domingo, 12 de fevereiro de 2017

WWE Elimination Chamber 2017 | Retrospetiva Elimination Chamber Match

Gostou deste artigo? Então clique nos botões ao lado para o curtir! Se assim o desejar, deixe-nos um comentário no fim que nós e os visitantes agradecemos!


É hoje que ocorre a 20ª edição do "Elimination Chamber Match" e este será pelo WWE Championship, que contará com o campeão John Cena a defender o título contra Baron Corbin, Dean Ambrose, AJ Styles, Bray Wyatt e The Miz.


Como já vamos para a 20ª edição, é óbvio que há estatísticas e números deste combate e que tentaremos trazer todas elas para que possam ter uma clara visão de quem possa estar ou não em vantagem quando estiverem a assistir ao combate. No entanto, este combate tem algumas regras, vejamos:
> Dois lutadores irão estar a competir durante 5 minutos, enquanto os outros 4 estarão presos em compartimentos
> Passados cada 5 minutos, um novo lutador entra no combate
> Eliminações podem ocorrer a qualquer momento via "pinfall" ou "submission"
> Vencedor é o último homem que não for eliminado do combate

Sendo agora um PPV exclusivo do Smackdown Live, o WWE Elimination Chamber começou a surgir em 2010, onde ocorreriam sempre dois "Elimination Chamber Matches", mas este tipo de combate surgiu em 2002 numa das "criações" de Eric Bischoff.

Portanto, sem mais demoras, vejamos uma retrospetiva usando percentagens, números e algumas curiosidades de alguns anos!


Anos Marcantes




2002

Claro que o ano de 2002 é sempre marcante por ter ocorrido o primeiro combate deste género na história da WWE e curiosamente foi neste combate que o "Heartbreak Kid" Shawn Michaels conquistou o seu primeiro World Heavyweight Championship em 4 anos que esteve ausente da sua carreira.

2006


Dos poucos anos em que este combate foi renovado para os termos "extreme" da ECW, pois foi o único ano em que, para além do ECW Championship ter sido defendido, também ocorreu o primeiro e (talvez) último "Extreme Elimination Chamber Match".

As regras eram as mesmas, no entanto a grande diferença é que, dentro de todos os compartimentos, todos os lutadores tinham acesso a uma arma.

Sem esquecer que este primeiro e único combate também ficou marcado por ser até hoje, o único deste tipo em que todos os lutadores (excepto o que ficou à espera) foram eliminados antes de entrar o último participante neste combate (que era o ECW Champion na altura, Big Show).

Mas para além de ter ocorrido este único combate (que foi em Dezembro de 2006), ocorreu um logo no início deste ano e foi outro que marcou a história da WWE para sempre, pois John Cena entrava como WWE Champion na altura logo a combater desde início e foi o primeiro de sempre a sair deste combate ainda como campeão e a sobreviver todos os adversários.

2010


Como já mencionado, foi este o ano em que foi criado o novo PPV da WWE chamado WWE Elimination Chamber, mas ficou marcado por mais razões e a começar por mudanças de títulos.

John Cena é atualmente o WWE Champion e isso é sinal de perigo para este lutador, pois foi em 2010 que ocorreu a última mudança de um título (senão contarmos claro com Ryback a vencer o Intercontinental Championship que estava vago), onde Chris Jericho entrou na "Elimination Chamber" e conquistou o seu 6º reinado como World Heavyweight Champion.

O tempo passa... lá isso é verdade, mas a realidade é que neste ano, ocorreram duas edições deste combate e em ambas as edições deste "Elimination Chamber Match", cada lutador conseguiu sempre eliminar apenas um outro lutador.

2012


Lembram-se do ano em que CM Punk era WWE Champion e estava no início do começo do seu longo reinado? Pois esse reinado cruzou-se com o "Elimination Chamber Match" e curiosamente foi o único ano em que só ocorreram apenas 4 eliminações via "pinfall" ou "submission", pois o 5º lutador eliminado foi Chris Jericho mas via paragem do árbitro.

2015


Foi o último ano em que ocorreu combates deste tipo e curiosamente marcou tanto no bom sentido como no mau, pois foi o único ano em que ocorreu este tipo de combate, no qual os WWE Tag Team Championships estiveram em jogo pela 1ª vez, assim como o Intercontinental Championship.

Sim, foi aquele ano em que o Ryback conquistou o Intercontinental Championship num combate considerado por muitos um dos piores de sempre deste tipo, em que o Mark Henry entrou acidentalmente no combate e por vezes, nem ele nem o resto dos participantes sabia o que fazer no combate.


Números a ter em Conta




180 Minutos (3 Horas)

Começamos estes números com o senhor dos 61 minutos do "Royal Rumble Match" e é impressionante como Chris Jericho está sempre incluído em alguns recordes da WWE, pois até hoje é de longe o lutador que mais tempo durou no total das suas partipações deste combate.

O recorde a bater são 3 horas e 43 segundos... #3HourMan? Pode ser um novo "trend" no Twitter para Chris Jericho!

60 Lutadores

Com a 20ª edição a ocorrer hoje, sem contar com os que vão participar, até hoje já entraram cerca de 60 lutadores diferentes dentro desta estrutura metálica e bárbara.



55 Segundos

Sejam eles aqueles que eram espelhados pela presença da Rosa Mendes, sejam eles os Los Matadores com o El Torito a brilhar mais que eles, ou agora como os Shining Stars, Primo e Epico (ou na altura deste recorde, Diego e Fernando) também entram na história deste combate.

Sim, a nível de equipas, são aqueles que tiveram o recorde de menor duração neste combate, ficando em 2015 com uma participação de apenas 55 segundos.

51 Segundos

Mas podemos descer ainda mais para baixo que Primo e Epico, pois coitado do The Great Khali... não foi assim tão "Great" com a sua presença em 2012, pois até hoje é o lutador que detém o recorde (a nível individual) da menor duração de sempre neste combate.



39 Minutos

Hey, ao menos já vamos para o lado positivo da vida, pois se há alguém com um recorde de menos duração, há quem tenha o contrário e nisto podemos chamar o senhor das marretas, Triple H pois até hoje é o lutador que se aguentou bastante tempo neste combate.

E fez logo no primeiro combate assim que entrou nesta estrutura metálica em 2002, durando cerca de 39 minutos e 21 segundos, até levar com um "Sweet Chin Music" e ver a vida a andar para trás.

15 Anos

Este número era mais que óbvio estar aqui, pois apesar da 1ª edição ter ocorrido em Novembro de 2002, já estamos a entrar no 15º aniversário deste combate, sendo que desde essa altura que só ocorreram 19 edições (sem contarmos com a deste ano claro).

13 Participantes

Então mas um "Elimination Chamber Match" não tem apenas 6 participantes? Certo! Mas isso não significa que possam entrar mais e sejam considerados apenas como 6 equipas diferentes como foi em 2015, pois foi o combate pelos WWE Tag Team Championships que marcou este recorde!

Até 2015, entrava sempre garantidamente os 6 participantes (lutadores), até que se criou o conceito de meter 6 equipas (de 2 lutadores cada) ao barulho e ainda haver uma dessas equipas a ter 3 elementos. Quem era essa equipa? Os New Day pois está certo!

Fazendo as contas, 2 vezes 6 + 1... isto dá o recorde que existe atualmente do maior número de participantes neste combate, que são 13 lutadores.

10 Eliminações

Eu não disse que Chris Jericho ia ter mais recordes! Pois aqui está mais um... foram 10, o número de eliminações feitas por Chris Jericho em todas as edições em que participou, portanto se já era um #3HourMan, também pode ser um #10EliminationMan não?

9 Estrelas

É incrível pensar que existem variedades de combates no mundo do wrestling e este é capaz de ser aquele que tem um recorde muito interessante, pois de todas as 19 edições deste tipo de combate, 9 estrelas entraram pela 1ª vez dentro da estrutura e saíram logo vencedores e alguns nomes até podem chocar. Vejamos:
– Shawn Michaels em 2002
– John Cena e Bobby Lashley em 2006
– The Undertaker em 2008
– Daniel Bryan em 2012
– Jack Swagger em 2013
– Big E., Xavier Woods e Ryback em 2015

8 Participações

Mais um recorde para Chris Jericho... quando Triple H entra para este combate, os comentadores dizem sempre que este combate é a sua especialidade, mas estão completamente enganados, pois o derradeiro veterano é mesmo o homem que criou a "List Of Jericho".

Podem não acreditar, mas Jericho já teve 8 participações nas 19 edições deste combate e o único homem que está perto desse recorde é Triple H, que conta com 6 participações no seu currículo.

5 Participações/Eliminações em 4º Lugar

Já estamos no 4º prémio bom para Chris Jericho, pois este homem, das 8 participações que teve, 5 delas foram a entrar oficialmente desde o início do combate, mas está a chegar a um ponto em que nem tudo foi bom para o antigo "King of The World".

Até hoje é o lutador que mais vezes foi eliminado em 4º lugar deste combate, portanto ainda bem que Jericho não está a competir neste combate senão já era previsível quando é que seria eliminado!

Nº 4

Este número precisou de ser colocado assim porque a partir daqui os números têm algumas curiosidades interessantes, ora vejamos:
- Visto que nesta situação, considero que os primeiros 2 participantes são só uma entrada, quem entrar em penúltimo lugar (ou seja em 4º lugar) neste combate, estatisticamente é o lutador com a maior probabilidade de vencer este combate, visto que já entraram cerca de 6 lutadores nesta posição que venceram este combate
- Finalmente um número que marca Triple H, pois este homem está associado a este combate, pela simples razão de ser o lutador que, das 6 participações que teve, mais vitórias leva no seu currículo (4 vitórias), mas John Cena poderá igualar este recorde hoje caso ganhe e continue com o título nas suas mãos
- Ao contrário do "Royal Rumble Match" em que alguns dos participantes já são WWE Hall Of Famers, podemos dizer que no "Elimination Chamber Match", de todos os 60 participantes, só 4 deles é que estão no Hall Of Fame da WWE atualmente (Booker T, Shawn Michaels, Kevin Nash e Edge)
- É caso para dizer que este nº marca também por ser o número de lutadores que, entraram neste combate a batalhar desde início e conseguiram vencer este combate... foram eles, John Cena (em 2006), The Undertaker (em 2008), Edge (em 2011) e CM Punk (em 2012)
- Não é que o combate tenha alguma culpa do que aconteceu, mas dos 60 lutadores que já pisaram esta estrutura metálica, este nº é marcante por ser o nº de lutadores que já faleceram (Umaga, Big Daddy V, Test e Chris Benoit)
- Nem tudo é mau, pois hoje teremos 4 estreantes neste combate, que são eles... AJ Styles, Baron Corbin, Bray Wyatt e o Intercontinental Champion Dean Ambrose

Nº 3

Há muitas curiosidades à volta dos números mais baixos, pois são sempre aqueles que têm aqueles pequenos detalhes que nem notamos. Vejamos com o nº 3:
- Normalmente neste combate, um lutador pode fazer no máximo 5 eliminações, mas a realidade é que até hoje, só ocorreram num só combate 3 eliminações por parte de um lutador
- Por coincidência das coincidências, este nº também representa o nº de lutadores que até hoje tiveram o privilégio de eliminar 3 lutadores num só combate e são eles... Goldberg (em 2003), Carlito (em 2006) e The Undertaker (em 2008)
- Das 4 vitórias que detém na sua carreira, Triple H também é o único lutador até hoje que entrou por 3 vezes diferentes em penúltimo lugar neste combate

Nº 2

Para acabar com os números mais marcantes, este número é de longe aquele trás uma maior curiosidade sobre este combate, pois foram coisas que já ocorreram na história deste combate... vamos ver se alguém se lembra destes momentos!


Pode ter durado mais de 2 minutos num combate da UFC, mas CM Punk é o único lutador que teve o privilégio de competir, ser eliminado em poucos minutos e logo a seguir voltar a competir no mesmo combate.

Em 2011, CM Punk estava para entrar no combate e como estava acidentalmente preso no compartimento, Randy Orton (rival dele na altura) decidiu partir ao ataque e eliminou Punk assim que foram para o ringue.

No entanto, o General Manager anónimo (lembram-se do "Can I have your attention please?" do Michael Cole) anunciou que ia voltar colocar CM Punk no combate e ironicamente, Punk entrou num compartimento e quando entrou no combate novamente, eliminou Randy Orton e conseguiu ser o último a ser eliminado do combate.

Vendo bem é o único lutador até hoje que entrou 2 vezes no mesmo combate!

Mas não era só Punk que iria fazer história com este número, pois há sempre um "Derradeiro Oportunista" na mira de todos os fãs, pois quem não se lembra do "Rated-R Superstar" em 2009 ter entrado neste combate como WWE Champion, perder o título em menos de 5 minutos e passado uma hora estar no combate pelo World Heavyweight Championship.

Sim e até ganhou o título! Edge é o único lutador até hoje que participou em dois combates deste tipo na mesma noite, perdendo um título para no final conquistar outro e sem dúvida que fez jus à sua alcunha na altura, deixando os fãs chocados.

E para acabar os recordes, se já é difícil vencer este combate entrando oficialmente no combate desde o início, ainda mais difícil é ter os 2 primeiros participantes deste tipo de combate a ser os 2 finalistas a batalhar por algo.

De todas as 19 edições, só houve 2 únicas ocasiões em que estes momentos ocorreram. Em 2008, The Undertaker e Batista foram os primeiros 2 a começar e a chegar ao fim, batalhando para ser o pretendente pelo World Heavyweight Championship na Wrestlemania).

A outra ocasião pertence a Edge e Rey Mysterio, onde ambos entraram em primeiro lugar e foram os 2 finalistas do combate, no qual Edge entrou e saiu como World Heavyweight Champion.


Percentagens a ter em Conta


Para acabar esta edição de retrospetiva, há 5 percentagens a ter em conta que podem ser interessantes para pensar melhor nas vossas apostas no combate de hoje. Ora vejamos:

78,9% – Das 19 edições que já ocorreram, esta percentagem está relacionada com a possibilidade dos lutadores serem eliminados deste combate antes de estarem todos os lutadores oficialmente no combate. Em 19 edições, 15 delas tiveram sempre lutadores eliminados antes de estarem todos os participantes envolvidos neste combate.

63,3% – Para aumentar um pouco a confiança dos lutadores, esta percentagem diz respeito à possibilidade de um lutador poder eliminar pelo menos um lutador neste combate e, diga-se de passagem, que não é um mau resultado.

60% – No entanto, esta percentagem é para estragar a felicidade de um lutador que queira competir dentro da estrutura metálica, pois este número representa a percentagem de lutadores que só entraram uma única vez nesta estrutura.

55% – Quer estejam a trabalhar nos bastidores, quer sejam comentadores, quer sejam lutadores que já faleceram, quer já não estão no ativo na WWE ou foram despedidos da WWE, esta é a percentagem de lutadores que já competiu neste combate, mas que já não estão a lutar na WWE.

53,8% – Se olharmos para as 13 edições em que um título estaria a ser defendido neste combate, esta percentagem é a possibilidade de vermos um título a ser defendido com sucesso dentro da estrutura metálica.

Que acham destes números?
Irão ser factores decisivos para o "Elimination Chamber Match" de hoje?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Enviar um comentário

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

3 comentário(s):

Soulsick disse...

Chris Jericho... The GOAT!
Do Elimination Chamber pelo título intercontinental sim foi dos piores, se não mesmo o pior. Mas desse combate retiro o facto de Ziggler ter sido o único que não perdeu a calma e foi ele que orientou todos os outros que estavam dentro do ringue para o combate continuar. Não deixa de ser engraçado esse facto

Soulsick disse...

Estive a rever o combate pelo IC e é hilariante, vejam. Aos 11m o Dolph começa a orientar todos e até a dizer ao árbitro onde se posicionar xD

Diego Meira disse...

Incrível como quase todos os recordes da EC giram em torno do Jericho. Só serve pra mostra q ele é mesmo o "Best in the World in what he does".