domingo, 3 de abril de 2016

Forgotten Superstars #49 | O Bruto do Leste Europeu

Gostou deste artigo? Então clique nos botões ao lado para o curtir! Se assim o desejar, deixe-nos um comentário no fim que nós e os visitantes agradecemos!


Saudações a todos os leitores do Wrestling Notícias! Estamos aqui para mais um Forgotten Superstars. Eu estava devendo este artigo a vocês, mas finalmente ele veio. Ele fala sobre um wrestler formado na WWE, porém com background em várias outras atividades.

O fato é que, durante algum tempo, este ucraniano que fazia vezes de russo, esteve na WWE, e conseguiu contar algumas histórias. Hoje, ele não está mais presente, porém deixou sua marca, e certa lembrança nos fãs da empresa.

Dessa forma, vamos aos fatos!

Quem é? - Oleg Aleksandrovich Prudius, nascido em Kiev, na Ucrânia, na época em que esta fazia parte da União Soviética. Mais conhecido como Vladimir Kozlov, no WWE Universe. Ele tem um background em Sambo e Kick-boxing, sendo inclusive campeão pelas duas modalidades em campeonatos realizados nos Estados Unidos. Além disso, ele possui também uma participação pelo time de futebol americano da Ucrânia.

O que ele fez na WWE? - Com seus triunfos esportivos, Prudius atraiu a atenção da WWE, que assinou um contrato de desenvolvimento com o ucraniano. Em janeiro de 2006, ele assinou o contrato para ir para a Deep South Wrestling, e em abril, fazia sua primeira luta, ainda sob o seu nome real, contra Bobby Walker. Sua primeira participação em um house show da WWE foi em maio, uma vitória sobre Rob Conway.

Ele apareceu na programação da WWE, ainda desconhecido e fora dos ringues do roster principal, em dezembro de 2006, começando a desenhar um heat, e fazendo uma aura de superioridade, sobre sua personagem, nomeada com o que viria a ser o seu nome in-ring, Vladimir Kozlov.

Até abril de 2008, ele lutou no território de desenvolvimento da Deep South Wrestling, e posteriormente, da OVW, e em várias dark matches da WWE. Durante esse tempo, chegou a ganhar o OVW Heavyweight Championship, mas apenas por uma noite, entregando o título para Michael Kruel.

Em abril de 2008, Vladimir Kozlov fez a sua estreia oficial no roster principal da WWE, pelo SmackDown, sendo anunciado como um wrestler vindo de Moscou, Rússia. 


Depois dessa vitória sobre Leroy Kincaid, Kozlov manteve vitórias sobre vários nomes, de maneira facil. Primeiramente, contra wrestlers locais, e depois, contra talentos como Funaki, Nunzio, Jimmy Wang Wang, Shannon Moore e vários outros. Com a facilidade que tinha em vencer seus oponentes, não demorou muito para ele figurar pela disputa do WWE Championship, depois de ataques ao campeão Triple H e um dos desafiantes, Jeff Hardy. Kozlov teve uma chance de lutar pelo título, depois de vencer Undertaker via DQ, ao ser atacado por Jeff Hardy.

Eventualmente, Hardy saiu da disputa, por causa de uma lesão, em storyline, e Edge entrou no lugar para disputar o título na Survivor Series e vencer Kozlov e Triple H, executando pin sobre este último.

Kozlov também perseguiu o campeão da ECW, Matt Hardy, por seu título posteriormente. Mas não teve sucesso em batê-lo no Beat The Clock Challenge, para conseguir uma disputa ao título, apesar de posteriormente, ter vencido Matt no PPV Armageddon.

Ele sofreu o primeiro pin no Elimination Chamber de 2009, depois de um Last Ride de Undertaker. E por fim, o primeiro pin em uma luta simples em um Raw, em março de 2009, contra Shawn Michaels.

Em abril de 2009, então, Vladimir juntou-se à ECW, via draft suplementar. Não muito tempo depois, ele começou a Ruthless Roundtable, ao lado de William Regal e Ezekiel Jackson, depois que este último se voltou contra Christian. Entretanto, isso não durou muito, pois Regal e Jackson se voltaram contra Kozlov.


Depois do fim da ECW, Vladimir começou a aparecer no Raw, em março de 2010, sendo inserido em lutas simpes ou de duplas no mid card. Ele reverteu-se em heel depois de uma gauntlet match contra John Cena, com a presença de Vince McMahon, Jack Swagger, Drew McIntyre e  Mark Henry ao seu lado. Entretanto, pouco tempo depois, a partir de maio de 2010, Santino Marella começou a fazer propostas para que ele e Kozlov se tornassem uma dupla. Nem sempre isso acabava bem para Santino, que, em um episódio de Superstars, acabou sendo destruído por Vladimir.

Entretanto, aos poucos, a aliança começava a se desenhar. Ele começava a ajudar Santino Marella, nas lutas contra Regal, e em julho de 2010, os dois fizeram sua primeira luta juntos, com uma vitória sobre William Regal e The Great Khali.

Por um bom tempo, os dois foram invencíveis na divisão de duplas, até a Night of Champions de 2010, quando conseguiram uma chance para o título da divisão, quando perderam uma Tag Team Turmoil Match para Cody Rhodes e Drew McIntyre. Não demoraram muito, e no Raw seguinte, eles conseguiram ser os desafiantes principais, ao vencerem os Usos. No Survivor Series de 2010, perderam para Justin Gabriel e Heath Slater, porém em dezembro, durante um Raw, houve uma Four-Way Elimination Tag Team Match, na qual, se sagraram os novos campeões de duplas.


Eles defenderam os títulos contra algumas duplas, como a New Nexus de Michael McGillicutty (Curtis Axel) & David Otunga, assim como os Usos e também Chavo Guerrero e Drew McIntyre. A perda dos títulos se deu contra Slater e Gabriel, na Elimination Chamber de 2011.

Na NXT de 2011, ele foi mentor de Conor O'Brian, a partir de março. Isso se deu até o fim de junho, quando O1Brian foi eliminado, o que fez com que Kozlov se concentrasse em sua rivalidade pessoal com JTG, superando-o por três vezes. Sua última luta na WWE foi uma derrota para Mark Henry em um SmackDown de agosto de 2011. Depois disso, o lutador foi liberado pela WWE.

Ele poderia ter feito mais na WWE? - As características de Kozlov fez com que todos pensassem que a WWE tinha planos maiores para ele. Não posso dizer que ele poderia ser um campeão de maior quilate dentro da empresa. Principalmente, quando havia já uma quantidade considerável de brutos e monstros para isso. Talvez um título minoritário lhe fizesse mais justiça, juntamente com o de duplas.

De qualquer forma, vamos analisar o que há de melhor neste wrestler:

  • Esportista: Kozlov teve um longo background em lutas marciais e futebol americano. A WWE se interessa nesse tipo de perfil. Brock Lesnar e Roman Reigns são claros exemplos disso.
  • Química de equipes: Vladimir conseguia se adaptar bem a um grupo, seja lá o que ele exigisse. Seja a violência e a fúria da Ruthless Roundtable, ou o leve tom satírico de "KozTino", Kozlov conseguia manter o seu papel dentro de uma dupla ou de uma stable.
  • Oponente intimidador: A expressão séria de Kozlov e suas atitudes in ring, faziam com que ele pudesse ser um heel decente, mesmo sem falar muita coisa. Visto que a mic skill dele não era tão desenvolvida, ele precisava de um "look" imponente para dar certo. E isso, ele tinha.
Kozlov teve apenas um título na WWE, mas alguns momentos bastante notáveis, principalmente no início e no fim de sua passagem. Talvez ele pudesse ter feito mais, se a WWE conseguisse pensar em algo mais efetivo para ele. Porém, sempre podemos ver o que Kozlov pode fazer, agora que está no circuito independente japonês.

Termino dessa forma, mais um Forgotten Superstars, meus caros! Fiquem atentos, pois no Facebook, mais uma votação irá retornar ao ar. Continuem como sempre, comentando e dando sugestões para este quadro.

Um grande abraço!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Enviar um comentário

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

4 comentário(s):

Diego Meira disse...

Particularmente eu gosto do trabalho do Kozlov, especialmente enquanto heel. Devo dizer q se a WWE tivesse um pouco mais de empenho com ele, talvez até pudesse tê-lo como campeão mundial.

sandro castanho disse...

grande jornada numa altura de smack com jeff hardy triple hhh e .....
e depois teve uma exlecente carreira ate ficou bem como face .....
.
.
.

sandro castanho disse...

excelente eu gostava do vladimir a ver se te vinhas grande som de entrada e podia ser campeao mais alto tipo campeao mundial
.......
.

Tiago Batista disse...

Ninguém se lembra de ele ter vencido LIMPO o Undertaker?
Salvo erro, bloqueou o Old School e fez o pin.