sábado, 27 de maio de 2017

A Realidade do Wrestling #8 | Novo campeão, numa noite de grandes surpresas

Gostou deste artigo? Então clique nos botões ao lado para o curtir! Se assim o desejar, deixe-nos um comentário no fim que nós e os visitantes agradecemos!


Sejam bem-vindos a mais uma edição de A Realidade do Wrestling. Esta semana, e no rescaldo do Backlash, destacarei os melhores e piores momentos do evento.

Vou destacar 5 momentos que, para mim, marcaram a edição do Backlash deste ano. A verde vão estar os momentos positivos e a vermelho os negativos.

Foi um PPV mediano, com momentos altos e baixos. Tivemos combates mais interessantes e outros nem tanto. Quanto aos resultados, foram os mais previsíveis, tirando um ou outro, mas falaremos disso mais tarde.


O Combate da Noite

Começo por referir o momento da noite, ou melhor, o combate da noite. Pela primeira vez na WWE, Kevin Owens e AJ Styles lutaram um contra o outro no mesmo ringue, pelo United States Championship.

Digam o que disserem, este foi o combate da noite. Teve todos os ingredientes necessários para cativar o público e os fãs que assistiam através do computador.

As expetativas eram altas, e Owens e Styles não desiludiram. Apesar da forma como terminou, o combate valeu por todos os minutos e momentos que os lutadores proporcionaram.


A estreia do “King of Strong Style”

Logo a abrir o Backlash, a estreia de Shinsuke Nakamura. Pela primeira vez desde que se estreou no Smackdown Live, Nakamura fazia a sua estreia num ringue.

Pela frente, teve o experiente Dolph Ziggler. Destaco este momento, para além da estreia de Nakamura, por ter sido um bom combate de abertura, com momentos de grande intensidade e boas exibições por parte de Ziggler e Nakamura.

Ainda que o foco estivesse em Nakamura, foi um momento de destaque do Backlash, pela estreia e pelo bom combate que foi.


Sami Zayn vence Baron Corbin

O último momento positivo que destaco foi, para mim, a grande surpresa do Backlash. Sami Zayn derrotou Baron Corbin, após um Helluva Kick no meio do ringue. E ganhou limpinho!

Não estava a contar e esperava a vitória de Corbin. A vitória de Zayn dá um novo significado à rivalidade e ao percurso de Sami no Smackdown Live.

Estou curioso pelos próximos desenvolvimentos, e espero que a aposta em Zayn continue, e que exista uma razão para tal acontecer.


Jinder Mahal é campeão

Vamos então aos momentos negativos do Backlash! E neste ponto tenho muito que falar!

Então, parece que um rapazinho indiano, que há uns meses era jobber, agora é campeão e tem o maior título da companhia na mão. Falo do homem do momento, Jinder Mahal!

O foco estava no resultado e, pelos vistos, a WWE deu o título a Mahal. Independentemente do que aconteceu, é um grande golpe de marketing por parte da empresa, que pretende melhorar os resultados junto do continente indiano.

No entanto, foi o pior momento da noite! Como tal, não entendo o que se passou e espero pelas próximas semanas para tentar encontrar uma justificação por este resultado.

O impensável aconteceu, e aquilo que a maior parte das pessoas não queria, tornou-se realidade.


Combate aborrecido e com pouco entusiasmo

Outro momento negativo foi o combate feminino entre a Welcoming Committee e a equipa de Naomi, Charlotte Flair e Becky Lynch.

Tinha algumas expetativas para o combate, e estava entusiasmado para tal. A divisão feminina do Smackdown tem estado em excelente forma, com todas as pessoas a ser utilizadas e a terem o seu espaço. No entanto, desiludiu-me a forma como o combate decorreu e foi concretizado. Nesse sentido, é um dos momentos negativos que destaco.

Esperava uma vitória da equipa heel, pelo facto da história ainda estar no início. Também esperava que o combate em si e o resultado final resultasse em algo concreto para a principal história na divisão feminina do Smackdown, que envolve o título feminino. Isso não aconteceu, todavia, a história vai continuar. Resta saber em que moldes! Mais importante que isso, resta saber quem irá aproveitar a oportunidade e chegar-se à frente para uma oportunidade futura ao título.

Desta forma, termino a minha análise ao Backlash e o artigo desta semana. Espero que seja uma edição rica em debate e discussão.

Esta é uma rubrica exclusivamente de opinião, pelo que a partilha de opiniões de todos nós é um fator essencial para o sucesso da rubrica. Espero, então, pelas vossas opiniões! Até para a semana!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Enviar um comentário

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

4 comentário(s):

Anónimo disse...

só um reparo: India nao é um continente... é um país (grande e com imensa gente) que fica no continente Asiatico..
Mahal é mesmo só para publicidade e espero um reinado nao muito longo...

Dead Wyatt disse...

A vitória do Mahal a mim não me incomoda muito, pois na história da WWE, eles por vezes nos deram campeões fraquinhos. O que correu mal, foi que foi algo criado á ultima hora, pelo menos aparenta. Como referiste, ele passou de um jobber a candidato principal da noite para o dia e um mês depois é campeão. O que faltou aqui foi a construção do candidato principal, no meu ponto de vista.
Quanto ao resto, concordo com tudo. Mais uma vez bom artigo, parabéns!

- disse...

#crazy


é o que diz de quem vê do lado de fora: uma vez mais, os fans desta empresa não falam de grande storylines nem de grandes combates.

falam de $$$...que a empresa faz....por eles.

confusos?

não são únicos, garanto-vos!


quando nós, os fans + velhos, eramos fans da WWE durante a Attitude E Ruthless Aggression Eras (antes da empresa ter-se virado para audiências mais jovens e menos exigentes) as conversas entre nós nunca eram do lucro feito pela empresa.


Mas sim "viste aquele combate ontem entre o Benoit e o Guerrero? BRUTAL!!!!" ou "estou a adorar a storyline dos Evolution!"

Agora?

"Err..sim..de facto...o Xi Pau Pau é fraquinho no ringue...sim, sim...pode-se dizer que com o mic também não é grande coisa....mas já pensaste no lucro que ele nos vai dar na China??? Vai ser muito melhor do que combates ou storylines bons!...err, que alegria?"

Eu vou presumir que todos os presentes visto que NÃO são fans de wrestling (os comentários acima são como que um assumir disso mesmo), ao menos compraram acções desta empresa para estarem a vibrar com o lucro feito?


Over & Out [mic drop]

Anónimo disse...

^ baile.