segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

NJPW Wrestle Kingdom 11 | Retrospectiva de Tetsuya Naito/Hiroshi Tanahashi no PPV

Gostou deste artigo? Então clique nos botões ao lado para o curtir! Se assim o desejar, deixe-nos um comentário no fim que nós e os visitantes agradecemos!


Um dos eventos mais importantes e anuais produzido pela New Japan Pro Wrestling irá ocorrer no tradicional dia 4 de Janeiro chamado Wrestle Kingdom 11, no qual conta com a defesa do IWGP Heavyweight Championship, em que o campeão Kazuchika Okada defende contra o vencedor do torneio anual G-1 Climax 26, Kenny Omega.

Para além disso, também conta com a defesa do IWGP Intercontinental Championship, em que o campeão Tetsuya Naito defende contra Hiroshi Tanahashi e ainda a defesa dos NEVER Openweight Championship, no qual o campeão Katsuyori Shibata defende contra Hirooki Goto. Tudo isto e muito mais...

O card para este evento é o seguinte:

______________________________________________
Card


IWGP Heavyweight Championship Match
Kazuchika Okada © vs. Kenny Omega

IWGP Intercontinental Championship Match
Tetsuya Naito © vs. Hiroshi Tanahashi

NEVER Openweight Championship Match
Katsuyori Shibata © vs. Hirooki Goto

IWGP Jr. Heavyweight Championship Match
KUSHIDA © vs. Hiromu Takahashi

IWGP Heavyweight Tag Team Championships
Three-Way Tag Team Match
Guerrillas Of Destiny (Tama Tonga & Tanga Loa) © vs. CHAOS (Tomohiro Ishii & Toru Yano) vs. Great Bash Heel (Togi Makabe & Tomoaki Honma)

ROH World Championship Match
Kyle O'Reilly © vs. Adam Cole

Singles Match
Cody vs. Juice Robinson

NEVER Openweight Six-Man Tag Team Championships
Four-Way Gauntlet Match
David Finlay, Ricochet & Satoshi Kojima © vs. Bullet Club (Bad Luck Fale, Hangman Page & Yujiro Takahashi) vs. CHAOS (Jado, Will Ospreay & YOSHI-HASHI) vs. Los Ingobernables de Japon (BUSHI, EVIL & SANADA)

IWGP Jr. Heavyweight Tag Team Championship Match
The Young Bucks (Matt & Nick Jackson) © vs. Roppongi Vice (Beretta & Rocky Romero)

Singles Match
Tiger Mask W vs. Tiger The Dark

Pre-Show
New Japan Rumble Match
Confirmados: Yuji Nagata, Manabu Nakanishi, Hiroyoshi Tenzan, Jushin "Thunder" Liger, Tiger Mask & Ryusuke Taguchi

___________________________________________________
Retrospectiva de Tetsuya Naito e Hiroshi Tanahashi no PPV


De um lado, um campeão que flertou com o estrelato por anos e anos e só o atingiu de fato quando decidiu largar os fãs e fazer tudo do seu jeito. Do outro, um desafiante que foi a maior estrela de todas por muito tempo; e se perguntar para ele sobre isso, ele dirá que esse tempo ainda não acabou.

Naito é o IWGP Intercontinental Champion desde setembro, quando derrotou o parceiro de Tanahashi; Michael Elgin. Será que ele irá ser o primeiro dos Ingobernables a ter um reinado decente como campeão ou Tanahashi irá provar que ainda é o "ace"?

Hiroshi Tanahashi 

> Idade: 40 anos
> Grupo: New Japan Seikigun
> Finisher: High Fly Flow
> 14 participações no WK 
> Recorde no WK (Vitórias-Derrotas-Empates): 9-5-0
> Conquistas no WK: 
   -IWGP Heavyweight Championship (2009, 2011)
   -IWGP Intercontinental Championship (2014)

Hiroshi Tanahashi é o lutador com o maior histórico no Wrestle Kingdom dentre os envolvidos nas maiores lutas do evento desse ano. Juntando isso ao fato que Tanahashi foi o “ace” (principal lutador da empresa) e ainda é o “ace” no coração de tantos, não é surpresa que ele tenha o maior número de vitórias no evento também.

No entanto, a jornada de Tana no Tokyo Dome começou com uma derrota ao lado de Kenzo Suzuki contra Kazunari Murakami e Yuki Ishikawa no Wrestling World 2002. A essa altura Tanahashi já tinha obtido algumas grandes vitórias na sua carreira (sobre Negro Casas e Scott Hall, por exemplo) mesmo que fosse bem novo; a empresa já havia notado o seu potencial.

Tanahashi não participou do evento no ano seguinte pois estava se recuperando de uma facada que levou de uma ex-namorada (inclusive, os boatos são que ele dirigiu uma moto para o hospital sozinho após o incidente, ele não é o “ace” à toa).

Ele apareceu novamente no evento no Wrestling World 2004, quando reteve o IWGP U-30 Openweight Title contra Yutaka Yoshie. Esse cinturão teve uma vida curta, foram apenas três reinados em sua existência; basicamente foi um título criado para que a empresa pudesse elevar Tanahashi.



No Toukon Festival: Wrestling World 2005 Tanahashi já estava no “main event”. O show como um todo não foi grande coisa mesmo, mas o pouco tempo que ele levou para atingir esse objetivo é notável. No evento, ele perdeu o U-30 Championship para Shinsuke Nakamura em um capítulo importante de uma rivalidade que, como verão, apenas começava.

O U-30 Openweight Title, como o nome sugere, é para lutadores com menos de 30 anos. Para terem ideia de como a função desse title era elevar Tanahashi, o próximo campeão depois de Nakamura foi o próprio Tanahashi de novo, e quando ele estava prestes a fazer 30 anos de idade o cinturão foi desativado completamente.

Um ano depois, no Toukon Shidou Chapter 1, Tanahashi enfrentou o desertor da New Japan, Katsuyori Shibata, no Tokyo Dome. Essa é uma rivalidade que existia desde que estrearam em 1999, e por mais que Tanahashi tenha rido por último no fim dela em 2014, nesse episódio em 2006 foi Shibata que venceu.

O primeiro Wrestle Kingdom (2007) foi um evento co-promovido com a All Japan Pro Wrestling; empresa que já foi rival e aliada da New Japan em vários momentos diferentes. Atualmente a All Japan não é nem sombra do que foi no passado devido a vários problemas ao longo de sua história, mas em 2007 ela e a NJPW ainda estavam no mesmo patamar.

Nesse evento, Tanahashi defendeu o IWGP Heavyweight Championship com sucesso contra Taiyo Kea, um lutador de longa data da All Japan.

Tanahashi e Nakamura levaram sua rivalidade para o próximo nível no Wrestle Kingdom II. Se enfrentaram outra vez no “main event” do Tokyo Dome, mas dessa vez pelo IWGP Heavyweight Championship de Tanahashi. Outra vez, Nakamura levou a melhor do “ace” no maior show do ano e se sagrou campeão.

Para muitos, o momento que Tanahashi foi realmente coroado como “ace” veio no Wrestle Kingdom III de 2009. O campeão, a lenda do puroresu Keiji Mutoh (ou Great Muta) teve um grande combate contra Tana no evento, e pela primeira vez Tanahashi venceu o IWGP Heavyweight Championship no Tokyo Dome.



Em 2010, o Wrestle Kingdom IV foi composto por vários combates entre lutadores da NJPW e da Pro Wrestling NOAH, outra companhia proeminente japonesa que nasceu após um grande êxodo de lutadores da All Japan. Tanahashi, com sucesso, defendeu a honra de sua empresa contra Go Shiozaki da NOAH.

No Wrestle Kingdom V, Tanahashi teve um novo desafio na forma de Satoshi Kojima, veterano que havia retornado para a New Japan após anos na AJPW, vencido o G1 Climax e se tornado IWGP Heavyweight Champion. Em um grande combate, Tanahashi derrotou Kojima e se tornou campeão novamente.

A luta com Kojima começou uma sequência de vitórias de Tana no “main event” do Dome. No Wrestle Kingdom VI, Tanahashi derrotou Minoru Suzuki e se manteve IWGP Heavyweight Champion. Suzuki é um dos principais nomes dos primórdios do MMA nos anos 90 e uma lenda cujo retorno para a NJPW pode ocorrer no Wrestle Kingdom 11!

Uma outra grande rivalidade de Tanahashi deixou sua primeira marca no Wrestle Kingdom em 2013, no WK7. Tanahashi defendeu o IWGP Heavyweight Championship com sucesso contra o novato Kazuchika Okada, no primeiro de três encontros entre os dois no Wrestle Kingdom.

Em 2014, Tanahashi reviveu outra grande rivalidade: aquela com Shinsuke Nakamura. Tanahashi enfrentou o campeão Nakamura pelo IWGP Intercontinental Championship e finalmente conseguiu vencê-lo no Tokyo Dome numa luta que marcou o início de seu único reinado com esse cinturão até o momento.

Um fato interessante é que, apesar de não ser pelo IWGP Heavyweight Championship, a match anterior ainda foi o “main event” do show. Isso pois houve uma enquete entre os fãs para decidir entre esse e o combate de Tetsuya Naito vs Kazuchika Okada pelo Heavyweight Title, e Tanahashi e Nakamura acabaram vencendo.

Tanahashi e Okada voltaram a se encontrar em 2015. Okada venceu o G1 Climax novamente em 2014 (havia vencido também em 2012) e desafiou Tanahashi no WK9. Se perguntasse para qualquer um, o resultado seria Okada vencendo e sendo coroado o novo “ace” da NJPW, mas não foi bem isso.



Em um dos melhores combates do ano, Tanahashi saiu vitorioso sobre Okada novamente depois de vários Dragon Screws e High Fly Flows. A derrota foi devastadora para Okada, que saiu chorando, mas isso não interessava. Tanahashi ainda era o “ace”.

Okada, no entanto, não desistiu de seu objetivo. Em 2016 os papéis se inverteram (Okada era o campeão e Tanahashi venceu o G1), e o resultado também se inverteu. Okada finalmente derrotou Tanahashi no Tokyo Dome depois de três Rainmaker Lariats e virou o “ace”. Ou será que não?



Apesar de Okada realmente ter lhe vencido no “main event” do maior show do ano, Tanahashi ainda se diz o “ace” da NJPW, e de certo modo ele ainda tem tido uma posição de muito destaque na empresa.

Esse é um ponto muito importante no desafio de Tanahashi pelo Intercontinental Championship de Naito no WK11. Será que Tanahashi vai ter outra grande vitória no Dome e mostrar que talvez ainda tenha alguns anos no topo restando ou Naito vai provar que os dias de Tanahashi já passaram?

Tetsuya Naito 

> Idade: 34 anos
> Grupo: Los Ingobernables de Japón
> Finisher: Destino
> 7 participações no WK 
> Recorde no WK (Vitórias-Derrotas-Empates): 1-6-0
> Conquistas no WK:
   -IWGP Heavyweight Tag Team Championships (2010)

Se Tanahashi possui o melhor recorde no Tokyo Dome, Naito possui o pior. Com um total de 7 aparições desde 2009 no Wrestle Kingdom, Naito conseguiu a proeza de perder todas as suas singles matches no evento.

Naito já começou mal. No Wrestle Kingdom III em 2009, Naito e seu parceiro Yujiro, conhecidos como NO LIMIT, perderam os IWGP Jr. Tag Team Championships contra os Motor City Machine Guns (Alex Shelley e Chris Sabin).

Os MCMG participaram do evento representando a TNA. Sim, a NJPW e a TNA tiveram uma parceria por vários anos, o que acabou devido à incompetência da TNA em muitos aspectos tais como promover a New Japan com sucesso nos EUA, o racismo do "head writer" Vince Russo, entre outros problemas.

O parceiro de Naito, Yujiro, ainda compete na NJPW como Yujiro Takahashi, onde é um membro do Bullet Club cuja única contribuição para a humanidade é ir ao ringue acompanhado de belas moças ocasionalmente. Á primeira vista é surpreendente a diferença entre as carreiras dos dois, mas basta ver uma luta de cada um para ver o porquê disso.

No Wrestle Kingdom IV, Naito e Yujiro já eram considerados "heavyweights", tanto que lutaram pelos IWGP Heavyweight Tag Team Championships contra os campeões Team 3D e o time de Karl Anderson e Giant Bernard (A-Train na WWE), Bad Intentions, num combate "Hardcore".

Esse foi o único sucesso de Naito no WK até hoje, pois ele e Yujiro saíram campeões. É interessante notar que não foi Naito que fez o pinfall que deu a vitória ao time, logo, não é tão absurdo dizer que Naito nunca obteve uma vitória no Wrestle Kingdom pessoalmente.

Em 2011, Naito teve uma atuação... memorável no Wrestle Kingdom V, apesar de não ter nada a ver com ele. Graças à parceria com a TNA, Naito teve a chance de desafiar o TNA World Heavyweight Champion nesse show. Em janeiro de 2011, esse homem era ninguém menos que Jeff Hardy. Para alguém desatento, pode parecer um combate interessante.



No entanto, basta lembrar-se que poucos meses depois Jeff Hardy teve sua “lendária” luta contra Sting no Victory Road, na qual apareceu sob efeito de drogas e perdeu em um minuto em um “main event” de PPV vergonhoso. Não que a luta contra Naito tenha sido nesse nível, mas claramente Hardy não estava interessado em se esforçar e eles tiveram uma luta terrível.

As coisas melhoraram para Naito no WKVI. Assim como Tanahashi, Naito enfrentou a lenda da NJPW Keiji Mutoh no maior show do ano. Infelizmente para ele, o combate não foi tão bom quanto Tanahashi vs Mutoh e, além disso, Naito perdeu.

Naito não apareceu no WK7 em 2013 devido a uma lesão no joelho. No entanto, ele retornou dessa lesão no meio do ano e saiu vitorioso do G1 Climax 23; garantindo uma chance de desafiar o IWGP Heavyweight Champion Kazuchika Okada no WK8 em 2014.

Como já foi mencionado, apesar de ser pelo IWGP Heavyweight Championship, Naito vs Okada não foi o “main event” do show. Ainda assim, tiveram um grande combate, e Okada se manteve campeão.

No WK9, Naito teve um combate com AJ Styles. Em um combate excelente, AJ saiu vitorioso. Essa luta é uma boa representação da carreira de Naito na época: apesar de ser um grande lutador, a sua carreira não parecia ir a lugar algum.


Isso mudou no meio de 2015, quando Naito teve uma passagem pelo México. Ele se juntou ao grupo Los Ingobernables e mudou completamente sua atitude. Antes ele era um “babyface” comum tentando sempre fazer o certo, mas agora ele só se importava consigo mesmo e não ligava mais para os fãs.



Ironicamente, isso transformou Naito em um dos lutadores mais aclamados da New Japan, os fãs que não se importavam com ele passaram a idolatrá-lo. Dito isso, pode parecer estranho que no WK10 no início de 2016 ele perdeu de novo, dessa vez num combate contra Goto.

Isso é porque a popularidade de Naito realmente explodiu em 2016, e foi nesse ano que ele venceu o IWGP Heavyweight Championship e o IWGP Intercontinental Championship. Ele foi desafiado por Tanahashi para o WK11 depois que Tanahashi derrotou seu parceiro de grupo dos Ingobernables; SANADA.

No WK11, teremos um lutador mais jovem no pico de sua popularidade enfrentando um veterano com um dos maiores cinturões do pro wrestling em jogo. Por outro lado, também será um lutador com um dos melhores recordes no Tokyo Dome contra aquele com um dos piores.

Será que Naito finalmente conseguirá sua primeira vitória de verdade no Wrestle Kingdom, agora que tem Los Ingobernables e boa parte dos fãs ao seu lado? Será que ele provará que chegou ao topo da NJPW para ficar?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Enviar um comentário

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

1 comentário(s):

André Ribeiro disse...

Têm tudo para ser o Melhor Combate da Noite.

Sabia que a win-loss record do Tanahashi no WK era óptima, mas não tinha a ideia que do Naito era de 1-6. Acho que Tanahashi não conseguirá sair do WrestleKingdom - mas ao mesmo tempo é estranho, visto que ele passou o ano a colocar pessoal over e a perder em todos os big matches.

"O parceiro de Naito, Yujiro, ainda compete na NJPW como Yujiro Takahashi, onde é um membro do Bullet Club cuja única contribuição para a humanidade é ir ao ringue acompanhado de belas moças ocasionalmente."

Sick :D