domingo, 14 de agosto de 2016

Forgotten Superstars #68 | O grande anunciador

Gostou deste artigo? Então clique nos botões ao lado para o curtir! Se assim o desejar, deixe-nos um comentário no fim que nós e os visitantes agradecemos!


Saudações a todos os leitores do Wrestling Notícias! Estamos aqui com mais um Forgotten Superstars, onde nós falaremos sobre mais uma estrela que foi deixada de lado pela WWE. Dessa vez, iremos falar de alguém que trabalhava um pouco mais fora dos ringues.

Para todos que o conheciam, antes e depois da WWE, sabia-se que ele possuía talentos como wrestler. Mas ele foi muito pouco utilizado dessa forma pela empresa, e acabou participando muito mais em segmentos e storylines, do que em atividades no ringue.

Então, vamos aos fatos!

Quem é? - Jesús Rodríguez, nascido em Los Angeles, Califórnia. Entre o cenário independente mexicano e californiano, ele foi conhecido como Chimaera. Entretanto, na WWE, sempre foi lembrado como o anunciador Ricardo Rodriguez, além de lutar poucas vezes como El Local.

O começo de sua carreira como wrestler foi em 2006, no circuito independente, como lutador mascarado, Seu primeiro título, foi de duplas pela New Wave Pro Wrestling, juntamente com Jason Watts. Ele passou por empresas como Chikara, Dragon Gate USA, Vendetta Pro Triforce Championship (onde ganhou o título principal da promotora), entre outras empresas menores.


O que ele fez na WWE? - O lutador veio pela WWE já sob a alcunha de Ricardo Rodriguez, desde agosto de 2010 no SmackDown, como personal ring announcer de Alberto Del Rio. Conseguiu ajudar ADR a ganhar lutas, por meio da distração de adversários do "Patrón".

Na FCW ainda sob a gimmick de Chimaera, ele fez o seu debut em dezembro de 2010, ganhando por sua equipe em uma 10-Man Tag Team Match, e semanas depois, perdendo para Richie Steamboat. Pouco tempo depois, ele passou a se apresentar como Ricardo Rodriguez também no desenvolvimento, ao começar o ano de 2011. Ele estava prestes a montar uma stable com Conor O'Brian (Konnor), Tito Colon (Epico), Kenneth Cameron (Bram) e Raquel Díaz. Mas de última hora, Ricardo não acompanhou os outros.

Já na WWE, ele teve uma rápida participação na NXT em janeiro de 2011, onde ele teve uma luta contra Conor O'Brian, que era rookie de Del Rio, a qual, ele ganhou. Sua primeira participação como lutador na WWE.



Depois do confronto, O'Brian foi eliminado do NXT, e Del Rio passou a mentorar Brodus Clay. Entretanto, pela maior parte do tempo, Clay ficou sob a responsabilidade de Ricardo Rodriguez, que o levou até o segundo lugar na temporada de 2011.

No draft de 2011, ADR e RR foram levados ao Raw, onde continuaram sua aliança e confrontaram Big Show de início, em uma rivalidade. Em junho, ao tentar salvar Del Rio, Rodriguez foi brutalmente atacado por Show, ficando de foa da programação por um mês.

Em agosto, participou da rivalidade entre Del Rio e John Cena. Em setembro, ele fez a sua primeira luta pelo Raw, onde se aliou com Del Rio, perdendo para John Cena e Bret Hart.


No TLC de 2011, Rodriguez estava lá para ajudar Alberto Del Rio a ganhar o título da WWE, contra  os oponentes CM Punk e The Miz, onde sofreu um grande bump, que foi um dos momentos de maior destaque do ME do pay-per-view.


Ele também participou da Rumble de 2012, sem muito destaque. Em abril de 2012, ele e Del Rio foram mandados de volta para o SmackDown. Ali, ele teve rivalidades com Santino Marella, e também com Sheamus (este último, junto com Del Rio). Com ambos, houve cenas bem engraçadas, como Marella revelando uma camiseta do Justin Bieber que Rodriguez usava, ou com Ricardo se vestindo como Sheamus e ironizando suas atitudes.

Mais tarde, em dezembro daquele ano, Del Rio e Ricardo executaram um face turn, ao confrontarem o 3MB, depois de um incidente com a mesa hispânica do TLC de 2012. Depois disso, a dupla entrou em feud com Big Show, novamente, mas dessa vez em alinhamentos opostos, acabando com ADR com o título do WHC, e com Rodriguez sendo atacado por Big Show no início de 2013. Posteriormente, ADR e RR entraram em confronto com Zeb Colter e Jack Swagger.

No Payback de 2013, Del Rio voltou a se tornar heel, depois de um ataque massivo contra Dolph Ziggler. Enquanto isso, Ricardo sofria punição por ter violado a Política de Bem Estar da WWE. Ao retornar em agosto e interferir em uma luta de Del Rio, de forma errada, fazendo o "Patrón" perder, ele sofreu um ataque brutal de ADR, desfazendo a dupla, e passando a se unir com Rob Van Dam. Durante a feud entre ADR e Van Dam, Rodriguez chegou a trocar uma vitória e uma derrota, com seu antigo superior. A sua aliança com Van Dam acabou no mesmo momento em que a rivalidade de RVD e ADR teve um fim, de forma quieta.

Ele passou a lutar como El Local, em eventos menores da WWE, no Saturday Morning Slam, mas sem resultados expressivos. Ele também foi um comentarista para as transmissões em espanhol da WWE entre 2013 e 2014, tendo lutas esporádicas até julho de 2014, quando ele foi liberado da empresa.

Ele poderia ter feito mais na WWE? - O fato é que Ricardo já foi Chimaera. E muitas pessoas se perguntam, porque ele não foi usado como lutador. De fato, a gimmick de RR tinha um entretenimento. Mas não seria possível utilizá-lo mais dentro do ringue?

Vamos às suas melhores características, aqui detectadas.

  • Entreter o público: Alguns atos de Ricardo foram extremamente hilários e divertidos. Um elemento necessário para o pro wrestling. Era algo que ele sabia fazer.
  • Ring skill convincente: Como Chimaera, ele fez coisas bastante especiais, principalmente em Porto Rico, onde ganhou um título de pesos pesados pelo WWC, após a WWE. Ele tem uma habilidade, que infelizmente na empresa dos McMahon, foi ignorada.
  • Mic Skill superior: Pudemos ver um pouco disso como Ricardo Rodriguez. Ele tinha como trabalhar esse lado. Além disso, o fato de ter feito parte dos comentários em espanhol da WWE, o ajudou a ficar mais completo.
Poderíamos ter visto um pouco mais de RR na WWE. Mas o fato, é que ele está, neste momento, como um treinador na escola de wrestling do Great Khali, em Punjab, na Índia. O que se espera é que ele passe todo o seu conhecimento para os seus pupilos e que promova a Índia no cenário do wrestling.

Dessa forma, termino mais um Forgotten Superstars, meus caros. Não se esqueçam de deixar suas impressões, como sempre.

Um grande abraço!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Enviar um comentário

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

1 comentário(s):

- disse...

este gajo um dia vamos ver o talento dele na Lucha...