segunda-feira, 17 de outubro de 2016

CTW Heroes of the Universe | Análise do Leitor

Gostou deste artigo? Então clique nos botões ao lado para o curtir! Se assim o desejar, deixe-nos um comentário no fim que nós e os visitantes agradecemos!


Já fez um mês que ocorreu um evento de wrestling organizado pelo Centro de Treinos de Wrestling e um dos nossos leitores esteve presente num dos dois dias para assistir e deixou uma pequena análise aos combates que ocorreram no 2º dia do evento, assim como algumas fotografias tiradas por este leitor do Wrestling Notícias.

Aqui vai a análise ao 2º dia do CTW Heroes of the Universe por parte do leitor Soulsick:

"Boas caros leitores.

Em primeiro lugar, quero salientar este tipo de eventos. A CTW (Centro de Treinos de Wrestling) existe acerca de 5/6 anos (não consigo precisar) e sempre se dedicou, através do seu mentor e treinador “Red Eagle” a ensinar e treinar a arte do Wrestling em Portugal. Aliando a isso, é com alguma frequência que esta promotora organiza eventos e também seminários com alguns dos mais prestigiados wrestlers a nível mundial, como por exemplo o ex WWE Paul London. Mas isto talvez ficará para outra oportunidade, porque o que me trás aqui é o evento realizado no fim-de-semana de 10 e 11 de Setembro de 2016, na Praça Paiva Couceiro, freguesia da Penha de França em Lisboa. Ambiente fantástico, ao ar livre, com o ringue no centro da Praça, e sendo de entrada livre, a dar oportunidade a quem por lá passava de espreitar e ficar a ver o show, o que aconteceu tanto no primeiro dia como no segundo.


Também lá estive no primeiro dia, que segundo a organização, conseguiu juntar cerca de 400 pessoas à volta do ringue. Nada mau hun? Destaques desse dia, são sem sombra de dúvidas o combate inicial que teve Red Eagle Vs Hard Flyer, sendo um bom combate, muito boa química entre ambos sendo ganho por Red Eagle. Ou destaque, é sem dúvida o Main Event, sendo uma Batle Royal que após alguns bons spots, destacando a eliminação de Leo Rossi que caiu desamparado fora do ringue, em cima do cimento, (Auch!) e ganho por Mad Dog Maxx, que sempre a festejar ao seu estilo com uma cerveja na mão.

O segundo dia, não tendo saído informação sobre quantas pessoas estiveram presentes, mas pelos meus cálculos a dada altura quase de certeza que ultrapassou a marca do primeiro dia.

A seguir fica um pequeno resumo dos 5 combates do segundo dia.

Lutadores presentes:
Alunos CTW: Leo Rossi, Lobo Ibérico, Super Kid Nelson Pereira, Hard Flyer (Espanha) e Red Eagle (mentor do projecto e treinador)
Lutadores estrangeiros: Tom Mason (Reino Unido), Duke Warfield (Canadá) e Mad Dog Maxx (Reino Unido)



1º Combate:
Leo Rossi “Pai Grande” C/ Tom Mason (Reino Unido) Vs Mad Dog Maxx (Reino Unido)

Bom combate que começou por ser lento e sem muito interesse da parte do público um pouco apático, mas Mad Dog com o seu carisma conseguiu agarrar o público e manter o interesse no combate. De notar uma boa química entre os lutadores, com Rossi a conseguir a vitória.

Vencedor, Rossi por pinfall após interferência de Tom Mason.

Após perder o combate e descontente, Mad Dog pede desforra e anuncia que o Main Event irá ser um Tag Team Match entre Mad Dog Maxx & Red Eagle Vs Leo Rossi & Lobo Ibérico.



2º Combate:
Lobo Ibérico Vs Super Kid Nelson Pereira

Mais um bom combate com Lobo Ibérico a começar por cima, mostrando a sua força física, após várias tentativas de Super Kid em o tentar derrubar com shoulder tackels, mas este sempre a ir ao tapete. Então Super Kid, talvez sentindo um pouco de falta de ar, e na tentativa de ganhar mais força, pega no seu inalador de ar. Após este momento, Super Kid começa a ganhar mais intensidade levando a melhor no fim sobre Lobo Ibérico.

Vencedor, Super Kid por pinfall após subir ao canto do ringue e aplicar um neck breaker em Lobo Ibérico.



3º Combate:
Duke Warfield (Canadá) Vs Hard Flyer (Espanha)

Combate razoável, e que mostrou Duke a provocar constantemente o público presente rejeitando o apoio deste a Hard Flyer. Duke dominou quase o combate inteiro mostrando a sua força física. O fim do combate mostrou Duke a fazer o pinfall sobre Hard Flyer mas este com verdadeiro sentido de posicionamento dentro do ringue, colocando o pé sobre as cordas, anulando assim a contagem de 3. O arbitro manda reiniciar o combate mas Duke não se apercebe e Hard Flyer faz o pin rápido para ganhar o combate.

Intervalo com demonstração de Jiu-jitsu



4º Combate:
Super Kid Nelson Pereira Vs Hard Flyer

Muito bom combate entre dois lutadores que se respeitam mutuamente. O domínio foi repartido, mas mostrando um Super Kid sem receios e disposto a correr riscos. Num momento em que Hard Flyer estava fora do ringue, Super Kid vai às cordas para um suicide dive que atingiu Hard Flyer em cheio, mas não sendo suficiente para alcançar a vitória.

Vencedor, Hard Flyer via pinfall.



5º Combate (Main Event)
Combate Tag Team entre Mad Dog Maxx (Reino Unido) & Red Eagle Vs Leo Rossi “Pai Grande” & Lobo Ibérico

Principal razão deste combate é a desforra de Mad Dog por ter perdido no inicio do evento com Rossi, após interferência de Tom Mason. Combate começa por ser dominado por Rossi e Lobo, estando estes sempre a usar alguma distracção do árbitro para magoar ainda mais os adversários. Mad Dog e Red recuperam o ímpeto acabando por ganhar e não deixar dúvidas.

Vencedores, Mad Dog Maxx & Red Eagle com pinfall a ser feito por Red Eagle sobre Lobo Ibérico.

Evento acaba com Mad Dog e Red Eagle a celebrar em cima do ringue. Mad Dog faz um discurso a dizer que adora Portugal, o público e os fãs portugueses e promete voltar em breve. Elogia ainda Red Eagle por este ser um impulsionador do Wrestling em Portugal e por lutar constantemente para fazer eventos destes.

Mad Dog pede duas cervejas que prontamente levam ao ringue e os dois fazem um brinde a este sucesso que foi Heroes of the Universe.


Mais uma palavra para o público presente, percebendo-se que muitos não estão por dentro do entretenimento do Wrestling, mas que estiveram sempre presentes e a apoiar os atletas.

Parabéns mais uma vez à CTW (Centro de Treinos de Wrestling) pela luta constante em criar eventos de entretenimento deste género e por tudo o que tem feito pelo Wrestling em Portugal!

Vale sempre a pena apoiar aquilo que gostas, vale sempre a pena estar presente. Cada pessoa é um apoio, cada pessoa presente é um “Estou Aqui” para se continuar a ver eventos deste tipo em Portugal. Não há que ter qualquer tipo de complexos, se gostas vai ver. Pode haver um evento de Wrestling perto de ti sem te aperceberes.

Desde já obrigado a todos os que lerem este artigo, assim como a oportunidade que me foi dada para o fazer. Espero ter mais oportunidades para tal.

Obrigado!
Soulsick"

Muitos agradecimentos ao leitor Soulsick por ter estado presente num evento de wrestling feito em Portugal e caso algum dos leitores tenha estado presente num evento recente de wrestling e que queira divulgá-lo, envie um email para wrestlingnoticias@gmail.com

Vamos apoiar o Wrestling Nacional!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Enviar um comentário

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

1 comentário(s):

- disse...

very cool!

adoro a CTW!