domingo, 5 de novembro de 2017

Road To IMPACT! Bound For Glory 2017 | Parte IV

Gostou deste artigo? Então clique nos botões ao lado para o curtir! Se assim o desejar, deixe-nos um comentário no fim que nós e os visitantes agradecemos!


Está a chegar aquele que é o maior PPV do ano para o Impact Wrestling... é a 13ª edição do Bound For Glory, que conta não só com a defesa do Global Championship (em que Eli Drake defende contra Johnny IMPACT) mas também com a comemoração dos 10 anos da criação da divisão feminina desta companhia (que são as Knockouts).

Bound For Glory já teve momentos históricos e estreias memoráveis e pela primeira vez na história deste PPV, as estrelas do Impact Wrestling irão deslocar-se às terras do Canadá, onde muitos dos lutadores(as) foram criados.

Estreias como a de Mick Foley, Kurt Angle e de Mickie James como árbitros especiais de combates de grande importância neste PPV, a onda de vitórias que Sting teve em combates pelo TNA World Heavyweight Championship, as celebridades de desporto que marcaram a sua presença neste evento e ainda as deslocações que esta companhia teve para tornar este PPV histórico são só alguns dos exemplos do que foi feito!

Mudanças de título

2005: NWA World Heavyweight Championship – Rhino venceu Jeff Jarrett © com Tito Ortiz como árbitro convidado
2006: TNA X-Division Championship – Chris Sabin venceu Senshi ©
2006: NWA World Tag Team Championships – The Latin American Xchange (Homicide e Hernandez) venceram AJ Styles e Christopher Daniels © num "Six Sides of Steel Match"
2006: NWA World Heavyweight Championship – Sting venceu Jeff Jarrett © num "Title vs Career Match" com Kurt Angle como árbitro substituto convidado
2007: TNA World Tag Team Championships – AJ Styles e Tomko venceram Team Pacman (Ron "The Truth" Killings e Consequences Creed c/ Adam Pacman Jones) ©
2007: TNA Knockouts Championship – Gail Kim venceu um "Gauntlet Match" para se tornar na 1ª campeã de sempre
2007: TNA World Heavyweight Championship – Sting venceu Kurt Angle ©
2008: TNA World Heavyweight Championship – Sting venceu Samoa Joe ©
2009: TNA Legends Championship – Eric Young venceu Kevin Nash © e Hernandez
2009: TNA World Tag Team Championships e IWGP Tag Team Championships – The British Invasion (coroados como os novos TNA World Tag Team Champions) venceram Team 3D (coroados como os novos IWGP Tag Team Champions), The Main Event Mafia (Booker T e Scott Steiner) e Beer Money Inc. (James Storm e Bobby Roode) num "Full Metal Mayhem Match"
2010: TNA Knockouts Championship – Tara venceu Angelina Love ©, Velvet Sky e Madison Rayne num "Four Corners Match" com Mickie James como arbitra convidada
2010: TNA World Heavyweight Championship – Jeff Hardy venceu Mr. Anderson e Kurt Angle
2011: TNA Knockouts Championship – Velvet Sky venceu Winter (c/ Angelina Love) ©, Mickie James e Madison Rayne com Karen Jarrett como arbitra convidada
2012: TNA X-Division Championship – Rob Van Dam venceu Zema Ion ©
2012: TNA World Tag Team Championships – Chavo Guerrero e Hernandez venceram Bad Influence (Christopher Daniels e Kazarian) © e AJ Styles e Kurt Angle
2012: TNA Knockouts Championship – Tara venceu Miss Tessmacher ©
2012: TNA World Heavyweight Championship – Jeff Hardy venceu Austin Aries ©
2013: TNA X-Division Championship – Chris Sabin (c/ Velvet Sky) venceu Manik ©, Samoa Joe, Jeff Hardy e Austin Aries num "Ultimate X Match"
2013: TNA World Tag Team Championships – The BroMans (Robbie E e Jessie Godderz c/ Phil Heath) venceram Gunner e James Storm ©
2013: TNA Knockouts Championship – Gail Kim venceu ODB © e Brooke
2013: TNA World Heavyweight Championship – AJ Styles venceu Bully Ray (c/ Brooke) © num "No-DQ Match"
2015: TNA World Heavyweight Championship – Matt Hardy venceu Drew Galloway e Ethan Carter III © num "Triple Threat Match" com Jeff Hardy como árbitro especial
2016: IMPACT Grand Championship – Aron Rex venceu Eddie Edwards para se tornar no 1º campeão de sempre
2016: TNA World Tag Team Championships – Broken Hardys (Matt e Jeff Hardy c/ Reby) venceram Decay (Abyss e Crazzy Steve c/ Rosemary) num "Great War"
2016: TNA Knockouts Championship – Gail Kim venceu Maria (c/ Allie) ©

Card

Com o PPV a realizar-se hoje (dia 5 de Novembro), a companhia já confirmou os seguintes combates para a 13ª edição do Bound For Glory:

Global Championship Match
Eli Drake © vs. Johnny IMPACT

Six Sides of Steel Match
Moose & Stephan Bonnar vs. Lashley & King Mo

IMPACT! World Tag Team Championships
5150 Street Fight
oVe (Jake & Dave Crist) © vs. Latin American eXchange (Santana & Ortiz c/ Konnan & Diamante)

IMPACT! Knockouts Championship
Three Way Match
Sienna © vs. Gail Kim vs. Allie

Monsters Ball Match
Carreira de Grado em jogo
Abyss vs. Grado

6-Man Tag Team Match
Team AAA (Pagano, Texano & El Hijo De Fantasma) vs. Team IMPACT (James Storm, IMPACT Grand Champion Ethan Carter III & GHC Heavyweight Champion Eddie Edwards)

IMPACT! X-Division Championship
Six-Way Match
Trevor Lee © vs. Dezmond Xavier vs. Petey Williams vs. Sonjay Dutt vs. Matt Sydal vs. Garza Jr.

Top 10 Combates da divisão das Knockouts

Sendo que a divisão das Knockouts foi criada à praticamente 10 anos, esta série de 4 artigos será um top 10 dos melhores combates de sempre na história desta divisão (quer tenha sido no programa semanal, em PPV's ou até no Bound For Glory). Aqui ficam as outras partes deste artigo (basta clicar nas palavras:

Parte I | Parte II | Parte III


#1

TNA iMPACT! 10/01/2008



TNA Knockouts Championship Match
Gail Kim © vs. Awesome Kong

Não há como negar… a histórica rivalidade entre Gail Kim e Awesome Kong tinha de ficar em primeiro lugar e decidiu-se apresentar este combate por toda a história que ocorreria naquele dia.

Considero novamente que estas duas foram as verdadeiras revolucionadoras do wrestling feminino na América e a rivalidade delas foi o que provou a muitos fãs que elas conseguem ser um “draw” num mundo em que os homens dominam.

O rating que tiveram na altura foi fora do normal para aquilo que a TNA andava a fazer às quintas-feiras e este combate mostra que os meses de construção desta rivalidade valeram a pena.

Para além de que foi o momento de conquista do título por parte da Awesome Kong e esta iria ter um reinado dominante de 6 meses na TNA, até perder o título para Taylor Wilde.

Gail Kim sempre foi uma atleta com uma paixão pelo wrestling como nunca se tinha visto e este combate prova que tanto ela como Kong conseguiam criar magia na altura e eram a verdadeira razão pelo qual fazia sentido uma divisão de Knockouts.

Vale a pena ver o combate de 10 minutos, mas podem ver os combates em PPV’s em 2007 que tiveram, onde mostram ainda mais que conseguiam dar um espetáculo como nunca antes visto.

Menções Honrosas

IMPACT Wrestling 12/12/2016



Knockouts Championship
Six Sides of Steel Match
Rosemary vs. Jade

Red vs. Blue é como esta rivalidade foi descrita em 2016/2017 e foi mais uma trilogia de combates que vale a pena ser visto. Mas acaba por ser caricato que o 1º combate é sempre o melhor da trilogia e o delas foi num “Six Sides of Steel Match” para coroar a nova Knockouts Champion, onde Jade arrisca tudo para ser a campeã. É algo que se deve ver!

TNA Bound For Glory 2007



TNA Knockouts Championship
10-Knockout Battle Royal Match
Gail Kim vs. ODB vs. Christy Hemme vs. Shelly Martinez vs. Ms. Brooks vs. Jacqueline vs. Awesome Kong vs. Angel Williams vs. Roxxi Leveaux vs. Talia Madison

Este combate obviamente tinha de estar nesta secção pois apesar de não ter sido nada por aí além, foi o primeiro e derradeiro momento para a divisão de Knockouts crescer e ter um título. Para além de vermos os ossos de Christy Hemme a serem partidos pela Awesome Kong, de termos visto a Kong a ter um “Wardrobe Malfunction” ao ser eliminada no combate, também tivemos Gail Kim a ser coroada como a 1ª campeã.

TNA Bound For Glory 2007



Bimbo Brawl Match
Awesome Kong (c/ Raisha Saeed) vs. Roxxi

Coloco este combate por ter um momento arrepiante e bem feito, onde Roxxi tinha criado este conceito de ser a “Hardcore Knockout” da TNA e levou ao extremo quando levou com uma cadeira na cara e fartou-se de sangrar à conta disso. Não foi encontrado o combate, mas aqui deixamos um “gif” que explica bem este “spot”.

TNA Slammiversary 2009



Monsters Ball Mixed Tag Team Match
Abyss & Taylor Wilde vs. Raven & Daffney (c/ Dr. Stevie)

Não é considerado um combate de Knockouts, mas tem as Knockouts envolvidas e só posso dizer-vos que é um combate misto que vale a pena ser visto. Daffney era uma maluca a ser tratada pelo Dr. Stevie (Stevie Richards) e nos combates mostrava bem que dava o corpo ao manifesto, tanto que sofria a maioria dos spots perigosos, mas Taylor Wilde também teve aqui uma grande prestação e é um combate que merece ser visto por todos os fãs. Foi mais um momento que marcou a divisão das Knockouts de certa forma e que elevou o respeito dos fãs pelas mulheres.

TNA Sacrifice 2008



TNA Knockouts Championship #1 Contender
10-Knockout Makeover Battle Royal Match
Angelina Love vs. Velvet Sky vs. Rhaka Khan vs. Shelley Martinez vs. Christy Hemme vs. ODB vs. Roxxi Leveaux vs. Jacqueline vs. Traci Brooks vs. Gail Kim

Mais um conceito que estava a acontecer pela primeira vez na divisão das Knockouts e nunca antes visto nas companhias principais de wrestling. Uma “Battle Royal” em que as duas finalistas teriam de batalhar num “Ladder Match” onde o objetivo era retirar o contrato para serem a pretendente ao TNA Knockouts Championship. Quem perdesse no “Ladder Match” teria de levar com um corte de cabelo até ficar careca.

Com Gail Kim a ter um contrato (ganho no IMPACT antes do PPV) em que mesmo que perdesse o “Ladder Match” não podia cortar o cabelo, Angelina Love poderia ser aquela que levasse o corte visto que foi a última eliminada na “Battle Royal”. Um combate que vale a pena ver, mais pela história do “Ladder Match”.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Enviar um comentário

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

0 comentário(s):