terça-feira, 4 de outubro de 2016

Weekly Wrestlers #7 | Análise e Nova Votação

Gostou deste artigo? Então clique nos botões ao lado para o curtir! Se assim o desejar, deixe-nos um comentário no fim que nós e os visitantes agradecemos!

Mais uma semana a contar os vossos votos e mais uma semana com um ranking totalmente novo sobre os Superstars masculinos e femininos que mais marcaram esta semana, de acordo com vocês.

Como funciona este espaço? É simples!
> Vocês (leitores do Wrestling Notícias) mandam na votação, pois cada comentário que deixem conta como um voto, seja um lutador, lutadora ou até uma equipa que mais se destacam no decorrer desta semana
> Têm até DOMINGO À NOITE para deixar os vossos votos nos comentários > Caso haja empates durante o decorrer da contagem de votos, nós teremos uma última palavra para decidir quem fica em determinado lugar
> Têm ATÉ 5 ESCOLHAS (INCLUSIVE) para deixar no comentário nesta publicação
> Os lutadores/lutadoras/equipas escolhidos por vocês, têm de ser quem vocês acham que marcou mais esta semana no wrestling (seja na WWE, TNA, ROH, Independentes, Lucha Libre, Nacional ou Puroresu)

O vosso voto conta e, como prova, vejam lá se este nosso/vosso ranking é descabido:

________________
Com o Bound for Glory já ao virar da esquina, como ignorar os Hardys no seu último feito antes da Great War que ainda fez questão de deixar muito povo a matutar o que raio podem aprontar a partir dali. Dividiu-se em duas partes: Rosemary e Reby Sky a batalhar no ringue até um Side Effect as mandar a ambas por uma mesa dentro. E, apesar da referência, o Side Effect veio da não-Hardy.

Do outro lado mais teatral, os Decay conseguem ficar por cima quando temos direito ao habitual espectáculo bizarro com direito a electrocussão de Hardy, por parte de Abyss. Deve-lhe ter doído mais que aquela que já teve com o Abyss. Se alguém já reparou que eles saíram por baixo no segmento mas estão aqui presentes na mesma: querem opôr-se?
Há 1 Mês:

10º Lugar
Tinha uma tarefa difícil mas uma grande oportunidade. Billy Corgan anunciou, encima da hora, a possibilidade de escolha de uma estipulação para o main event do Bound for Glory. Lashley estava na posição defensiva, é o seu cinto em jogo. Isto podia interessar-lhe e bem.

Abastaceu-se bem de parceiros como Drew Galloway, Mike Bennett e Maria Kanellis para enfrentar a equipa liderada por EC3, que se fez acompanhar por Aron Rex, Moose e Gail Kim, nem de propósito e na mais tremenda das coincidências, sempre rival ante rival. Todos entram, a jaula fecha-se, as meninas fogem à bulha por conveniência, jazem corpos ao longo do cerrado ringue e... Lashley vence. Para selar, escolhe um No Holds Barred. EC3 pode estar um pouquinho tramado. Pode só, que ele não é nenhum menino.
________________
SUPER KIIIICK! Se eu fosse o Steve Corino, era frequente que os Bucks ocupassem todas as dez posições deste espaço. Sou justo e evito a tentação de colocar o Steve Corino nas dez posições. Mas depois da loucura que aconteceu este fim-de-semana naquele All-Star Extravaganza, no merecido main event, em que combateram e conquistaram os ROH World Tag Team Championships aos The Addiction num Ladder War que também envolvia os Motor City Machine Guns, que dizer?

Por muita dor que cause a Christopher Daniels que já mostrara a sua paixão pelo cinto, colocando-o até à frente da própria família, parece que com os Bucks por perto, não foi suficiente para manter essa jóia na sua posse. Quem o culpa? Os gajos são tolos, tiveram spots de saltar da cadeira e até fechar os olhos. Depois ganham. Não serve de muito perder aqui o meu tempo a descrever o combate, aquilo é melhor visto. E agora digam-no: também não gostavam agora de ter os Bucks nas posições todas?
________________
Finalmente o Weekly Wrestlers é presenteado com o Gift od Jericho. É a nossa vez de... Drink it in. Por norma geral, não foi o povo repleto de Stupid Idiots ao ponto de o deixar de fora desta contagem, após a semana frutuosa que teve. Primeiro superou uma tarefa difícil no Clash of Champion, quando tinha em frente um compatriota ex-melhor amigo do seu melhor amigo. Não se confundam, é simples.

Não foi simples para ele mas mesmo assim venceu. No dia seguinte até pôde celebrar com o seu compincha para a vida, Kevin Owens. O que só deu para pancada. Mais sorte sorridente para o nosso Y2J, pois a sua parceria com Owens saiu vitoriosa em mais um confronto com Big Cass e Enzo Amore. Ele obteve o seu lugar aqui. Nós obtivemos... It.
________________
É bom ver Miz a ascender e a ganhar destaque para aparecer aqui com regularide. E é bom saber que tem o título Intercontinental consigo para que o cinto também seja anexado ao destaque. E Miz protagonizou um segmento muito notável e que gerou muito falatório. Curiosamente talvez tenha sido protagonizado pelo seu rival mais do que por si.

Mas Miz apresentou-se como o herói de Cleveland, a maior estrela daquela cidade. Ou melhor, a única estrela. O retornado mas mal-recebido a casa foi interrompido pelo rival Ziggler que teve outra maneira de pedir mais um combate: colocando a carreira em jogo. Título vs Carreira. Ou Ziggler sai Campeão ou saiu de vez. Assim Miz já se enche de coragem para aceitar desafios...
________________
Mas no mesmo Smackdown, também há quem tenha tido trabalho mais atribulado. AJ Styles, para quem está sempre todo pomposo por ser o novo "Face that runs the place", tinha razões para se preocupar esta semana. Defesa de título, singular, com Dean Ambrose, numa revanche do Backlash. Tarefa difícil, ainda para mais com um John Cena muito atento. Mas ele soube desenrascar-se.

É o que tem vindo a provar ultimamente, ele sabe sempre desenrascar-se e conseguiu sagrar-se vencedor. Só não pode ficar muito contente com a tal parte do Cena a ver por perto, porque até foi este o último a rir-se e até a posar com o cinto que ainda pertence a Styles. Mas vai para casa como um Campeão que conseguiu reter, mesmo que dorido.
Há 2 Semanas:

2º Lugar
Para quem não acompanhou o Cruiserweight Classic e não costuma andar de olho fora da WWE, o Raw da semana anterior não apresentou o Cruiserweight Champion ao mundo, procurando logo um candidato ao seu título, que se revelou na forma de Brian Kendrick. Que não tenha sido muito estranhado quando chegou ao Clash of Champions para defender o seu título e trouxe videojogos na veia, desde a aparência ao tema de entrada.

Apresentou-se rapidamente, deu um grande combate e venceu Kendrick de forma convincente, apenas provocando mais azedume no veterano frustrado. O seu reinado prossegue e ainda pôde somar mais vitórias no Raw, mas ainda tem que aturar a má-disposição de um veterano esfomeado!
Há 2 Semanas:

3º Lugar
Rende ter amigos. E neste caso o amigo nem foi Triple H como todos esperavam. Mas como já disse, foi uma boa semana para Jericho e Amigos. O amigalhaço é o Universal Champion Kevin Owens que pôde contar com a fraternidade Canadiana de Y2J durante o seu combate com Seth Rollins, onde não pôde esconder as dificuldades em manter o título.

Rollins apresentou-se como um adversário ainda mais duro que o usual - cenas que vêm com estar a virar para babyface - e valeu-lhe a ajuda preciosa de Jericho, o clássico "ref bump" e... Stephanie McMahon? A selecção de um árbitro em timing suspeito e o olhar ao final deixaram a sugestão no ar de que Owens tem mesmo mais amigos. Mas quem se pode gabar de celebrar um título retido e mais uma vitória no Raw sobre Enzo e Cass é Kevin Owens. Bem-vindo de volta ao pódio!
________________
Já existiram dias mais sorridentes para Reigns. Fãs mais sorridentes também mas as reacções de agora já têm o seu tempo. Tarefa difícil no Clash of Champions mas parece que a sorte já lhe parece sorrir outra vez. Ou o fruto de muita luta. Após uma batalha muito árdua com Rusev, Reigns retorna ao ouro mesmo que não seja o de topo. Roman Reigns é United States Champion!

Com um esgar sarcástico de quem goza os fãs que o vaiam e uma prontidão em defender o título, fazendo-lo logo no seguinte Raw, onde conseguiu reter - mesmo que por contagem, após uma briga da qual conseguiu sair por cima - parece que começa a revitalização de Roman Reigns. Para o povo a quem isto cai pior, temos pena!
________________
Votaram neles em conjunto? Nem todos. Faz sentido que cá estejam juntos. Bem acreditem que sim. Quando parecia que um "Best of 7" entre dois adversários já familiarizados se estava a tornar maçador, no último combate, já menos antecipado, no Clash of Champions, os loucos sacam do combate da noite e levam-se além dos próprios limites, sem que um vencedor se pudesse coroar.

Complicação para Foley que prometia um campeonato ao vencedor e não ia acrescentar mais um combate, não era um Best of 8. Ocorreu-lhe a saída fácil que não nos ocorreu logo na altura: unir-se como uma equipa! Nada funcional se antevê daqui, mas talvez algo dominante como a primeira vitória conturbada no Raw pode ter demonstrado. Não se prevê uns novos Team Hell No, há mais agressividade, mais ódio e menos comédia nesta dupla. Mas prevê-se algo muito interessante!

Mais um Top 10 concluído, mais uma semana resumida e nós aqui prontos para outra! Já sabem como funciona, comecem já a comentar após o Raw, com aquela ou aquelas estrelas que mais marcou e prossigam ao longo da restante semana. É para continuar a contar, toca a votar!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Enviar um comentário

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

17 comentário(s):

Ricken The Experience disse...

Broken Hardys
Moose
Cody Rhodes
AJ Styles
Miz

Angelic Zero disse...

broekn hardys,cody,eli drake,lashley e sasha

*The Phenomenal Bruno* disse...

Sasha Banks
Broken Hardys
Aron Stevens
Cody Rhodes
Alexa Bliss

Manuel Victor Victor disse...

Broken Hardys
Moose
Cody Rhodes
EC3

- disse...

isto é capaz de ser por unanimidade pela primeira de todos nós....ehehe..BROKEN FREAKIN' HARDYS!!!!

e claro:

Moose (surpresa ter ganho),

Lashley (porque como sempre ser tão dominador..melhor campeão de sempre da TNA e melhor campeão heel a nível mundial de 2016)

eli drake (bound for....world title!!!!)

cody (pela estreia...promete! feud Rhodes vs Miracle = GOLD, parabéns TNA!!!)

Joel disse...

Hardys
(Incrivel como se reinventaram mais uma vez e acabam por conquistar os títulos)

Gail Kim
(Pela carreira , excelente profissional, e claro porque ganhou o titulo esta semana)

Eddie Edwards
(Perdeu mas fez um excelente combate contra um adversario que se percebe claramente não estar em forma, saudades dos Wolves)

Adam Cole
(Manteve o titulo, e optimo combate, contra o Elgin é dificil alguem fazer mau combate, escolhi o Adam como podia ter escolhido o Elgin)

Bobby Lashley
(Dominador,longevidade inpressionante, manteve o titulo num grande combate , EC3 esta top)

PyroMANiac disse...

Dean Ambrose, Hardys, Usos, Cody

Miguel Santos disse...

Sasha Banks
Cesaro & Sheamus
Alexa Bliss
Brian Kendrick
Chris Jericho

nWoMember disse...

Sasha Banks, Charlotte, Dean Ambrose, Alexa Bliss, Brian Kendrick

Mister Baile disse...

Mais um voto para os Hardys!


CARREGA!!!!

Anónimo disse...

Alexa bliss
Aj Styles
Moose

Chris JRM disse...

Hardys, Gail Kim, Sasha Banks, Dolph Ziggler, Eddie Edwards

|Styles| disse...

The Miz, Chris Jericho, Seth Rollins

vitor oliveira disse...

Sasha Banks
New day
Lashlay
The Revival
Hardys

joao vicente disse...

Broken Hardys
Cody Rhodes
Gail Kim
Sasha Banks
Aron Rex

Pablo disse...

Broken Hardys
Cody Rhodes
Dean Ambrose
AJ Styles
Sasha Banks

FaBiNhO disse...

Broken Hardys
Eddie Edwards
Gail Kim
The Miz
Sasha Banks