss a levar a melhor.
Vencedora: Alexa Bliss
Nota: 7,5/10


Roman Reigns vs. Jinder Mahal
Provavelmente, o combate mais físico da noite, entre dois brawlers puros. Contudo, enquanto Reigns e Mahal se digladiavam, o público divertia-se com cânticos dirigidos a outros lutadores, reagindo pouco ao que se ia passando no interior do ringue.
A dada altura, Reigns esteve perto de pagar caro uma distração com Singh, aplicando-lhe um Spear antes de Mahal o surpreender com uma tentativa de pin fall rápido. Contudo, Reigns evitou que o assentamento chegasse ao fim e ainda aplicou um Spear no indiano para alcançar a vitória.
Vencedor: Roman Reigns
Nota: 5,5/10


WWE SmackDown Women's Championship:
Carmella (c) vs. Asuka
Carmella começou por provocar Asuka, mas depressa foi acossada pela candidata principal, que utilizou os seus strikes e submissões para infligir dor à campeã.
Carmella foi conseguindo reagir e protagonizou uma reta final bastante dividida e emocionante. Mas quando Asuka parecia encaminhada para a vitória, James Ellsworth apareceu com uma máscara de Asuka, distraiu a nipónica e permitiu que Carmella aplicasse um pontapé certeiro que lhe viria a dar o triunfo.
Vencedora: Carmella
Nota: 4,5/10


Last Man Standing match pelo WWE Championship:
AJ Styles (c) vs. Shinsuke Nakamura
Autêntico grudge match, com uma estipulação adequada e a colocar um ponto final numa feud que se arrasta há vários meses. Tanto um como o outro tentaram arrumar o adversário de qualquer maneira, dentro e fora do ringue.
AJ Styles esteve perto de sair derrotado após sofrer um Kinshasa em cima de uma mesa de comentadores, mas conseguiu levantar-se a tempo. Pouco depois, Nakamura atirou Styles contra uma mesa que estava montada num dos cantos, mas o campeão levantou-se no último instante.
Styles aproveitou um choque do joelho de Nakamura num canto exposto para trabalhar nessa zona do corpo do nipónico, aplicando um Calf Crusher durante algum tempo, mas ainda sem alcançar o triunfo. Frustrado, o campeão atingiu Nakamura com uma série de cadeiradas, mas acusou excesso de confiança e sofreu um golpe baixo, do qual se levantou.
Sem perder tempo, Nakamura executou um Kinshasa, mas Styles voltou a meter-se de pé e aplicou um Flying Forearm e um Styles Clash a partir de uns degraus para o tapete fora do ringue.
O nipónico esteve perto de ser derrotado aí, mas levantou-se antes de a contagem chegar ao fim. Foi apenas uma questão de tempo. Styles respondeu com um golpe baixo e um Flying Forearm para fora do ringue, para cima de uma mesa de comentadores, causando danos que impediram com que Nakamura respondesse à contagem de dez.
Vencedor: AJ Styles
Nota: 8,5/10


WWE Raw Women's Championship:
Nia Jax (c) vs. Ronda Rousey
Combate muito interessante em perspetiva, entre a força bruta de Nia Jax e a especialista em strikes e submissões Ronda Rousey. A campeã fez valer o seu poderio físico e conseguiu ser dominante, mas quando Ronda a prendeu em submissões sentiu dificuldades como poucas vezes terá sentido durante a sua carreira na WWE.
Um dos momentos altos do duelo foi quando Ronda subiu até ao topo de um dos cantos e aplicou um Diving Cross Body perfeito. Contudo, nem esse golpe nem a projeção de judo que se seguiu lhe deram o triunfo. Ronda insistiu, executou uma espécie de Rock Bottom e procurou fazer Nia desistir, mas nesse preciso momento apareceu Alexa Bliss para atacar ambas com a mala que tinha ganho cerca de uma hora antes nessa mesma noite.
Vencedora: -
Nota: 8/10


WWE Raw Women's Championship:
Nia Jax (c) vs. Alexa Bliss
Depois de atacar a campeã, Alexa Bliss fez o cash-in, executou um DDT e um Twisted Bliss para conquistar a vitória e conquistar o título.
Vencedora: Alexa Bliss (nova campeã)
Nota: -


Money in the Bank ladder match por um combate por um título mundial:
Braun Strowman vs. Finn Bálor vs. The Miz vs. Rusev vs. Bobby Roode vs. Kevin Owens vs. Samoa Joe vs. Kofi Kingston
Mal o combate começou, todos os lutadores decidiram atacar Braun Strowman, reconhecendo o favoritismo do The Monster Among Men. Enquanto seis homens tentavam enterrar Strowman debaixo de um monte de escadotes na zona do palco, The Miz procurou aproveitar o facto de o ringue estar vazio para vencer a contenda, mas Samoa Joe impediu-o a tempo.
Entretanto, enquanto se lutava no interior do ringue, Strowman levantou-se e causou alguns estragos. Owens, Joe e Rusev ainda tentaram arrumá-lo de vez, mas quando se trata de combater Strowman, não há união que faça a força. Kevin Owens que o diga, pois foi plantado numa mesa a partir do topo de um escadote.
Ainda assim, o Monster voltou a encontrar forte oposição aquando do regresso ao ringue, acabando por ser derrubado por Finn Bálor, que lhe aplicou um dos seus Dropkicks característicos.
Seguiu-se uma luta emocionante pela vitória. Mais uma vez, ninguém estava a aproveitar, permitindo que Strowman voltasse a estar de pé. Com a oposição mais amassada, o Monster deu conta de Bálor e Kofi e conseguiu assegurar o triunfo.
Vencedor: Braun Strowman
Nota: 7,5/10
















Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Enviar um comentário

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

0 comentário(s):