sexta-feira, 28 de abril de 2017

Rivalidades (In)Esquecíveis #24 | Shawn Michaels vs Chris Jericho - Parte II (WWE 2008)

Gostou deste artigo? Então clique nos botões ao lado para o curtir! Se assim o desejar, deixe-nos um comentário no fim que nós e os visitantes agradecemos!


(Rivalidades (In)Esquecíveis #24 Shawn Michaels vs Chris Jericho - Parte II (WWE 2008)

Sejam bem vindos a mais uma edição do Rivalidades (In)Esquecíveis!

Sou o Dead Wyatt e este é o espaço onde semanalmente pego numa rivalidade no mundo do Pro-Wrestling e a tento descrever da melhor maneira possível para todos nós a revivermos da melhor maneira!

A partir de agora este artigo passará a ser quinzenal em vez de semanal. Creio que isto acabará por ser uma mais valia tanto para mim que escrevo o artigo, podendo assim o disponibilizar a tempo e horas e no dia proposto, tanto para voces, os leitores. Posto isto, a próxima edição irá sair no dia 5 de Maio, por isso estejam atentos.

Esta semana trago-vos a segunda parte da rivalidade entre Shawn Michaels e Chris Jericho. Na semana passada falou-se acerca dos primeiros confrontos entre os dois, corria o ano de 2003.

Poderão ver ou rever esta primeira parte clicando na imagem em baixo:

(Rivalidades (In)Esquecíveis #23 | Shawn Michaels vs Chris Jericho - Parte I (WWE 2003))

Continuação… 5 anos depois:

Até esta altura, enquanto Shawn Michaels continuou a sua jornada na WWE, Chris Jericho esteve ausente cerca de dois anos, saindo em a 25 de Agosto de 2005 (data do fim do seu contrato) e regressando depois a 27 de Setembro, onde a WWE começou a mostrar vídeos de promoção ao seu regresso.

Este regresso valeu a conquista pela 8ª vez do WWE Intercontinental Championship, num combate no Monday Night Raw a 10 de Março contra Jeff Hardy.

(Chris Jericho celebra a conquista do seu 8º WWE Intercontinental Championship contra Jeff Hardy)

Chegando a 2008, na Wrestlemania XXIV aconteceu um dos momentos mais marcantes dos últimos 10 anos. O combate que acabou com a carreira de Ric Flair numa luta contra HBK.

Após este combate e a posterior despedida do Nature Boy, Batista foi confrontar Michaels, iniciando aqui uma rivalidade com os dois, Y2J também entrou nesta equação.

Batista foi confrontar Michaels falando sobre as suas acções na Wrestlemania XXIV, chamando-o de egoísta e egocêntrico.

(Batista confronta Shawn Michaels sobre Ric Flair)

No entanto Jericho também queria “molhar a sopa” em Michaels, acusando-o de que HBK tinha adorado poder ser ele a reformar Ric Flair, ao qual Michaels respondeu com um Sweet Chin Music.

Entretanto ficou agendado um confronto entre os dois para o Backlash onde Michaels iria defrontar Batista, mas Jericho não queria ficar de fora desta batalha. Então ele pediu para participar neste combate, mas isso foi-lhe negado. Em vez disso, Y2J foi nomeado como árbitro especial para o confronto.

(WWE Backlash 2008 - Batista vs Shawn Michaels - Árbitro convidado: Chris Jericho)

Nesse combate, a 27 de Abril de 2008 Michaels venceu o combate, após Michaels se queixar de dores e uma lesão no joelho o que levou Jericho a dar-lhe tempo de descanso. Michaels aproveita esta distração para aplicar o Sweet Chin Music em Batista para conseguir a vitória.

(Shawn Michaels aplica o Sweet Chin Music em Batista para a vitória)

A seguir ao Backlash Jericho acusou Michaels de fingir a lesão, mas este recusou essa ideia e continuou a dizer que estava lesionado.

Quando finalmente se convenceu da realidade da lesão de HBK e lhe pediu desculpas por não ter acreditado em Michaels, este então admitiu que tinha fingido a lesão e aplicou um Superkick em Jericho.

Isto tudo levou a um confronto entre os dois no Judgment Day que aconteceu a 18 de Maio.

(WWE Judgemnt Day - Shawn Michaels vs Chris Jericho)

Este foi um combate que começou logo com ambos os lutadores a querer acabar o combate rápido com varios pinfalls quase a dar em vitória.

Depois viu-se Michaels a aplicar uma versão modificado do Figure Four Leg Lock ao qual Jericho se consegue safar. Depois é a vez de Jericho aplicar a sua manobra de submissão, o Walls Of Jericho, mas Michaels consegue agarrar a corda de baixo para romper com a manobra.

(Chris Jericho com o Walls Of Jericho preso em Shawn Michaels)

Jericho tenta de novo o Walls Of Jericho, mas Michaels consegue contra atacar para vitória. Após este combate, e mais uma vez como se sucedeu no primeiro confronto entre ambos, surgiu um aperto de mão, mostrando o respeito que ambos tinham um pelo outro e neste caso, não ouve golpes baixos.

(WWE Judgment Day - Shawn Michaels vs Chris Jericho)


(Após o fim do combate, aperto de mão entre Y2J e HBK)

A mudança de acontecimentos:

O dia 9 de Junho pode ser considerado como uma data crucial para esta rivalidade. Talvez a data em que finalmente podemos ver quem estava do lado que quem, quem apoiava quem, e as reais intenções de cada um.

Neste dia no Raw, Jericho apresentou mais um segmento do Highlight Reel e desta vez com o convidado especial Shawn Michaels.

Neste segmento Jericho confrontou Michaels porque ele ainda era aplaudido e apoiado pelos fãs, apesar de ter traído vezes sem conta Jericho ao longo dos últimos meses, ao passo que Jericho estava a fazer o que era certo e mesmo assim era apupado e os fãs não gostavam dele.

Então, Jericho farto disso ataca Michaels. Aplica-lhe um golpe baixo e atira-o de cabeça contra o seu “Jeritron 5000”, completando assim o seu Heel turn, pela primeira vez desde 2005.

(Highlight Reel de Chris Jericho com Shawn Michaels)


(O momento em que Jericho atira Michaels contra o Jeritron 5000)

Durante a semana seguinte foi revelado que HBK tinha sofrido uma lesão na retina, devido aos estilhaços do vidro do Jeritron.

O passo seguinte aconteceu no Night Of Champions, onde Jericho iria defender o WWE Intercontinental Championship contra Kofi Kingston.

De realçar que nesta altura Jericho começou a andar acompanhado por Lance Cade, que o tomou como seu protegido.

(WWE Night Of Champions 2008)

O Night Of Champions aconteceu a 29 de Junho e Y2J fez-se acompanhar por Lance Cade. Para o fim do combate, quando Jericho tinha o Walls Of Jericho bem aplicado em Kingston, aparece do nada Michaels que aplica o Superkick em Lance Cade, isto fora do ringue.

Jericho ao reparar nestes acontecimentos sai da sua manobra de submissão e vai confrontar Michaels, mas quem se aproveita desta distração é Kingston que aproveita para aplicar o seu Trouble In Paradise, faz o pin em Jericho e assim conquista o WWE Intercontinental Championship.

(Kofi Kingston celebra a conquista do WWE Intercontinental Championship)

Os passos seguintes:

O próximo passo seria dado no The Great American Bash a 20 de Julho. De recordar também que HBK ainda sofria da lesão na retina, após os acontecimentos no Highlight Reel.

O foco deste combate por parte de Jericho foi sempre o olho direito de Michaels que estava lesionado. Após uma cotovelada na cara, HBK começa a sangrar abundantemente durante o resto do combate.

(Shawn Michaels começa a sangrar abundantemente)

Lance Cade também interfere aproveitando a distração do árbitro para aplicar vários golpes baixos em Michaels. Após Jericho efectuar vários golpes na cara de Michaels, afectando o seu olho lesionado, o árbitro chega à conclusão de que HBK não pode continuar e dá o combate por terminado dando a vitória a Jericho.

(WWE Great American Bash - Chris Jericho vs Shawn Michaels: Melhores momentos)


(Shawn Michaels é assistido no ringue e sai da arena com ajuda médica)

No mês seguinte no Summerslam a 17 de Agosto, Michaels anuncia a sua retirada dos ringues, devido à sua lesão no olho.

HBK faz-se acompanhar no ringue pela sua mulher Rebecca para fazer o discurso de despedida.

Michaels anunciou que após consultar os seus médicos e família, ele decidiu colocar um fim na sua carreira devido às várias lesões contraídas ao longo dos anos a praticar Wrestling Profissional.

Chris Jericho interrompe este discurso e vai até ao ringue confrontar Michaels e diz-lhe para dizer a todos que ele se estava a retirar devido ao que ele (Jericho) lhe tinha feito. Em retaliação, Michaels insulta Jericho chamando-o de “um ser humano egoísta” e para este ir para casa e dizer à sua família que nunca será um Shawn Michaels.

(WWE Summerslam 2008 - Chris Jericho confronta Shawn Michaels)

Com isto HBK e Rebecca iam a sair do ringue quando Jericho parou Michaels e tentou dar-lhe um murro, mas atingiu acidentalmente a sua mulher, Rebecca. Jericho sai apressado do ringue enquanto Michaels e os médicos da WWE estão no ringue a averiguar a situação de Rebecca.

(Chris Jericho confronta HBK e atinge a sua mulher Rebecca com um soco)


(Após o ataque de Chris Jericho que atinge acidentalmente Rebecca)

Os últimos confrontos… pelo World Heavyweight Championship:

No Raw seguinte, Shawn Michaels renuncia a sua retirada dos ringues e lança um desafio a Chris Jericho para um Unsanctioned Match para o Unforgiven, no qual Jericho aceita.

Na semana seguinte aconteceu a assinatura do contrato no ringue e durante este segmento aconteceu um brawl onde Michaels teve uma lesão legítima nos triceps.

(Assinatura do contrato entre Shawn Michaels e Chris Jericho para o Unforgiven)


(Assinatura do contrato entre Shawn Michaels e Chris Jericho para o Unforgiven)

Mesmo assim, os médicos deram alta para Michaels competir.

(WWE Unforgiven 2008 - Chris Jericho vs Shawn Michaels: Unsanctioned Match)

O Unforgiven ocorreu a 7 de Setembro e este foi o terceiro combate da noite. E um combate violento.

Lance Cade interferiu no combate a favor de Jericho, mas Michaels cedo recuperou a vantagem sobre os dois homens, o que levou a coloca-los sobre a mesa de comentadores e aplicar o Diving Elbow Drop através da mesa.

(Ataque de Shawn Michaels a Chris Jericho)

Depois de levar Jericho para o ringue, Michaels continuou a atacar o seu adversário. Um ataque tão brutal que Jericho já não se conseguia defender e o árbitro teve que parar o combate, dando assim a vitória do combate a HBK.

(WWE Unforgiven 2008 - Chris Jericho vs Shawn Michaels: Unsanctioned Match)

Mas o Unforgiven não acabava aqui para um destes dois lutadores.

O Main Event do Unforgiven foi um Scramble Match pelo World Heavyweight Championship. Para este combate CM Punk deveria defender o seu título contra JBL, Batista, Rey Mysterio e Kane, mas devido a um ataque de Randy Orton no inicio do evento a Punk, este não podia competir por se encontrar lesionado e foi substituído por Chris Jericho. Esta informação da substituição só foi anunciada nos últimos cinco minutos do combate.

Escusado será dizer que quando Jericho entrou no combate deixou tudo e todos com ar de choque, pois ninguém esperava esta reviravolta.

Seguido à entrada de Jericho, Batista aplica o Spinebuster em Kane, fazendo o cover e tornar-se temporariamente o World Champion. Batista era o único homem em pé no ringue, isto até aparecer Jericho que aproveitou o facto de Kane estar estendido no ringue e fazer o cover, tornando-se assim mais próximo de ser campeão. O tempo limite acaba pouco depois e Chris Jericho sai do evento como o novo World Heavyweight Champion.

(WWE Unforgiven - Scramble Match: Momentos finais)

As defesas de título de Jericho e o fim:

No episódio do Raw do dia seguinte ficou estipulado que Jericho iria defender o seu título contra CM Punk, numa tentativa recuperar o título que nunca chegou a perder.

Esse combate iria acontecer no Raw e seria num Steel Cage Match. Nesse combate, Jericho consegue escapar da jaula antes de Punk e assim retém o seu Championship.

Mas HBK tinha algo a dizer sobre isto! A seguir a este combate pelo título ao qual Jericho reteve, Michaels anunciou que ele iria enfrentar e desafiar Chris Jericho pelo World Heavyweight Championship no No Mercy e este combate seria num Ladder Match.

(WWE No Mercy - World Heavyweight Championship Ladder Match: Chris Jericho (c) vs Shawn Michaels)

O No Mercy aconteceu a 5 de Outubro e este foi o Main Event.

Michaels queria acabar o combate cedo e foi logo em busca do Sweet Chin Music, mas Jericho escapa e leva o combate para o tapete para depois o enviar com o seu braço e ombro esquerdo contra o poste do ringue antes de prender o Walls Of Jericho.

(Chris Jericho tenta aplicar o Walls Of Jericho em Shawn Michaels)

Mais tarde e já com as escadas já em acção, Jericho faz o Lionsault para cima de um escadote que estava em cima de Michaels. Lance Cade então volta a aparecer para ajudar Jericho que tenta impedir que Michaels suba ao escadote.

(Y2J atinge Shawn Michaels com um escadote)

Então para o fim, os dois sobem ao escadote e cada um agarra uma ponta do cinturão e ambos batalham pelo título, mas Jericho aplica uma cabeçada em Michaels que o atira ao tapete e assim retira o título para continuar como World Champion.

(HBK e Y2J disputam o World Heavyweight Championship)


(WWE No Mercy - World Heavyweight Championship Ladder Match: Chris Jericho (c) vs Shawn Michaels (PARTE I))


(WWE No Mercy - World Heavyweight Championship Ladder Match: Chris Jericho (c) vs Shawn Michaels (PARTE II))

Neste mesmo PPV, tinha acontecido um combate para determinar o candidato principal ao World Championship e esse foi ganho por Batista.

Então no Cyber Sunday (um PPV da WWE em que os fãs votavam nas estipulações dos combates) a 26 de Outubro, Chris Jericho foi defender o seu título contra Batista e o árbitro convidado para este combate foi Stone Cold Steve Austin.

Quando Jericho soube o resultado da votação ele queria abandonar o combate e perder por contagem de 10, mas Stone Cold avisou-o que se isso acontecesse, ele perderia o título.

(Chris Jericho contra Batista com o olhar atento do árbitro convidado Stone Cold Steve Austin)

Após várias interferências devido a Batista ter deixado Stone Cold atordoado, Batista aplica o Batista Bomb para o pin e a vitória final, tornando-se assim o novo World Heavyweight Champion.

(WWE Cyber Sunday - World Heavyweight Championship: Chris Jericho (c) vs Batista)

Oito dias depois Jericho tem a sua desforra contra Batista num Steel Cage Match e aqui consegue de novo conquistar o título que perdera no Cyber Sunday.

(Batista batalha com Chris Jericho pelo World Heavyweight Championship)

A próxima defesa do título para Jericho seria contra Shawn Michaels de novo e desta vez no Raw e num Last Man Standing Match.

(WWE Raw - World Heavyweight Championship Last Man Standing Match: Chris Jericho (c) vs Shawn Michaels)

Chris Jericho consegue defender com sucesso mais uma vez contra Michaels após interferência de JBL.

(WWE Raw - World Heavyweight Championship Last Man Standing Match: Chris Jericho (c) vs Shawn Michaels)

Este foi o último combate de singles entre os dois e a rivalidade teve um fim quando Chris Jericho fez equipa com Randy Orton e perderam contra Shawn Michaels e John Cena.

Notas finais:

- O que é o Championship Scramble? Este é um combate com cinco participantes mas que nenhum deles é eliminado. Dois lutadores começam o combate e a cada cinco minutos entra outro lutador até estarem os cinco dentro do ringue e após o último lutador entrar, passa a haver um tempo limite para o fim do combate. Cada vez que um lutador marca um pinfall ou submissão ele torna-se o campeão interino, mas atenção. Estes “reinados” não contam para os reinados de títulos dos lutadores. O vencedor é o lutador que conseguir o último pinfall ou submissão antes do tempo limite expirar;

- Este foi sem dúvida uma grande rivalidade. Começada em 2003 em que vimos só um combate, mas que felizmente a WWE decidiu retomar em 2008. É uma rivalidade relembrada por todos os bons momentos que ambos os lutadores proporcionaram e no fim de contas, foi uma rivalidade que colocou Chris Jericho num patamar ainda mais acima, acabando por ficar over;

- Esta foi a rivalidade do ano (2008), título atribuído pelo Pro Wrestling Illustrated e também pelo Wrestling Observer Newsletter;

- Mais uma vez aqui se vê o quão Jericho é bom no papel de Heel. Na minha opinião é um Heel nato, pois sabe como ninguem ganhar heat do público, tanto interpretanto um personagem mais cómico, como alguem mais sério;

- Na minha opinião acho que a rivalidade tinha tudo para ser um sucesso em 2003 quando arrancou. Não sei a razão ao certo para não ter havido mais confrontos ou uma continuidade a curto prazo;

- Felizmente foi retomada cinco anos depois e durou quase o ano todo. Após o fim da rivalidade ainda ouve mais confrontos entre os dois, mas em combates de Tag Team. Michaels reformulou com Triple H os DX e Jericho fazia equipa com Big Show, formando os JeriShow e eram na altura os Tag Team Champions. O primeiro combate foi um TLC Match em que os DX ganham o título, mas depois na desforra os JeriShow reconquistam os títulos de equipas.

Acompanharam esta rivalidade?

Qual o melhor combate nesta rivalidade?

E qual para vós o momento de destaque?

Acham que a WWE fez bem em colocar o World Heavyweight Championship nesta rivalidade quando ambos já tinham razões suficientes para lutar um contra o outro?

Por esta semana me despeço na esperança que tenham gostado. Voltarei daqui a 15 dias com mais uma história para contar, mas até lá…

Para vós esta é uma rivalidade Esquecível ou Inesquecível?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Enviar um comentário

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

2 comentário(s):

Anónimo disse...

Inesquecível. Uma das poucas rivalidades realmente boas no início da PG Era.

Miguel Santos disse...

Lembro-me de começar a ver wrestling e ter presenciado boa parte da segunda fase da rivalidade. Foi memorável, uma grande construção, com grandes exibições. Uma das melhores rivalidades no início da PG Era. Como houve poucas