sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Rivalidades (In)Esquecíveis #17 | Dean Malenko vs Chris Jericho (WCW - 1998)

Gostou deste artigo? Então clique nos botões ao lado para o curtir! Se assim o desejar, deixe-nos um comentário no fim que nós e os visitantes agradecemos!


(Dean Malenko vs Chris Jericho WCW 1998)

Sejam bem vindos a mais uma edição de Rivalidades (In)Esquecíveis!

Esta semana irei falar-vos de uma das melhores rivalidades na WCW (World Championship Wrestling) no ano de 1998. Talvez este, até um dos melhores anos da companhia não?

De qualquer das maneiras, esta rivalidade parece que ficou um pouco esquecida e muito pouco falada. Por isso mesmo, aqui está ela.

Mas antes de começarmos mesmo, vamos recuar um pouco.

Introdução:

Durante a maior parte do ano de 1997, Chris Jericho andava um pouco perdido, praticamente na prateleira e em busca da sua identidade como babyface. Ele tinha um estilo de “rocker”, mas durante a maioria do tempo, ele não conseguia se conectar com os fãs. Ele durante esse período esteve em bons combates na divisão de Cruiserweight, mas nada mais que isso.

(Chris Jericho)

Por outro lado, Dean Malenko andava ocupado a fazer uma série de grandes combates com Eddie Guerrero pelos United States e Cruiserweight Championships e também juntou-se aos Four Horseman para lutar contra os New World Order. Malenko também foi votado como o wrestlers #1 pela Pro Wrestling Illustrated no seu especial anual, o PWI 500.

(Dean Malenko)

Para o fim de 97 e nas primeiras semanas de 98, Jericho começava a perder a compostura quando perdia combates. Chegou a uma altura em que Jericho, com a sua frustração, arrancava o fato do ring announcer semana após semana.

Não iria demorar muito tempo até que Jericho conquista-se o ouro na WCW com esta sua nova atitude. Jericho iria ganhar o Cruiserweight Championship a Rey Mysterio Jr. no “Souled Out” em Janeiro. Claro que Jericho aproveitou-se do joelho lesionado de Mysterio. Sim, já nesta altura em 98 Mysterio tinha problemas no joelho.

(Rey Mysterio Jr. (c) vs Chris Jericho Souled Out PPV WCW Cruiserweight Championship)

Como começa e primeiros confrontos:

Enquanto Jericho andava pela divisão dos Cruiserweights, em que também se viu ele a desmascarar Juventud Guerrera no “Superbrawl VIII”, Dean Malenko não estava a ser muito usado.

Jericho então começou a tentar entrar na mente de Malenko afirmando que conhecia mais manobras do que ele.

Na edição do Thunder de dia 12 de Março, Malenko pensava que tinha ganho o WCW Cruiserweight Championship pela quarta vez, mas de facto, Dean não fez Jericho desistir ao aplicar o Texas Cloverleaf. Em vez disso, Jericho colocou o jobber Lenny Lane disfarçado dele para levar uma sova de Malenko. Com isto, o championship não foi ganho e Jericho depois atacou Malenko.

Sem algum medo, o “Iceman” iria ter um rematch três dias depois no pay per view “UnCensored”, mas o combate foi algo desapontante. Jericho acabou por ganhar o combate com o Liontamer. A seguir ao combate, Mean Gean mandou Malenko completamente abaixo, dizendo que ele era um falhado. Quando perguntado “o que vais fazer a partir daqui?” O Iceman simplesmente disse “casa”. Foi realmente uma reviravolta nos acontecimentos.

(Chris Jericho (c) vs Dean Malenko UnCensored PPV WCW Cruiserweight Championship)

O regresso de Dean Malenko:

Com Malenko a ir para casa, Jericho continuava a defender o seu Cruiserweight Championship e continuava a rebaixar o Iceman. Por exemplo, no dia 30 de Março no Monday Nitro, Jericho começou por listar a sua lista de 1004 holds, mas acabou por não os revelar todos… ainda bem!

(Promo de Chris Jericho - Lista dos 1004 holds)

Jericho defendeu sucessivamente o seu championship contra Juventud Guerrera, Super Calo e Prince Iaukea, que teve uma oportunidade chocante no Spring Stampede. Ainda não se sabe como conseguiu uma oportunidade pelo título visto que tinha estado um ano sem ser relevante.

A caminho do “Slamboree”, ouve uma Battle Royal para determinar o candidato #1 ao título de Jericho, mais tarde no pay per view. No fim acabaram por ficar Juventud Guerrera e o surpreendente Ciclope. Guerrera decidiu eliminar-se a si próprio acabando por dar a vitória a Ciclope. No entanto, Ciclope acabou por revelar que era Dean Malenko disfarçado. A reacção que o público teve foi incrível.

(Confronto entre Chris Jericho e Dean Malenko (Ciclipe) após a Battle Royal)

Malenko acabaria por derrotar Jericho para ganhar o championship, mas na noite seguinte, JJ Dillon disse que o título não pertencia a Malenko por causa da maneira que ele usou para o conquistar. No episódio do Thunder dia 11 de Junho, Malenko deu o título a Jericho, mas acabariam por se voltar a encontrar no “Great American Bash” três dias depois.

(Dean Malenko vs Chris Jericho)

Pensa-se muitas vezes que o babyface apenas vence limpo, sem fazer jogo sujo. Não é o caso desta rivalidade. Em vez disso, o combate acabou depois de Malenko perder a cabeça depois de Jericho insultar o seu falecido pai.

As últimas oportunidades:

(Chris Jericho goza com Dean Malenko)

A seguir, era suposto Malenko ter um combate sem desqualificações contra Jericho no próximo pay per view, “Bash at The Beach”. No entanto Malenko quebrou uma regra de “não agressão física” até ao combate e isso foi devido a Jericho insultar a mãe de Malenko. Portanto, em vez de Malenko, foi Rey Mysterio Jr. a ter a oportunidade pelo título que acabaria por ganhar nesse mesmo evento.

(Chris Jericho (c) vs Rey Mysterio Jr PPV Bash at the Beach WCW Cruiserweight Championship)

Jericho no entanto, conseguiu voltar a conquistar o título na noite seguinte.

Malenko iria ter mais uma oportunidade para conquistar o título no episódio do Monday Nitro do dia 27 de Julho, mas acabaria por perder por desqualificação. Jericho iria perder o championship duas semanas depois no “Road Wild” para Juventud Guerrera com Dean Malenko como árbitro convidado.

Chris Jericho (c) vs Juventud Guerrera PPV Road Wild WCW Cruiserweight Championship)

Notas finais:

- Esta rivalidade foi guiada principalmente por Chris Jericho e pela sua capacidade de chegar à mente dos seus adversários, das pessoas. Alguns dos segmentos em que ele participou nesta rivalidade são verdadeiros clássicos;

- No entanto, apesar de ter sido uma boa rivalidade, o facto de Dean Malenko não ter conquistado aquela vitória final arruinou o momento. Não que o título lhe fizesse falta, mas porque apesar de tudo o que Jericho fez ao Iceman e tudo o que disse sobre os seus pais, conseguiu ficar sempre com o cinto;

- Uma coisa é certa, eram ambos muito bons e estavam acima do WCW Intercontinental Championship. A prova disso é que ambos acabaram por ter carreiras de sucesso e acima disso;

- Talvez consideraria uma das melhores rivalidades que a WCW produziu no undercard, especialmente no que diz respeito a Championships mais baixos no card.

Acompanharam esta altura na WCW?

Quais as vossas memórias de Dean Malenko vs Chris Jericho?

Acham que Dean Malenko deveria ter conquistado a vitória final?

Para esta semana é tudo e espero que este artigo esteja do vosso agrado.

Para a despedida, deixo-vos com a já pergunta clássica, pois para nós é bom saber se para vós…

Esta é uma rivalidade Esquecível ou Inesquecível?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Enviar um comentário

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

0 comentário(s):