sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Rivalidades (In)Esquecíveis #10 | Shane McMahon vs Kane (WWE - 2003)

Gostou deste artigo? Então clique nos botões ao lado para o curtir! Se assim o desejar, deixe-nos um comentário no fim que nós e os visitantes agradecemos!



Sejam bem vindos a mais uma edição de Rivalidades (In)Esquecíveis!

Já lá vão 10 semanas, 10 histórias, 10 rivalidades e todas as semanas o meu empenho é o mesmo para vos tentar levar o melhor artigo possível, o melhor texto e tentar descrever da melhor forma as histórias que aqui descrevo.

Desde já um obrigado a todos os que, semanalmente lêem estes artigos, pelo apoio, e por quem acredita.

Introdução:

Esta semana, enquanto pensava que rivalidade descrever, pensei em falar de alguém que se tivesse evidenciado este ano na WWE. Muitas eram as opções, até porque este ano foi bom a nível de regressos e de debuts e que tiveram muita notabilidade.

Por isso, e após algumas pesquisas resolvi falar de Shane McMahon. O regresso este ano à companhia (o que ninguém esperava) levando ao seu combate na Wrestlemania contra The Undertaker e que mais uma vez nos presenteou com um dos seus momentos, que eu próprio considero um dos momentos do ano. E levando-o a ser o GM da brand Smackdown Live depois da brand split. Penso que, na minha opinião, que melhor rivalidade para falar, do que a que ele teve com Kane em 2003?

Inicio:


Durante o Verão de 2003, Kane seria desmascarado e tornando-se assim um personagem demoníaco que destruía vários personagens em cada programa transmitido. Isto daria a entender que Kane estava na linha para um grande heel push onde teria muita exposição no Raw e que até eventualmente um push para o main event até ao fim do ano. Mas antes disso tudo, Kane iria entrar em confronto com Shane McMahon. Porque? Já lá chegaremos.


Shane McMahon não era visto na televisão desde o fim do angle da Alliance acabou em Novembro de 2001 e até a data, até nem tinha muitas razões para aparecer na Tv. Isto até ao Raw de dia 21 de Julho de 2003 onde Kane destruiu Rob Van Dame, Jerry Lawler e alguns árbitros que se metiam no caminho, isto durante o main event e que levou depois Kane a aplicar um tombstone piledriver em Linda McMahon, mãe de Shane, no topo da rampa de acesso aos bastidores.


O regresso e o primeiro confronto:

Na semana seguinte, Vince McMahon apareceu no Raw e prometeu que iria pagar bem caro pelo que fez à sua mulher. No entanto e num momento chocante, Shane McMahon regressa à WWE e ataca ferozmente Kane atingindo-o várias vezes com uma cadeira de aço, causando isto que Kane caia da rampa para cima de uma mesa. No entanto, Kane levanta-se e ri-se para a câmara, mostrando o quão insano e demoníaco ele estava desde que tinha sido desmascarado.

Shane queria um combate contra Kane no Summerslam, mas em vez disso, ele iria ter um No Holds Barred Match contra Eric Bischoff que tinha uma obsessão por Linda McMahon nesta altura. No combate entre eles no Raw de 4 de Agosto, durou 45 segundos até Kane aparecer e atacar ferozmente Shane, permitindo assim que Bischoff fizesse o pinfall sobre Shane.


No Summerslam, Shane McMahon iria ganhar o seu combate contra Eric Bischoff e Kane o seu combate contra Rob Van Dame. No entanto, os assuntos entre Shane e Kane ainda estavam por resolver, e a partir daqui as coisas iriam aquecer.

Na edição do Raw de 25 de Agosto, a família McMahon reuniu-se no Highlight Reel de Chris Jericho. Vince McMahon apoiava, como seria de esperar, a sua esposa, Linda. Mas num momento, Vince vira-se contra Linda e juntou-se a Kane dizendo que, ele próprio, era uma vítima de tudo o que se estava a passar.

Naturalmente, Shane surgiu para enfrentar o seu pai, mas foi atacado por Jericho. Shane e Y2J competiram então no main event, mas Kane iria aparecer e atacar Shane O’Mac. Shane consegue recuperar e persegue Kane até ao backstage onde o atinge e acaba por mandar Kane para dentro de um contentor em chamas.

A seguir, no episódio de dia 1 de Setembro do Raw, Kane volta a atacar Shane, atando-o ao poste do ringue. Com a bateria de um carro ao pé, Kane colocou uma ponta dos cabos nas partes baixas de Shane e depois, ligou as outras pontas, primeiro uma, depois a outra até Shane O’Mac sentir o choque nos testículos. Então vem Rob Van Dame para o salvar, mas danos estavam feitos.

Seis dias antes do Unforgiven, Kane e Shane tiveram uma assinatura de contrato para o seu Last Man Standing Match. Ambos assinaram o contrato, mas Shane atacou Kane com vários golpes baixos para depois subir à terceira corda e aplicar um elbow drop em Kane para cima da mesa de comentadores.

Primeiro combate – Unforgiven:


Chegamos ao Unforgiven, dia 21 de Setembro. O combate entre Kane e Shane McMahon no Unforgiven durou quase vinte minutos e teve spots muito bons. Antes de o combate começar, Shane ataca Kane quando este estava a fazer a sua entrada em ringue com uma cadeira de aço. Após o árbitro dar inicio ao combate, o alvo de Shane é o joelho de Kane, quando este o joga conta o poste do ringue.


Kane ainda tenta aplicar um big boot em Shane, mas acidentalmente atinge o árbitro. Um bom spot foi quando Kane tenta aplicar o Tombstone Piledriver nos degraus de aço, mas Shane contra ataca com um Bulldog e aplica o seu Coast-To-Coast nos degraus que estavam posicionados contra Kane.


No final, Shane tenta aplicar o Leap Of Faith d cimo da arena no topo do TiTanTron, mas Kane desvia-se e Shane O’Mac cai desamparado no chão. Kane ganhou o combate, porque Shane não conseguiu recuperar da queda e levantar-se.


A continuação – Rumo ao Survivor Series:

Na noite seguinte ao Unforgiven, Kane ataca Shane que estava no hospital a recuperar da noite anterior.

Duas semanas depois, Shane retorna para atacar Kane atraindo-o para a garagem do edifício. Ai, Shane consegue amarrar Kane a uma limusina e envia-o indefeso contra um camião, quase matando-o (kayfabe). Cerca de uma hora mais tarde, Shane lança um desafio a Kane para o Survivor Series. Desta vez seria um Ambulance Match.

No ultimo Raw antes do Survivor Series, dia 10 de Novembro, algo que seria impensável acontecer. Os dois, literalmente sentados em uma mesa num restaurante a ameaçarem e acusarem-se um ao outro enquanto jantavam. Não deixou de ser um bom segmento, apesar de ser o completo oposto do que se passou durante esta rivalidade.


O fim – Survivor Series:


Survivor Series, 16 de Novembro. Outro bom combate entre os dois e como no primeiro, com spots muito bons.

O combate começou do lado de fora quando Kane atirou Shane contra os degraus de aço. A meio do combate, Shane aplica o Leap Of Faith em Kane que estava na mesa de comentadores. Mais a frente Shane aplica o Coast-To-Coast do cimo da ambulância a Kane.


No fim, Kane aplica o Tombstone Piledriver no chão de cimento em Shane, que depois o atira para dentro da ambulância para assim conseguir a vitória no combate e sair por cima nesta rivalidade.


Notas finais:

- Sem sombra de dúvidas que esta rivalidade nos trouxe coisas muito boas, incluindo alguns dos momentos “top” deste ano;

- Na minha opinião a versão de Kane desta altura é das melhores versões que Glenn Jacobs nos deu da sua personagem. Aterrador, demoníaco e disposto a tudo;

- Shane McMahon… sempre disposto a arriscar tudo para nos dar todos aqueles grandes momentos. Sempre gostei da forma como interpretava o “underdog” destemido. Nunca foi grande wrestler, nem ele é um wrestler, mas sempre se dispôs a fazer tudo para nos entreter. Tanto nesta altura aqui retratada, como agora;

- Em relação a Kane, este ano prometia e muito. Durante quase todo o ano andou em duas rivalidades, esta com Shane e outra com RVD, onde ganhou ambas. Acho que a WWE deveria ter elevado mais Kane ao ponto de chegar ao main event e ter um reinado sólido como WWE Champion. Mais tarde Kane teve uma rivalidade com o “seu irmão” The Undertaker que terminou na Wrestlemania XX. Depois disso, passou para o mid card onde andou em rivalidades com Matt Hardy e Edge;

- Já Shane McMahon voltaria em 2006 onde teve uma rivalidade com os DX onde se aliou ao seu pai, Vince McMahon. Uma relação muito estranha mesmo!

E vocês caros leitores, acompanharam esta rivalidade? Se sim, qual a vossa opinião?

Que memórias guardam de Shane McMahon e de Kane, quando este era realmente visto como um monstro?

Até à próxima semana e não vou deixar de fazer a pergunta mais importante…

Para vós esta é uma rivalidade Esquecível ou Inesquecível?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Enviar um comentário

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

0 comentário(s):