sábado, 21 de maio de 2016

Os 10 melhores combates do mês de Abril

Gostou deste artigo? Então clique nos botões ao lado para o curtir! Se assim o desejar, deixe-nos um comentário no fim que nós e os visitantes agradecemos!


Sejam bem-vindos de volta ao espaço mensal onde passamos em revista o que de melhor se fez no mundo do Wrestling em cada mês que passou, em colaboração com o Fórum de Pro Wrestling.

Ao longo de cada mês temos aberto um post no Fórum onde qualquer membro pode nomear e avaliar combates desse mês (ou de meses anteriores mas cujos vídeos apenas tenham saído mais tarde), através de uma escala de 0 a 10. No final do mês, é feita uma média de todas as pontuações obtidas, e chegamos assim a um Top 10 daqueles que foram considerados como os melhores combates do mês!

As avaliações estão abertas todo o mês, por isso podem já passar pelo nosso Fórum e deixar as vossas nomeações e avaliações para o mês de Maio, de forma a ajudar-nos a tornar esta lista ainda mais completa!

Sem mais demoras, vamos ao que interessa: a lista dos 10 melhores combates do mês de Abril, conforme votado pelos nossos membros. Junto ao vídeo de cada combate podem ler uma pequena review daquilo que faz que essa contenda seja merecedora de estar neste Top, escritas por alguns membros do nosso Fórum e também colaboradores aqui do Wrestling Notícias.

Sete destes combates são provenientes do fim-de-semana da WrestleMania 32, mas nenhum vem da WrestleMania propriamente dita. Temos representadas neste Top a WWE (através do NXT), Ring of Honor, New Japan Pro Wrestling, EVOLVE, World Wrestling Network e Combat Zone Wrestling. Vários lutadores farão mais do que uma aparição nesta lista, incluindo alguém presente em quatro dos dez combates.


10º lugar
8.58 pontos
NJPW Invasion Attack
10 de Abril de 2016
IWGP Heavyweight Championship
Kazuchika Okada (c) vs. Tetsuya Naito

Depois de um push falhado ao main-event, Tetsuya Naito acabou por reinventar-se nesta nova personagem de "Ingobernable" e é hoje um dos lutadores mais interessantes do mundo do Wrestling. Okada é o recém-coroado "Ás" da NJPW, depois de finalmente derrotar Hiroshi Tanahashi no main-event do Tokyo Dome, sendo este o seu primeiro grande desafio enquanto IWGP Heavyweight Champion. O combate foi aquilo que os grandes main-events da NJPW já nos habituaram, longo e cheio de drama e emoção, com uma parte final de grande qualidade. Pelo meio tivemos algumas interferências mas que acabaram por não prejudicar a contenda e até são compreensíveis para desenvolver a guerra entre Los Ingobernables de Japon e CHAOS.

Renato Simões

9º lugar
8.73 pontos
ROH Supercard of Honor X, Night 1
01 de Abril de 2016
ROH World Championship
Jay Lethal (c) vs. Lio Rush

Como o Ishii é RoH World TV Champion, a Ring of Honor optou por dar uma oportunidade ao Lio Rush pelo titulo do Lethal e fizeram muito bem, visto que o jovem venceu o Top Prospect Tournament e que o Lethal já venceu praticamente todo o plantel da RoH. Portanto isto era uma oportunidade para fazerem do Lio Rush alguém na Ring of Honor. Não falharam e o resultado final acaba por ser um dos combates mais interessantes do reinado do Jay Lethal. Um champ ultra confiante e arrogante a menosprezar um rookie que veio provar que não está a aqui para ser subvalorizado nem ser humilhado, mas sim competir pelo RoH World Championship.

André Ribeiro

8º lugar
8.95 pontos
WWN Mercury Rising
02 de Abril de 2016
Marty Scurll, Tommy End & Will Ospreay vs. Johnny Gargano, Kota Ibushi & TJ Perkins

O conceito por trás deste combate é simples: três lutadores que fizeram parte do primeiro show da EVOLVE e da que marcaram a história da empresa contra três dos maiores talentos em ascensão da cena europeia e que cada vez maior relevância estão a ganhar na cena Indy global. Ao contrário do que se calhar seria de esperar, este não foi um combate feito a 200 km/h desde o início, mas em que a acção foi evoluindo de intensidade até à parte final de cortar a respiração. O grande destaque do combate esteve nos momentos Will Ospreay vs. Kota Ibushi, que se não me engano nunca tinham estado frente-a-frente num ringue, mas os seis merecem mérito por este belo espectáculo. Mais do que contar uma grande história ou rivalidade, este foi um combate divertido e é isso que o Wrestling precisa de ser.

Renato Simões

7º lugar
9.03 pontos
CZW Best Of The Best 15
09 de Abril de 2016
David Starr vs. Jonathan Gresham

Não vi o show todo, mas o show daquilo que vi, pareceu-me um show fraquito/mediocre até que apareceu isto. Excelente Main Event e excelente final deste Best of the Best que elevou em muito a qualidade do show. Provavelmente não o combate que muitos de nós esperamos ver na CZW. Muito bom wrestling técnico, com um começo mais lento e com a intensidade a ir crescendo e praticamente tudo a fazer sentido. Gresham foi um excelente heel aqui, a provocar os fãs, ignorar e manipular o arbitro e até mesmo obriga-lo a contar o Starr, que foi um excelente babyface aqui, a vender muito bem a ofensiva do Gresham e ao mesmo tempo a mostrar imenso fogo. Seguramente dos melhores combates que vi da Combat Zone Wrestling e certamente o melhor combate que vi do Gresham e do Starr.

André Ribeiro

6º lugar
9.10 pontos
EVOLVE 58
01 de Abril de 2016
Will Ospreay vs. Zack Sabre Jr.

Que combate fantástico. Zack Sabre Jr. é um mestre da técnica, por isso, é normal que o combate andasse um bocado à volta disso. Eu não estava era à espera que Will Ospreay, por vezes, conseguisse equiparar-se a Sabre a nível técnico e em certos momentos conseguisse ficar por cima. Rapidamente Zack viu que o adversário não estava ali para brincadeiras e, por isso, começou a trazer as big guns, submissões do outro mundo que são mais instrumentos de tortura do que moves de wrestling. Ospreay, a ver que o seu plano de jogo não estava a resultar, decidiu começar a trazer o seu arsenal de aerial moves, onde ele é o melhor. Tivemos uma boa combinação de reversals, com Zack a conseguir sempre prender uma das suas submissões mas com Ospreay a achar formas inovadoras de sair destas e a atingir com manobras vertiginosas. Isto foi fantástico, ambos os lutadores de mostraram o porque do Wrestling britânico ser uma das melhores coisas hoje em dia.

Marco Paz

5º lugar
9.13 pontos
ROH Supercard of Honor X, Night 2
02 de Abril de 2016
No Holds Barred Match
Adam Cole vs. Kyle O'Reilly

Quando O'Reilly estava prestes a tornar-se ROH World Champion, a inveja de Adam Cole falou mais alto e isso impediu Kyle de chegar ao ponto mais alto da sua carreira. Isto levou a uma rivalidade, onde Adam Cole deixou bem claro que não iria permitir que O'Reilly fosse visto como o melhor homem dos antigo Future Shock. Vamos ser sinceros, todos os Adam Cole vs. O'Reilly são muito bons e este não foi excepção. Poucos são aqueles que conseguem passar a sensação de grudge match com tanto bad blood e violência como estes dois.

André Ribeiro

4º lugar
9.14 pontos
EVOLVE 59
02 de Abril de 2016
Ricochet vs. Will Ospreay

Isto foi um clash entre os dois dos três melhores highflyers do mundo. Isto foi um clash entre estes dois para ver quem era, simplesmente, o melhor highflyer. E a história foi essa, quem era o melhor? Bem, eu adoro os dois, sou mais fã do Ospreay por ser grande mark da cena britânica, mas o Ricochet também é excelente. Ambos deram um grande combate aqui, com momentos incríveis de atleticismo. Por vezes, o meu problema com este tipo de combates onde domina o “spotfest” é o no-sell completo a certos high impact moves. Mas pronto, é algo que tenho que me habituar neste tipo de combates. Tirando isso, muito bom. Excelentes trocas de moves, high paced spots, no inicio tiveram aquela troca de reversals de sacar aplausos do espectador e tudo.

Marco Paz

3º lugar
9.17 pontos



WWN Mercury Rising
02 de Abril de 2016
Chris Hero vs. Zack Sabre Jr.

Este combate é o culminar da feud que Hero e Sabre andam a ter à uns tempos. Hero e Sabre enfrentaram-se num grande combate aqui há uns tempos, que Hero ganhou, mas toda a gente ficou a falar de quão bom o Sabre é. Zack está a chegar ao topo do mundo do wrestling independente neste momento, por isso, Hero pode estar com alguns ciúmes disso. Este combate foi tudo aquilo que tinha de ser: Sabre a fazer as suas submissões, Hero a ser agressivo como costuma ser e a dar bom uso aos seus cotovelos. Zack massacra os braços de Hero como um louco, tanto para depois poder aplicar o seu Armbar como para enfraquecer os elbows de Hero. Uma das coisas que não gostei deste combate foi o pratico no-sell que Hero deu ao trabalho de Zack nos braços, pedia-se mais de um veterano como Chris. Uma outra coisa que desgostei foi o tempo a mais nisto, foi demasiado longo e a certa altura parecia que estavam a fazer spots só por fazer e não pelo bem da história. Mas fora isso, isto foi muito bom e ambos saíram como monstros disto!

Marco Paz

2º lugar
9.35 pontos
NJPW Invasion Attack
10 de Abril de 2016
IWGP Junior Heavyweight Championship
KUSHIDA (c) vs. Will Ospreay

Como notaram com este Top, mais do que mês da WrestleMania ou da WWE, Abril foi o mês de Will Ospreay. O Ospreay teve uma evolução absurda no último ano e meio e e agora cimentou-se como o melhor worker da actualidade dentro do estilo dele. Portanto havia "alguma" expectativa para a estreia dele aqui na New Japan Pro Wrestling. Correu tudo muito bem e esta é até à data o melhor combate do KUSHIDA enquanto campeão e às da divisão júnior. Para além de todo o atletismo destes dois perfomers, é ver o KUSHIDA a usar e abusar do braço do Ospreay para mais tarde ter mais hipóteses com o seu Kimura e o britânico a mostrar novamente porque é o #1 High Flyer da actualidade, a ter um selling bem giro e a ser bem recebido pelo público japonês.

André Ribeiro

1º lugar
9.77 pontos
NXT TakeOver: Dallas
01 de Abril de 2016
Sami Zayn vs. Shinsuke Nakamura

O público sabotou este combate, mas certamente que o foi numa maneira altamente positiva! Na contenda que marcava o final da passagem de Zayn pelo NXT e, ao mesmo tempo, a estreia de Nakamura na WWE, os dois trataram de dar um dos combates que estará certamente na discussão pelo prémio de Match of the Year. Já vi este combate inúmeras vezes e continuo a ficar arrepiado com a reação do pessoal em Dallas, com a química brilhante entre os dois wrestlers e, principalmente, com o facto de não terem ficado abaixo das nossas expetativas. Estreia brilhante de um wrestler que tem um carisma inigualável e que se pode tornar numa enorme mais-valia apesar da sua idade. Quanto a Zayn, fica na história como um dos melhores de sempre no NXT com um percurso também ele sem igual!

Chó

Concordam na generalidade com este Top? Foi também Zayn vs. Nakamura o vosso combate favorito do mês passado?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Enviar um comentário

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

27 comentário(s):

Anónimo disse...

Cadê a Lucha?

Tem ROH? lol!

Anónimo disse...

Pqp, esse Ospreay é mito!!

Renato Simões disse...

O melhor combate do Lucha Underground este mês ficou em 11º, o Four Way pelo Trios Championship, curiosamente empate com o melhor combate da WrestleMania, pelo Divas Championship.

Marco Paz disse...

Este mês foi verdadeiramente memoravel. Tivemos grandes combates no fim de semana da Wrestlemanaia e foi talvez dos meses com maior qualidade em geral. Dificilmente haverá outro mês nos proximos anos que consiga superiorizar-se ou até igualar este.

André Ribeiro disse...

Abril foi muito simpático para os amantes de wrestling e foi até agora o melhor mês deste ano. Sendo que ficaram de fora combates como Charlotte vs. Sasha vs. Becky, o Four Way pelos Trios, Dragon Azteca Jr., Prince Puma & Rey Mysterio Jr. vs. Cage, Johnny Mundo & Taya, AJ Styles vs. Cesaro vs. Owens vs. Jericho que em meses mais normais estariam seguramente aqui. Provavelmente só voltaremos a ter meses assim - quando tivermos a loucura do G1 Climax.

Destaque para o Ospreay, que cada vez mais mostra ser o jovem lutador mais promissor da actualidade. O inglês conseguiu quebrar o record de Fénix, Omega e Mike Bailey - que tinham conseguido colocar 3 combates num único top mensal. O Aerial Assassin conseguiu 4 colocar neste mês com Zack Sabre Jr, KUSHIDA, Ricochet ( aka Prince Puma) e o 3 vs. 3 no Mercury Rising. Ospreay é também o lutador conseguiu apresentar mais combates quando somados todos os tops.

Acho que ninguém ficou surpreendido por ver Nakamura vs. Zayn no topo da lista.

- disse...

este top é...difícil de concordar.


então e a lucha???

Anónimo disse...

Se o top incluisse apenas shows televisos semanais, a Lucha Underground tinha 10 combates todos os meses e dominarian do mesmo modo que dominou em Março, onde deram grandes combates. Em Abril também os deram, mas não foram tão bons e num mês em que devido à WrestleMania há muitos shows acaba por se perceber.Esperava ver Undertaker vs. Shane Mcmahon e o combate feminino na WrestleMania. Há combates que surpreenderam, mas Cole vs. Kyle n foi assim tao bom, podia estar mais abaixo.

Anónimo disse...

ainda assim custa a acreditar nesta compilação onde estranhamente a lucha ficou fora...também eu não concordo com esta decisão.

nWoMember disse...

Antes de perguntarem por Lucha vejam os combates do top 10 e vão perceber porque não houve Lucha neste mês.
Houve muita qualidade e quantidade no mês de Abril.

Anónimo disse...

Só porque teve o Dean Malenko Britânico na lista.

Se nós Estivéssemos em 1999, o Top Ten teria cinco lutas do Dean Malenko no Monday Nitro, Thunder, Saturday Night ou PPV; três lutas do TAKA Michinoku no RAW, Heat, Shotgun, Metal, Smackdown ou PPV; algum combate cinco estrelas japonês e outra de uma empresa de garagem no sul dos Estados Unidos.

FaBiNhO disse...

Até determinado ponto posso compreender a vossa frustração com a Lucha... mas preferem ignorar o texto ou os comentários que justificam tal!

Senão concordam com o top e querem que em Maio apareça mais combates da Lucha, é muito simples de o fazerem:

"As avaliações estão abertas todo o mês, por isso podem já passar pelo nosso Fórum e deixar as vossas nomeações e avaliações para o mês de Maio, de forma a ajudar-nos a tornar esta lista ainda mais completa!"

Registem-se no Forum de Pro Wrestling e deixem lá os combates da Lucha que foram bons no mês de Maio e se espalharem mais a palavra com os vossos colegas pode ser que no mês de Maio apareça mais!

É preciso é que façam e que quando apareça aqui, seja um motivo de orgulho e de reclamação ao mesmo tempo... ao menos apareceu e foi por vossa causa! Está compreendido ou nem por isso? :)

Manuel Victor Victor disse...

Assistir Will Ospreay vs. Zack Sabre Jr. E Ricochet vs Ospreay e não vi nada demais nesses combates sou mais os combates PWG do que o das evolve.
Tbm não vi nada demais nos da ROH e NXT é a queridinha da IWC mais não vejo nada demais .

Anónimo disse...

este Manel, sempre armado em esperto quando é o Octavio Machado da TNA lulz! Tudo o que a mamã Dixie faz ou diz é bom, os outros não valem nada. Velvet Sky sai: "não faz falta"! Entra Caleb Konley ( que nunca passou de um midcard banal em nenhum lado " Ganda TNA, estes jornalistas da treta é que dizem que não há dinheiro para trazer grandes talentos".

NXT tem 1 combate na lista, sendo o 2º em 4º edições " NXT é a queridinha da IWC".

Pá, se é para ser haters que tenham pelo menos alguma classe e não pareçam gajos alguns problemas mentais a tentar ter um espetaculo de nonsense

Anónimo disse...

"Tbm não vi nada demais nos da ROH e NXT é a queridinha da IWC mais não vejo nada demais ."
Só faltou esse demente vir acrescentar de seguida " este Ricochet não vale nada, quem é ele ao pé de Fenix ou Prince Puma".

Coitado do moço, logo de seguida, ensinaram-lhe a contar e mostraram-lhe que 2 não é um número grande. Pode ir usando os dedos, no inicio ajuda.

Não percebo como alguém não vê nada demais em Zayn vs. Nakamura. Deve ter pirado.

Renato Simões disse...

O funcionamento deste espaço esteve desde o primeiro dia perfeitamente explícito na parte inicial dos posts. Se no quaryo mês em que publico este top aqui isso ainda surge como "novidade" para vocês, também me parece que a credibilidade de certos comentários esteja perto de zero.

Manuel Victor Victor disse...

Anónimo primeiro se vc nunca assistiu nenhum combate de caleb Konley posso fazer nada o cara é bom.
A velvet Sky em ring skill é fraca sempre foi e não estava a ser muito usada e deve ter um salário alto então acho que a saída dela é válida a TNA tem Rosemary, Allie e Sienna é melhor que ela em ring e mais barata.
Sobre jornalistas ele não sabem nada da TNA até pq meltzer falou que a TNA pegou só 4 dias na impact zone aí sai dps a notícia que Dixie viajou para índia para acertar a turnê vou acreditar no jornalistas que erra tudo da TNA acho que não .
O NXT é overrated sim seus programas semanais são fracos e ridículos .
Sobre os combates dei minha opinião não achei nada demais sinceramente falando mais é isso sou igual a TNA vou na contra mão da iwc e quem é assim é ruim.

Manuel Victor Victor disse...

Anónimo sabe qual é o mal mesmo quando Eric young , Bobby Roode ,Austin Áries, Samoa Joe e Aj Styles foi para wwe são grandes contratações agora quando Drew Galloway, EC3 e Bram foi para TNA são refugos wwe viu a ironia.
Sobre a Dixie ela errou muito mais pelo menos ela tem o amor a empresa e nunca deixou morrer como muitos jornalistas espalha por aí e esse ano ela está acertado em tudo .
A wwe colocou suas ações a venda e dispensou vários nomes ela está mal financeiramente ? Não so está a corta gastos e abrir espaço no seu roster , mais se fosse na TNA a notícia seria diferente como sempre.

- disse...

"Temos representadas neste Top a WWE (através do NXT), Ring of Honor, *********Lucha Underground***********, New Japan Pro Wrestling, EVOLVE, World Wrestling Network e Combat Zone Wrestling. "


Lucha Underground?


ONDE?

Renato Simões disse...

Erro meu, obrigado pela correção. Acontece que a versão que publiquei no Fórum tinha mais combates do que estes 10 e esqueci-me de alterar essa parte do texto.

Anónimo disse...

"Não percebo como alguém não vê nada demais em Zayn vs. Nakamura. Deve ter pirado."

Não vejo nada demais em Zayn mesmo.

Não se parece com uma estrela.

Nenhum carisma em longa escala.

Nenhuma personalidade.

Nenhum personagem. Parece mais uma taxista.

Nome de Jobber.

Físico de Jobber. Aqueles dois caras que apanharam do Primo e Epico são mais intimidantes fisicamente.

Não tem nenhum "Cool Factor". Nada de "hip" e "edgy" também.

Superestimado na IWC como Talker.

Ele olha legitimamente como vocês: https://www.youtube.com/watch?v=ty0gXSVwIPE . Qualquer um pode ser Pro Wrestler hoje.

Típica aparência de "goody two shoes" que detesto no Pro Wrestling. Extremamente apatetado.

Sami Zayn, nos melhores tempos da WWE, seria um saco de pancadas/Jobber para Heels como Andre The Giant/Iron Sheik em uma luta de cinco minutos no Saturday Night Main Event nos anos oitenta e para Vader/Kane/Big Show em uma edição do Heat nos anos noventa.

Só saber fazer flips and kicks. Basicamente o que as empresas independentes produzem em sua grande maioria de Pro Wrestlers. Tem um monte de Sami Zayn nas Indies. Até demais.

Apela aos hipsters, emos, smarks estereotipados, a menor fanbase de Pro Wrestling desde 1995 nos Estados Unidos.

E depois você quer que vejo alguém demais nele? Pirado é você por aqui.






Anónimo disse...

^o que ele disse...hell yeah!

Anónimo disse...

Também acho os shows do NXT um pouco sobrevalorizados - mas os Takeover costumam ser normalmente excelentes e Nakamura vs. Zayn foi epico e com uma atmosfera brilhante.

Sami Zayn é muito mais que isso que flips e kicks, lel - tomara que muitos wrestlers indys ou fora das indys conseguissem adicionar drama e emoção a um combate do mesmo modo que ele o faz através do seu selling e da sua excelente linguagem corporal e expressões faciais. Nem todos conseguem contar histórias épicas como o Cesaro vs. Zayn no primeiro Takeover, o último Joe vs. Zayn, o combate do R Evolution com o Neville, o Last Man Standing com o Steen e este Dream Match com o Nakamura

Enfim, alguém que acompanha a carreira de um wrestler através de podcasts e não através daquilo que realmente faz não deve ser levado a sério.
Querer achar que o wrestling resultaria hoje em dia se fosse abordado da mesma forma que o era na Golden Era é de loucos. Nada contra a Golden Era, que foi perfeita para o tempo que dela - do mesmo modo que a Atitude Era foi para o final dos noventa, mas aquilo que resulta ontem não significa que resulte hoje. As coisas mudam.

Manuel Victor Victor disse...

Qual wrestling a wwe apresenta de bom no seu Main roster está recorrendo a vários indys guys pq está jogando seus bons wrestlers fora como Cody Rhodes e outros.
Cara vou te da um exemplo o final do último impact foi ótimo mais por ser na TNA foi ruim se fosse na wwe ou nxt meu deus do seu ia ser 10/10 .
O que adianta Nakamura vs zayn pelo nxt no Main roster sabemos o tratamento que els vai ter , então os fãns da WWE vive de ilusões como muitos lutadores que está lá .
Leia o que Cody Rhodes falou sobre sua estadia na wwe no Twitter, dps me diga o que adianta nxt só serve para HHH parece um bonzinho para iwc.

Anónimo disse...

Manel, o artigo é sobre os melhores combates - não sobre o modo como a companhia os irá tratar no futuro, posturas de companhias e mil assuntos que trouxeste para a caixa de comentários. É normal que se fale do combate em si,quando este é o sitio para tal.

Ganha juízo e descarrega essa frustração nos artigos ou noticias devidos que abordem esses temas para não fazeres offtopic.Aproveita e começa a alguma

Anónimo disse...

O sujeito só conseguiu defender Sami Zayn como In Ring Worker. Eu fiz críticas gerais. Eu critiquei o "Pacote Total", como carisma, personagem, personalidade, talker e fanbase.

Anónimo disse...

É suposto um dude que só nem há um ano está no Raw ter uma legião de fãs? LOL, para a noção mais uma vez. De qualquer das maneiras, por onde passou, Sami Zayn/El Generico é um gajo que já viajou por todo o mundo e têm já vários fãs bem leais, cujo número aumentou após a sua run lendária no NXT. Claro que não é significativo, mas para alguém que está no main roster a tão pouco tempo é dificil conseguir chegar a um grande número de pessoas ( visto que mais nenhum show tem a exposição de um Raw).

Zayn têm carisma mais que suficiente. Carisma não é ter um look de uma estrela de rock ou parecer algo de outro mundo. É conseguir ter a capacidade de colocar as pessoas por detrás de ti - quer seja a odiar-te ou a amar-te. E olhando para o pessoal que entrou recentemente para o Raw, o pessoal têm mostrado-se interessado pelo Zayn - visto que ele é extremamente competente no role de babyface underdog.
Talker é preciso acompanhar as promos dele como Generico para rapidamente perceber que é um gajo com um sentido de humor apuradissimo. Se acompanhasses a feud Steen - Generico, repararias também que é alguém esperto o suficiente para saber que é preciso ir promando ou actuando de maneira diferente conforme a feud vai evoluindo e certos acontecimentos vão acontecendo. Se vires também a feud com o Neville no NXT - apercebeste que ele não faz tipica promo de net - mas que as promos vão contando uma historia e tendo uma progressão natural.

Look, até de dou razão - é um gajo que está em forma para aquilo que faz, mas têm um look banal e que à primeira vista não se destaca.

Há vários gajos indy que se inserem nesse grupo de gajos com as características que disseste - mas Zayn não é um dele. E o teu comentário não foi uma critica ao Sami enquanto perfomer, mas sim um conjunto de bocas - todas elas sem qualquer fundamento.

Diego Meira disse...

A todos os "fãs" da Lucha Underground q vieram até aqui e reclamaram, o representante da LU no top é o Ricochet (Prince Puma).