domingo, 31 de julho de 2016

Forgotten Superstars #66 | Um Super-Herói entre os Anoa'i

Gostou deste artigo? Então clique nos botões ao lado para o curtir! Se assim o desejar, deixe-nos um comentário no fim que nós e os visitantes agradecemos!


Saudações a todos os leitores do Wrestling Notícias! Estamos aqui com mais um Forgotten Superstars, e hoje, falaremos de um membro da conhecida família Anoa'i, Ele por si, não foi tão conhecido assim.

De qualquer forma, ele já fez companhia a ninguém menos que Gregory Helms, o eterno Hurricane, que já passou por esta série de artigos! Mas ele não fez apenas isso em sua carreira, como iremos acompanhar agora.

Vamos aos fatos!

Quem é? - Matthew "Matt" Anoa'i, nascido na Samoa Americana. Ele foi mais conhecido na WWE pelo seu codinome Rosey. Ele é irmão de Leati Joseph Anoa'i, o qual conhecemos por Roman Reigns. Ele teve um certo background em futebol americano no período escolar, mas uma lesão o impediu de seguir carreira. Ele trabalhou em clubes noturnos, antes de finalmente, se direcionar ao wrestling profissional.

Seu primeiro trabalho foi na World Xtreme Wrestling, de Afa Anoa'i, sendo campeão de duplas da empresa, juntamente com L.A. Smooth (Lloyd Anoa'i). Juntos, eles também venceram em Porto Rico, o título de duplas da World Wrestling Council.

Em 2001, no Japão, ele também ganhou mais um título de duplas, da empresa Frontier Martial-Arts Wrestling, dessa vez ao lado de Eddie Fatu, e juntos, ficaram conhecidos como Kimo (Matt) e Ekmo (Eddie).

O que ele fez na WWE? - Matt assinou com a WWE para ficar nos territórios de desenvolvimento, ganhando os títulos de duplas da HWA e da MCW (nesta última empresa, por três vezes), entre os anos de 2001 e 2002, ao lado de seu companheiro Eddie. 

Em julho de 2002, eles executaram o seu debut, no Raw. Agora, Matt se chamava Rosey e Eddie, Jamal. Juntos, eles se tornaram o 3-Minute Warning, uma dupla heel, atuando como capangas de Eric Bischoff, e atacando outros wrestlers a mando de seu "chefe" desde então.


Mas não era apenas wrestlers que eles atacavam. Eles também já atacaram a ring announcer Lilian Garcia, bem como as lendas Jimmy Snuka, Mae Young e The Fabulous Moolah. Em setembro, entretanto, eles começaram a rivalidade mais notória como dupla. com Billy Gunn e Chuck Palumbo. Saíram por cima, no Unforgiven de 2003, derrotando os seus oponentes, além de absorverem Rico Constantino como manager.

Eles continuaram lutando na divisão de duplas da WWE até junho de 2003, quando Jamal saiu da empresa. Então Rosey se encontrou sozinho, porém não por muito tempo. Pois Hurricane (Gregory Helms) descobriu um potencial de herói, em Rosey. Antes disso acontecer, claro, eles foram adversários. Mas pode-se dizer que neste ponto, começou o ponto de face turn gradual do atleta.


Rosey ficou conhecido como "Super Hero In Training". Ou, simplesmente pela sigla das iniciais de cada palavra deste título, impublicável neste artigo. Ele passou por segmentos que envolviam atos de boa ação e heróicos, como ajudar uma idosa a atravessar a rua, por exemplo. Depois de um tempo, Rosey mudou completamente a sua attire, para a de um herói, da mesma forma que Hurricane, completando sua transição em julho de 2004.

Neste meio tempo, eles confrontaram juntos, equipes como Evolution, além de Chris Jericho e Christian. Em maio de 2005, durante o Backlash, eles conquistaram o World Tag Team Championship, defendendo-o até o Unforgiven daquele ano, perdendo para Lance Cade e Trevor Murdoch. Isso começou uma streak de derrotas da dupla, causada pelas lesões de Hurricane.


Em outubro de 2005, depois de receber um ataque de Kurt Angle, a mando de Vince McMahon, Hurricane tirou sua máscara e atacou Rosey, que estava indo para ajudá-lo. Tempos depois, Hurricane voltou como Gregory Helms, agora cansado de "ser divertido com a crowd e de carregar Rosey", enquanto observava Rosey ser derrotado por Lance Cade e Trevor Murdoch, em uma luta que deveria ser de duplas.

Pouco tempo depois, Jamal foi recontratado pela WWE, para reformar o 3-Minute Warning, lutando juntos em uma dark match de janeiro de 2006. Mas o retorno da dupla nunca aconteceu, pois Rosey foi dispensado pela WWE em março.

Ele poderia ter feito mais na WWE? - Durante toda a sua carreira, mesmo depois da WWE, Matt Anoa'i conquistou mais popularidade enquanto esteve na divisão de duplas. De fato, ele parece potencializar suas habilidades quando está ao lado de um companheiro competente. Entretanto, apesar de ser um wrestler aceitável no solo, não conseguia ser tão efetivo em skills que atiçavam a atenção do público, quando ficava sozinho.

Dessa forma, vamos às suas melhores características.

  • Dinastia samoana: Os Anoa'i já deram - e continuam dando - várias contribuições para a WWE. Rosey foi uma delas. Seu nome talvez tenha sido um fator importante, já que a empresa valoriza as famílias de wrestlers.
  • Química de duplas: Poucos lutadores são tão intrínsecos à divisão de duplas quanto Rosey. Ele é capaz de absorver bem a gimmick de vários de seus parceiros, bem como, se completar com eles, e ajudar a promovê-los.
  • Agilidade x Tamanho: Para alguém de seu físico, Rosey conseguia lutar com rapidez e dinâmica. Ele tinha um nível bem aceitável, e conseguia fazer com que as lutas não parecessem muito paradas e lentas.
Rosey teve a sua história, e ele deu a sua contribuição para o fortalecimento da divisão de duplas da WWE ao longo dos anos. Ele deveria ser bem lembrado por isso, e não apenas por ser o aliado de Hurricane. Esse é o maior reconhecimento que ele poderia obter.

Dessa forma, terminamos mais um Forgotten Superstars, meus caros! Não esqueçam de deixar suas impressões.

Um grande abraço!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Enviar um comentário

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

1 comentário(s):

Diego Meira disse...

Eu curtia ver os vídeos da dupla dele com o saudoso Eddie Fatu (Umaga), e creio q ele poderia ter mais futuro como tag team wrestler.