sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Rivalidades (In)Esquecíveis #8 | Christian Cage Vs Abyss (TNA - 2006)

Gostou deste artigo? Então clique nos botões ao lado para o curtir! Se assim o desejar, deixe-nos um comentário no fim que nós e os visitantes agradecemos!


Bem vindos a mais uma edição de Rivalidades (In)Esquecíveis!

Nesta edição, a #8, decidi falar de uma rivalidade que, de certa forma fez elevar um pouco o nome da TNA. Todos sabemos que esta promotora vive de fazes, aliás, como todas as outras, mas na TNA as coisas nem sempre correm bem. Por vezes gostam de arriscar e as coisas nem sempre lhes saem bem.

Introdução:

Muitas vezes quando um babyface ganha um World Championship, a rivalidade a seguir normalmente é contra um monstro Heel que desafia o seu Championship e no meio disso tudo tem combates considerados perigosos, com muitos spots de risco. Um desses exemplos e que agora vem à memória é por exemplo Stone Cold vs The Undertaker e/ou Kane em 98.

Obvio que não acontece sempre, mas esses são os casos em que os heróis (babyface) defrontam e normalmente ganham os monstros maus (heel).

Inicio:


O mesmo se pode dizer quando o super popular Christian Cage ganhou o NWA-TNA World Championship no Against All Odds em Fevereiro de 2006, derrotando para o efeito Jeff Jarrett. Não iria demorar muito tempo até o monstro Abyss se chegar a frente e declarar uma guerra a Christian Cage.

No dia 18 de Março no episódio do Impact, Abyss já era o number one contender pelo NWA-TNA World Championship. Na noite anterior, Christian foi atacado por vários homens, incuindo Abyss, no Destination X depois de derrotar Monty Brown, fazendo assim com que Christian estivesse fora algumas semanas.

Na semana seguinte no episódio do Impact, James Mitchell e Alex Shelley perseguiram a mulher de Christian com a sua câmara de vídeo e Mitchell cheirou-lhe o cabelo como um autentico cretino. Eles avisaram-na para não chamar a polícia enquanto lá estavam.

Mitchell e Abyss foram entrevistados no episódio de dia 1 de Abril do Impact sobre a perseguição à mulher de Christian. Eles estavam contentes por terem conseguido colocar medo na família de Christian e Mitchell estava zangado, chateado por ele ter saído e ir fazer filmes em vez de defender o World Championship. De seguida mostram um novo vídeo em que se vê Abyss a atacar Christian Cage na sua casa e a tentar afoga-lo na sua piscina, mas Mitchell lembrou a Abyss que não se pode derrotar um homem morto pelo Championship.


O primeiro confronto:

Na edição de 8 de Abril do Impact, Christian regressa à TV ao atacar Abyss durante um combate com AJ Styles. Cage, iria aceitar oficialmente o desafio lançado por Abyss para o Lockdown e perguntou a Abyss se este estava preparado para morrer na jaula, porque ele, Christian… estava!

No episódio final do Impact antes do Lockdown, viu-se Christian ser entrevistado pela última vez antes do primeiro confronto com Abyss dentro da jaula de aço. Cage disse que Abyss tornou esta rivalidade pessoal e que nunca quis bater tanto em alguém, como agora o quer fazer a Abyss. Ele continuou a dizer que Abyss é um monstro, mas que não tinha a certeza se ele tinha um par de “bolas”. Cage também acreditava que tinha visto medo nos olhos de Abyss.

James Mitchell então corta a promo de Cage e diz que eles filmaram a sua mulher, para ele perder o foco do combate e assim perder o seu World Championship. A seguir, Abyss ataca Cage com uma cadeira para depois atingir o Black Hole Slam.

O primeiro combate:


O primeiro de dois combates em Pay Per View entre Christian e Abyss ocorreu dia 23 de Abril no NWA-TNA Lockdown 2006. Durou cerca de 14 minutos mas foi um combate muito bom e mostrou definitivamente que Christian Cage podia-se exceder e estar mesmo ao nível do main event.

Cage saiu vitorioso após contra atacar um choke slam com o Un-Prettier em cheio nos pionés que estavam no ringue. Mas apesar da vitória, Abyss ficaria na posse do cinturão de Cage.


A continuação:


No Impact a seguir ao Lockdown, dia 27 de Abril, Cage ataca Abyss a seguir ao combate deste contra Rhino e lançou um desafio, para recuperar o seu cinturão. Esse desafio lançado seria para o Sacrifice a acontecer dia 14 de Maio.


E este seria com mais uma estipulação violenta, pois seria um combate Full Metal Mayhem que consiste em mesas, escadotes, cadeiras e correntes.

No ultimo episódio do Impact antes do Sacrifice, Abyss ainda está na posse do cinturão quando Cage o ataca com um escadote. Os seguranças chegam a tempo de impedir um brawl e os dois ficam separados.

O auge e o fim – Sacrifice:


Chegamos ao Sacrifice! Cage e Abyss “rebentaram” por completo o show no fim da sua rivalidade. O combate durou cerca de 16 minutos e como seria de esperar, iria ser um hardcore brawl com muitas “armas” para usar.


No entanto, Christian foi capaz de derrotar Abyss, reter o seu World Championship e reaver o seu cinturão que estava na posse do monstro Abyss para acabar esta rivalidade.


Notas finais:

- Esta rivalidade entre Christian Cage e Abyss é possivelmente uma das mais underrated entre dois dos melhores talentos que a TNA tinha para oferecer na altura;

- Ajudou a catapultar Christian para o main event e Abyss era um personagem heel muito credível e que trabalhava muito bem em combates com estipulações mais violentas. O contexto da rivalidade no inicio foi perfeito e ter James Mitchell a falar por Abyss e todo o seu envolvimento ajudou bastante esta rivalidade;


- Ter no inicio da rivalidade a perseguição da mulher de Christian foi algo fresco na altura e serviu como grande impulso para os dois entrarem na rivalidade;

- O segmento onde Abyss quase afoga Christian, mostrou o quão ele estaria disposto a ir para conquistar o NWA-TNA World Championship. Também serviu para o colocar muito over, pois se via que ele estaria disposto a tudo. Por outro lado, criou-se simpatia e preocupação pela sobrevivência de Christian e da sua família. E também pelo Championship. Foi tudo executado quase na perfeição;

- Para uma rivalidade que durou cerca de dois meses, foi continuamente e enquanto durou, o melhor que passou na programação da TNA nessa altura, e nos deu dois combates violentos em Pay Per View para resolver os seus problemas muito sérios;

- Este é do tipo de rivalidade que gosto. A maneira como foi construído, todo o build up funcionou quase na perfeição.

Por esta semana é tudo, mas no entanto, para vocês qual a vossa opinião sobre esta rivalidade ou qual o vosso momento favorito?

Costumam, ou costumavam acompanhar a programação da Total Nonstop Action (TNA)?

E agora a questão mais importante;

Para vós esta é uma rivalidade Esquecível ou Inesquecível?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Enviar um comentário

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

1 comentário(s):

Manuel Victor Victor disse...

Muito boa escolha