domingo, 8 de abril de 2018

WWE Wrestlemania 34 | Preview (Kickoff Show)

Gostou deste artigo? Então clique nos botões ao lado para o curtir! Se assim o desejar, deixe-nos um comentário no fim que nós e os visitantes agradecemos!


Com um evento tão histórico no mundo do wrestling como este que apresenta a sua 34ª edição, a Wrestlemania deste ano conta com cerca de 5 horas de duração, para além das 2 horas que terá o tradicional "Kickoff Show" deste PPV, onde como grande destaque terá na 2ª hora a final do torneio para determinar o novo WWE Cruiserweight Champion, em que Cedric Alexander enfrenta Mustafa Ali.

Convém mencionar que a 2ª hora do "Kickoff Show" será transmitida na USA Network (canal onde ocorre o Raw e Smackdown todas as semanas) e terá mais dois combates para além do combate pelo WWE Cruiserweight Championship.

Os combates confirmados são os seguintes:

CARD

WWE Cruiserweight Championship Tournament Finals Match
Cedric Alexander vs. Mustafa Ali

Andre The Giant Memorial Battle Royal
Participantes: Dolph Ziggler, Baron Corbin, Mojo Rawley, Tyler Breeze, Fandango, Tye Dillinger, Dash Wilder, Scott Dawson, "Woken" Matt Hardy, Goldust, Heath Slater, Rhyno, Zack Ryder, Primo Colon

WrestleMania Women's Battle Royal Match
Participantes: Sasha Banks, Natalya, Lana, Ruby Riott, Sarah Logan, Liv Morgan, Becky Lynch, Naomi, Bayley, Mickie James, Mandy Rose, Sonya Deville, Carmella

PREVIEW

1ª Parte 2ª Parte




WrestleMania Women's Battle Royal Match
Participantes: Sasha Banks, Natalya, Lana, Ruby Riott, Sarah Logan, Liv Morgan, Becky Lynch, Naomi, Bayley, Mickie James, Mandy Rose, Sonya Deville, Carmella

Cell – Dizem que este combate é o próximo passo da WWE Women's Revolution. Eu digo que já vem tarde e devia ter sido criada na mesma altura da Andre The Giant Memorial Battle Royal. A WWE teve sempre um pouco a mania de, quando não fazia um enorme multi-women por um dos títulos femininos, apenas metia uma ou duas superstars femininas no card, deixando 90% das outras superstars de fora.

Este ano, temos quatro combates com superstars femininas, algo nunca antes visto e, embora esta Battle Royal seja apenas para dar oportunidades a quem não podia lutar no show de outra maneira, acho que terá coisas mais interessantes do que a Battle Royal masculina.

Obviamente que a WrestleMania Women's Battle Royal vai-se focar imenso na Sasha e na Bayley, já que as duas até mereciam um combate individual na Wrestlemania, mas apenas têm este combate para continuar a construir a sua rivalidade. E considerando que têm uma rivalidade, acho que vão acabar por se eliminarem uma à outra.

É mesmo muito difícil escolher, ou prever, quem vai vencer num combate com tantos cenários possíveis, mas eu vou escolher a Sonya Deville. Porquê? Porque este vai ser o fim de semana onde os japoneses (Nakamura e Asuka) e os ex lutadores de MMA (Ronda e Shayna Baszler) vão ganhar os seus respectivos combates, e a Sonya enquadra-se, perfeitamente, nesta nova paixão da WWE.

Vencedora: Sonya Deville

Fábio Santos – O que inicialmente era para ser uma Battle Royal em homenagem à Fabulous Moolah, rapidamente se tornou numa normal Battle Royal mas o que interessa é fazer história para a WWE. Promovendo este combate como sendo histórico e estar no "Kickoff Show" é no mínimo estranho, dando a intenção que afinal não é assim tãoooooo importante como fazem parecer.

No meio desta história toda, atirem todas as mulheres que não fazem no maior evento de todos da WWE e que ganhe a melhor. Para mim é como vejo esta Battle Royal e normalmente é complicado prever um combate deste género, principalmente quando não há assim muitos favoritos.

O grande foco nisto (pelo menos no lado do RAW) tem sido na história entre Sasha e Bayley e para mim nenhuma delas ganha isto mas garantidamente vão custar o combate uma à outra. Se o objetivo é promover uma futura estrela como já fizeram no André The Giant Memorial Battle Royal, então podemos ver alguém vindo do NXT para vencer isto. Caso contrário e visto que ela tem estado muito calada nestes últimos meses, Becky Lynch poderá ser a minha escolha para ganhar e é nisso que vou apostar.

Vencedora: Becky Lynch

Ricken – Mesmo gerada tamanha polêmica sobre o nome do combate e a lutadora que seria homenageada, foi oficializado o primeiro Women's Battle Royal da história da Wrestlemania e seguindo um momento histórico com o primeiro Women's Royal Rumble, agora o atual roster feminino da WWE segue fazendo história tendo o seu próprio "over the top rope challenge" no pre-show e garantindo mais momentos interessantes para o público que irá acompanhar no próximo domingo o maior evento da WWE.

A variedade de Superstars que estão a aparecer no evento é incrível e muitas rivalidades podem ser destacadas a terem seu ápice neste combate e um momento muito interessante que pode acontecer é o confronto entre Bayley e Sasha Banks durante o desafio além da presença da Riot Squad que pode ser uma aliança a dominar no combate. Por este fato, acredito que Ruby Riott pode ser a vencedora da primeira Women's Battle Royal.

Vencedora: Ruby Riott



Andre The Giant Memorial Battle Royal
Participantes: Dolph Ziggler, Baron Corbin, Mojo Rawley, Tyler Breeze, Fandango, Tye Dillinger, Dash Wilder, Scott Dawson, "Woken" Matt Hardy, Goldust, Heath Slater, Rhyno, Zack Ryder, Primo Colon

Cell – É de conhecimento público que esta Battle Royal tem apenas dois objectivos: honrar a memória do André The Giant e meter todas as superstars menos importantes no card da Wrestlemania. Agora, que este combate catapulta carreiras para níveis superiores, é a maior mentira que a WWE anda a publicitar nos últimos anos e, especialmente, nas últimas semanas.

As únicas superstars que trouxeram alguma relevância ao combate, tornando-se vencedoras foram o Cesaro e o Corbin, embora no caso do Cesaro se possa argumentar que ganhar a Battle Royal pouco fez à sua carreira.

Atualmente, ainda me sinto confuso quanto à vitória de Mojo Rawley, porque já sabia que ele não ia saber aproveitar essa oportunidade e essa vitória, confirmando-se com o ano de 2017 que teve. Este ano, espero que escolham um vencedor que, pelo menos achem que vá ter um ano de 2018 decente.

Acho que o Matt Hardy é o que, de maneira genial, tenha promovido melhor o combate, mas não sei até que ponto é que ganha o combate. Será que o vencedor é alguém vindo de surpresa da NXT? Não sei. Mas, aposto no Matt Hardy simplesmente por falta de escolha melhor.

Vencedor: "Woken" Matt Hardy

Chris JRM – Aqui está o combate inclusivo, para a malta toda lá dentro poder subir ao ringue perante a derradeira multidão. Não é o combate da maior relevância mas é bom para o plantel e é um bom entretenimento de Kickoff, em tempos isto mesmo foi um dark match.

É o combate do qual todos fogem durante a Road to Wrestlemania, à procura do seu combate, com medo de não conseguir integrar, encontrar o seu bilhete. que é uma maneira de dizer "Eu não quero ir parar à Battle Royal!" Mas aceitem lá, é porreiro e tem um troféu.
Por norma, temos alguns midcarders de relevo a promover o combate e a vender a sua vitória... o resto da enchente é com outros lutadores de letras mais pequenas. Poderemos encontrar algum veterano para a nostalgia e alguma cara nova vinda do NXT.

É desses tais midcarders onde se deve esperar o potencial vencedor ou, como um integrante deste ano poderá dizê-lo, um estreante. Terá os seus momentos, nenhum tão bom como o Jinder Mahal a atirar um copo que aterra perfeitamente em pé. Depois perguntem porque é que ele foi WWE Champion. Mas ele já não estará, já avançou para outros assuntos.

Não é fácil prever o vencedor deste. Tem muitos integrantes e nunca vendem nenhum assim tão evidente. Também não se pode dizer que haja alguém que precise daquilo, nem aquele troféu já fez maravilhas por alguém. Por mim davam-no ao Matt Hardy, era divertido e simbolizava que toda a gente tinha sido deleted. Não tenho a certeza se Elias integrará o combate, senão também apostaria nele. Ou então dêem lá a taça ao Ziggler, para o rapaz não desanimar por ter que estar aqui outra vez. Tem que ser. Mas pronto, escolho eu mesmo para quem pendo para vencer a batalha em honra do Humungous Wonder Number Eight.

Vencedor: "Woken" Matt Hardy

Ricken – Com um card tão interessante como o da Wrestlemania vem nos apresentando e com combates tão promissores a serem inesquecíveis, temos as atrações do pre-show como o Andre the Giant Memorial Battle Royal que trás estrelas que fizeram coisas importantes no decorrer do ano e talvez algumas surpresas que podem surgir.

Para este ano, Baron Corbin está em busca de sua segunda vitória no "over the top rope challenge" mas a competição está em alto nível com as presenças de Dolph Ziggler, Matt Hardy, a incrível equipe The Revival, o "Perfect Ten" Tye Dillinger e outros competidores que podem tornar esta luta num ótimo momento de pre-show, sem contar com alguma possível surpresa que pode surgir no momento da subida dos lutadores ao ringue. Apesar do favoritismo de Corbin acredito que o "Woken" Matt Hardy pode ser o vencedor deste combate.

Vencedor: "Woken" Matt Hardy



WWE Cruiserweight Championship Tournament Finals Match
Cedric Alexander vs. Mustafa Ali

Chris JRM – Resolver muito mal de uma só vez. A situação pós-Enzo Amore, o estado moribundo do 205 Live, o peso do Cruiserweight Championship na Wrestlemania. Lá puxaram pela cabeça e chegaram à conclusão que a melhor maneira nem era inventar assim muito. Um General Manager para dar seriedade à coisa e colocar aquela malta toda... A lutar. Nem de propósito, é o que fazem melhor.

Saiu um torneio de alta qualidade, que envolveu grandes nomes e originou grandes combates. E o título vago estava ali a valer alguma coisa. Com muita pena e até surpreendido que não tenha sido aqui ainda que tenham capitalizado em Drew Gulak ou até mesmo em Hideo Itami, ficaram os dois "workhorses" populares entre os fãs, Cedric Alexander e Mustafa Ali, puristas, representantes e considerados alma e coração do programa das cordas roxas. Que é uma boa forma de nos prometer um grande combate.

Muita pena que fique para o Kickoff, a verdadeira pancadinha no ombro fraternal era dar-lhes um bom tempo a meio do card do show principal para os deixar roubar um pouquinho do show. Os combates que já deram no torneio e que já os vemos a dar sempre dão-nos a boa indicação de que, dêem-lhes asas - não literalmente, que eles desenrascam-se - e são capazes de dar um grande combate. Tal como na Wrestlemania anterior, podemos ter aqui um combate de Kickoff muito subvalorizado que faz valer aquelas duas horas cheias de chouriço, como quem diz, vejam o raio do Kickoff!

Outra coisa é o estatuto semelhante que ambos os competidores têm: não consigo ter a certeza de quem vence. Cedric é aquele que escorrega ou é tramado a cada oportunidade que tem e vai com aquela pica toda do "é desta" e Mustafa Ali continua a ser vendido como o underdog do "Dêem-me uma chance que vocês já vêem." Os dois vão deixar muito deles naquele ringue e nenhum ficará mal visto. Aperto de mão e comemoração conjunta no final. Não tendo a certeza, escolho um cuja construção me pareça pender para vencer. E desculpa, Cedric... Mas se calhar também não é desta ainda...

Vencedor: Mustafa Ali

Derik Costa – Cedric Alexander vence e se torna o novo campeão... Acredito nesse resultado por conta do que Cedric vem apresentando desde sua rivalidade com Enzo Amore, Cedric provavelmente iria vencer Amore para se tornar campeão, porém após a sua demissão, sua vitória teve que esperar um pouco mais para acontecer.

Vencedor: Cedric Alexander

Diego Meira – Um combate que não esperei que viesse a acontecer, já que temos duas lutas que colocam lutadores babyface se enfrentando. Mas, a posição em que Cedric Alexander e Mustafa Ali foram colocadas é de total merecimento, e creio que eles conseguirão mostrar um grande combate na WM.

Devo dizer que será interessante ver como uma luta que envolve representantes de dois grupos minoritários americanos (um rapaz negro e um mulçumano) será conduzida pela WWE. Mas dadas as devidas proporções, pode-se apostar nesta como sendo a zebra que pode roubar a posição de luta da noite. Quanto ao vencedor, acredito que será Cedric, pois ele há muito tempo recebe ótimas reações do público e parece ser o mais preparado para ser campeão CW no momento.

Vencedor: Cedric Alexander

Fábio Santos – Confesso que estou surpreendido por não terem colocado o Drew Gulak nas finais deste torneio, visto que a história lógica era mesmo Cedric enfrentar o top "heel" desta divisão. No entanto, parece haver uma completa renovação do 205 Live e este combate entre Cedric e Mustafa vai ser muito interessante de se ver.

A impressão que dá neste torneio é que, por um lado tens o Cedric que já merecia o título há uns belos meses para cá e no outro lado tens Mustafa que aos poucos vai conquistando o público com o seu arsenal e noto nele um potencial grande para representar a divisão Cruiserweight da melhor forma possível. Este combate deixa-me dividido pois ambos merecem um reinado decente com o título, no entanto sinto que andam a dar um "push" assim meio às escondidas a Mustafa.

Sem dúvida que acho que a WWE tem mais a ganhar com o Mustafa do que o Cedric em termos de tudo, wrestling e segmentos, daí que vou apostar para Mustafa ter o seu grande momento na Wrestlemania, mas Cedric não deixa de ser um excelente lutador e também merece o título, só que tenho de dar a vitória a Mustafa por todas as razões que já dei.

Vencedor: Mustafa Ali




PS: Não esquecer que, daqui por uns dias teremos a transmissão ao vivo da Wrestlemania, que contará com o habitual "chat" para podermos conversar e as "streams". Bom PPV para todos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Enviar um comentário

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

0 comentário(s):