sexta-feira, 25 de março de 2016

Overrated ou Underrated? #9 | Drew Galloway

Gostou deste artigo? Então clique nos botões ao lado para o curtir! Se assim o desejar, deixe-nos um comentário no fim que nós e os visitantes agradecemos!

Sejam mais uma vez, bem-vindos a uma nova edição do Overrated ou Underrated. Na última semana, pela primeira vez demos aos leitores a possibilidade de escolher o lutador ou lutadora em analise. Sasha Banks acabou por ser a lutadora seleccionado. Estamos a pensar em dar-vos mais vezes a possibilidade de eleger o lutador em analise, mas esta semana optamos por sermos novamente nós a decidir quem estaria no Overrated ou Underrated.  E caso tenham reparado, um dos critérios usados é o impacto que os wrestler em questão têm causado ultimamente. Neste caso, garantimos que é alguém que nos últimos dois anos têm feito tanto, que torna-se difícil não reparar no seu impacto...


Como já sabem, ambos fazemos parte do Forum de Pro Wrestling, que é um espaço humilde já com sete anos de existência, sendo que actualmente é o melhor ( e único) forum nacional dedicado ao wrestling. Nas próximas linhas podem ver uma pequena explicação do conceito deste espaço, destinado a quem nunca leu um Overrated ou Underrated ou simplesmente está esquecido da essência do mesmo. 

Underrated - Alguém que é subvalorizado ou não têm o devido reconhecimento seja aos olhos da industria do wrestling ou até dos fãs. 

Overrated - Precisamente o contrário do ponto anterior. Alguém que é sobrevalorizado e que a industria do wrestling ou fãs dão demasiado crédito por aquilo que faz. 

No Ponto - Nem toda a gente ocupa um lugar acima ou abaixo daquilo que realmente merece. Existem lutadores que ocupam o lugar que ocupam na industria porque é exactamente nesse sitio que merecem estar e têm também exactamente o reconhecimento que merecem da parte dos fãs. 

Por fim, gostaríamos sempre de saber a vossa opinião, quer concordem ou discordem da nossa avaliação sobre o wrestler em questão. Tentem também coloca-lo numa destas três categorias e caso se sintam à vontade podem sempre dar sugestões sobre wrestlers que gostariam de ver neste espaço.


Esta semana teremos pela primeira vez um lutador europeu em analise. Drew Galloway, um homem que ao ser despedido da World Wrestling Entertainment, aproveitou para revitalizar a sua carreira e provar realmente o seu valor.

Moore (Underrated) - “Então mas o tipo é campeão na federação com maior relevo onde está”... sim, é. E na EVOLVE também é key player e na ICW... e na PWG também faz falta. Mas vou-me só focar na TNA, até porque não vejo o Galloway como um indy wrestler por defeito.

Pois bem, acho que o Galloway devia ter sido campeão na TNA em 2014. Assim que saiu da WWE. Sim, quando ainda não estava lá. E a razão é óbvia: o “McIntyre” foi a oportunidade falhada da WWE este século. O tipo era, reutilizando a expresssão, “por defeito” um futuro main eventer com uma presença brutal, ringwork de qualidade, um look cinco estrelas e, não sendo o melhor dos promo guys, não era mau e o facto de ser escocês dava um certo carisma por si só. Era uma no-miss. Mas de alguma forma a WWE conseguiu falhar. Era tão simples a TNA contratá-lo logo e fazer dele um campeão de protesto só para esticar o dedo na cara da WWE. São um pouco estas coisas que vão faltando à TNA.

Dantes a TNA era a alternativa óbvia porque tinham um produto um pouco diferente e porque aproveitavam as falhas da companhia no topo para se destacar (push no Christian, destaque aos cruiserweights, push ao Samoa Joe que era um tipo sem “o look”, até uma shoot do Ron Killings - R-Truth - com o Ricky Steamboat a criticar o booking do Steamboat há 15 anos na WWF...). Agora estão a ser ultrapassados por isso mesmo (e por mais) e quando podiam ter feito do Galloway um campeão há dois anos, que era o que muita gente gostava de ter visto na WWE, ou pelo menos algo melhor que um grupo de três jobbers do rock, não o fizeram e adiaram dois anos. Dois anos, sendo que num deles realmente pareciam querer fazer algo do Galloway com aquela hashtag e tal. Hum?

Um push não se dá só com hashtags de revolta. Se isso se seguisse com um título era perfeito. Mas pronto, agora não é tarde, de todo. O Galloway tem 30 anos e vai continuar no topo da TNA, mas não duvido que uma title win do scot há dois anos teria bem mais impacto. E se há alguém que tem o que é preciso para, COM A AJUDA DE UM BOOKING EM CONDIÇÕES (oremos), carregar a TNA, é o Galloway.

*************************************************************************

André Ribeiro (No Ponto) - Há dois anos a minha resposta seria completamente diferente. Eu não tenho nada contra jobber e acho que é uma posição tão digna como qualquer outra - mas é um desperdício colocar um homem que é obviamente um Main Eventer nessa posição. Até porque não se encontram Main Eventers ao virar de cada esquina. Especialmente Main Eventers, que são o pacote completo - look, promo e ringwork. Mas por alguma razão, a WWE não percebeu isso, e desperdiçou todo o potencial de Galloway até que finalmente despediu o escocês.

Mas desde que Galloway saiu, têm sido muito bem aproveitado em todo o lado. E como se isso não bastasse aquilo que ele têm feito coisas diferentes em diferentes companhias. Na ICW, têm feito um trabalho estupendo como heel e é uma das razões pelo qual o Fear & Loathing VIII tornou-se um dos melhores sucessos de bilheteira na história do wrestling britânico, apesar de não ser regular na Pro Wrestling Guerrilla sempre que o escocês esteve em Reseda conseguiu oferecer grandes combates, e na Total Nonstop Action tem sido um dos principais babyfaces da companhia, alguém que costuma estar por detrás de alguns dos melhores combates na TNA e é juntamente com Ethan Carter III o melhor talker da companhia, e fico muito feliz por finalmente ter-se sagrado . Mas acho que o melhor trabalho dele têm sido na EVOLVE, onde basicamente ele é alguém com um tremendo sentido de competição - especialmente quando foi EVOLVE Champion. Podem ver um resumo do seu ano na EVOLVE aqui.

Portanto, acho que já passaram os tempos em que Drew Galloway possa ser considerado alguém underrated. Conquistou titulos atrás de titulos, sendo que actualmente é EVOLVE Tag Team Champion e TNA World Heavyweight Champion, e como se isso não bastasse têm sido também requisitado para vários bookings em companhias independentes - o que faz com que este campeão tenha uma agenda muito preenchida. É uma boa altura para ser fã de Galloway e esperemos que seja algo que dure por muito tempo.

*************************************************************************


Por esta semana é tudo. Agora está na hora de saber agora a vossa opinião - será que o actual TNA World Heavyweight Champion é um lutador Overrated ou Underrated?



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Enviar um comentário

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

10 comentário(s):

Anónimo disse...

Extremamente underrated, tudo bem ele estar numa boa fase, ser champ, e tudo mais, mas o rapaz foi um dos talentos que a WWE desperdiçou, ele deveria estar no topo, ele merecia estar no topo e mesmo assim, virou apenas um jobber, agora vemos o potencial do Galloway, que anda inclusive promando melhor, promando bem tirando alguns maneirismos com o tom de voz, este é definitivamente, um underrated

Manuel Victor Victor disse...

Moore ele estreou na TNA em Janeiro de 2015 e demorou 1 ano do para ganhar o título não 2 anos como vc fala.
Underrated no período da WWE é no ponto no período TNA , acho que se ele ganha logo o título na sua estreia ia criticar na certa então foi bom a TNA deixa ele ficar over para aí sim ganhar o título é tenho certeza que vai ser um grande reinado.

André Ribeiro disse...

Manuel, o Moore não disse que ele demorou 2 anos para conquistar o titulo.
Repara:
"Pois bem, acho que o Galloway devia ter sido campeão na TNA em 2014. Assim que saiu da WWE. Sim, quando ainda não estava lá."

Ou seja, na opinião dele - a TNA deveria ter de imediato recrutado o Galloway assim que ele saiu da WWE e feito dele champ.

Ricken The Experience disse...

No ponto
Resumidamente sem muitos textos explicativos, na WWE você percebia que ele não tinha tanta liberdade ( todos sabem como tudo é controlado na companhia por medo de uma mídia ruim ) na TNA ele parece mais a vontade com a sua gimnick e no ringue nem se fala como não possuo tempo para acompanhar tanto outras companhias a minha visão sobre o Galloway é essa baseada nesses dois momentos diferentes de sua carreira

Manuel Victor Victor disse...

Mais se eu não to enganado quando alguém sai da wwe para as maiores empresas tipo Tna e ROH tem um período de 90 dias onde eles não podem entra em outra empresa.

André Ribeiro disse...

Hum...Bem observado, tinha-me esquecido disso e suponho que o meu colega também. Acredito que isso ainda esteja em vigor em alguns casos, embora gajos como o Sydal tenham regressado à RoH em menos de noventa dias depois de ser despedido e mesmo agora estes dudes que foram despedidos do NXT e que vão estrear-se na TNA.

Provavelmente até foi esse o caso com o Galloway. Mas caso não seja esse o motivo, embora ache interessante a ideia do meu colega, a verdade é que o Galloway quando saiu da WWE não tinha muito momentum, portanto a TNA até fez bem em esperar e deixar que o escocês se revitalizasse um pouco antes de o segurar. Uma das rivalidades que fez muito por ele foi a feud com o Strong. Fica aqui um chocolate, o primeiro combate entre eles na EVOLVE:

https://www.youtube.com/watch?v=s9nAnhWYYgY



Manuel Victor Victor disse...

Certo vou assistir , acredito que se um ex WWE chega a TNA e ganhar o título sem mostra muito o público não vai gostar e pode fazer a audiência cair ainda mais.
Então acho que a TNA fez o certo o caso do Galloway é diferente pq ele pediu para ser demitido por isso essa cláusula igual a John Morrison quando saiu .

GiøøØ! Pʀᴏ-Wʀᴇsᴛʟɴɢ Exᴛᴛʀᴇᴍᴇ disse...

Gosto muito desse artigo, sempre muito bem feito, acredito que poderiam fazer um do EC3 que também era Jobber na WWE e foi para TNA e virou oque virou.

Prankster disse...

Ele que deveria ter sido resgatado como Paul Heyman Guy para feudar com o CM Punk em 2013, ao invés de Curtis Axel.

Yahtzee disse...

Não estando completamente a par do "momento actual" do Galloway, mas pelo que li já vi que é infinitamente melhor do que na WWE, o que penso é que efetivamente nessa companhia ele era extremamente Underrated e muito mal aproveitado, como foi dito no texto, nao há Main Eventers ao virar da esquina e é preciso saber aproveitar os que se encontram, a WWE não fez isso mas o actual momento dele prova o erro da companhia e o talento que deixou escapar. Bom trabalho ;)