terça-feira, 8 de março de 2011

MDS Show (58)

Gostou deste artigo? Então clique nos botões ao lado para o curtir! Se assim o desejar, deixe-nos um comentário no fim que nós e os visitantes agradecemos!

Saudações. Bem-vindos ao MDS Show, minha rúbrica semanal no Wrestling Notícias!



Este é um espaço que consiste em saciar as necessidades de informações acerca do wrestling pelos leitores que, por motivo ou outro, não puderam visionar os shows semanais. Aqui, tem, portanto, a oportunidade de fazê-lo de forma distinta, descobrindo o que de mais fulcral passou-se nos últimos sete dias, perdendo pouco mais do que cinco minutos......

Na última quarta-feira, se estreou no Brasil o Monday Night Raw, transmitido pela estação de televisão Esporte Interativo. O episódio transmitido veio a ser o do dia 21 de fevereiro, com os destaques de ser o primeiro show após o Elimination Chamber e o revelar da teaser que vinha sendo colocada há várias semanas. A duração foi de cerca de quarenta e cinco minutos e portanto, alguns segmentos e combates foram editados do habitual.

Para veres, basta acederes os vídeos abaixo:
01: http://www.youtube.com/watch?v=ynE-J6jQ8KI
02: http://www.youtube.com/watch?v=D5382Ab1BNM
03: http://www.youtube.com/watch?v=6xCrhh0Tth8
04: http://www.youtube.com/watch?v=14SIlu6UbMg
05: http://www.youtube.com/watch?v=qtGXkkOijIA
06: http://www.youtube.com/watch?v=njXXdnroQRg

Em minha opinião, foi um programa bom, que tirou partes supérfluas do conteúdo primeiramente lançado, mantendo o que realmente era fulcral. Os narradores foram boas escolhas, na medida que realmente via-se que percebiam daquilo que falavam. Em suma, acho que é um grande ganho para a WWE e para o Brasil, que agora tem novamente um programa de maior expressão na televisão.

Caso mores no Brasil e queiras ver o programa em direto, podes tentar pela televisão (no link seguinte tens os locais e modos de sintonia do Esporte Interativo na tua região: http://esporteinterativo.terra.com.br/como-assistir/) ou então pela stream oferecida diretamente pela empresa (aqui podes visualizar o canal, ao vivo: http://noticiasaovivo.terra.com.br/esportes/esporteinterativo/427-br/).

A programação, para quem acompanhou o MDS Show na semana transacta, alterou-se em diversos horários dos três anteriormente oferecidos. Abaixo ficam as imagens com a nova grade de difusão do Raw:



Este é o único horário confirmado até o momento, mas possivelmente sexta-feira, ás 20 horas e 30 minutos será transmitida a reprise. De notar que na semana passada, a repetição de sexta, das 17:40 às 18:40 não ocorreu. Para se manter atualizado caso mudanças ocorram a meio da semana, basta acederes a página do WWE Raw na Esporte Interativo do Facebook, que sempre disponibiliza os horários no mural.

https://lh6.googleusercontent.com/_zBoZp-4wcag/TTR0ZIilOlI/AAAAAAAABR8/e-gNORr-fQI/Raw.png

WWE Monday Night Raw | Fevereiro, 28

Triple H abriu o Raw com uma promo acerca de The Undertaker e Sheamus o interrompeu, apenas para sofrer um beatdown resultando num Pedigree através da mesa de comentários. Michael Cole estipulou um juiz especial e um manager (Jack Swagger) para seu combate com Jerry Lawler na Wrestlemania XXVII. Após o anúncio, o All-American American atacou o “The King” com um ankle lock. CM Punk enfrentará Randy Orton no Big Daddy of them All e “Stone Cold” Steve Austin regressará no programa da semana que vem. The Rock respondeu a John Cena e Alex Riley foi demitido após perdeu a Cage match contra o segundo citado.

Evan Bourne venceu Sheamus
Randy Orton venceu Michael McGillicutty
Brie Bella venceu uma No. 1 Contender's Diva Battle Royal
U.S. Champion Daniel Bryan vs. William Regal terminou em No Contest
John Cena venceu Alex Riley em uma Steel Cage Match

E para a semana (isto dia 14/03), o Raw terá patrocínio de Snickers...


https://lh4.googleusercontent.com/_zBoZp-4wcag/TTR0zKvPSsI/AAAAAAAABSU/tumQf3EQsZs/WWE%20NXT.png

WWE Next Generation | Fevereiro, 29

Johnny Curtis, Novato de R-Truth, venceu a temporada quatro do WWENXT e, junto com seu Pro, irá defrontar os campeões de pares da WWE pelos cinturões de duplas, brevemente.

Brodus Clay venceu Johnny Curtis
Derrick Bateman & Conor O’Brian venceram Jacob Novak & Byron Saxton

https://lh6.googleusercontent.com/_zBoZp-4wcag/TTR0Zl8_IVI/AAAAAAAABSM/7aG1KtVTgyw/Superstars.png


WWE Superstars | Março, 3

R-Truth venceu William Regal
Santino Marella & Vladimir Kozlov venceram Zack Ryder & Primo
Chris Masters venceu Curt Hawkins

https://lh3.googleusercontent.com/_zBoZp-4wcag/TTR0Yl8wEfI/AAAAAAAABRs/x6_KhJhB5t8/iMPACT.png

TNA iMPACT | Março, 3

O iMPACT começou com o resultado da audiência sobre o controle da TNA, envolvendo Dixie Carter e Hulk Hogan. A primeira perdeu, e agora o Hulkster tem poder completo na empresa. No segmento, os Fortune ainda interromperam e houve uma discussão forte. Depois do combate pelos cinturões de duplas, os Ink, Inc. desafiaram com sucesso os ainda campeões no próximo PPV. Angelina, ex-colega de quarto no Jersey Shore apareceu em cerca de cinco minutos do programa, iniciando uma feud com Velvet Sky e Angelina Love, junto com Sarita e Cookie. A cerimônia entre Jeff Jarrett e Karen Angle ocorreu duas vezes, após invasão de Kurt Angle da primeira vez. Contudo, nenhuma das duas passou sem receber a presença do antigo marido da atual esposa de Double J. Matt Morgan venceu Hernandez por DQ após este não parar com assalto no escadote de aço, fora do ringue. Sting regressou no final do programa e sagrou-se campeão mundial!

TNA Tag Team Champions Beer Money venceram Gunner e Murphy pelo TNA Tag Team Championship
Velvet Sky venceu Sarita em uma Carrer Threaning Match
Scott Steiner venceu Rob Terry
Matt Morgan venceu Hernandez por Desqualificação
Sting venceu TNA World Heavyweight Champion Jeff Hardy pelo TNA World Heavyweight Championship | NOVO CAMPEÃO





https://lh6.googleusercontent.com/_zBoZp-4wcag/TTR0Zie_OlI/AAAAAAAABSE/THgvKyLHgT4/SmackDown.png

WWE Friday Night SmackDown | Março, 4

Edge venceu Drew McIntyre na abertura do Smackdown após um sharpshooter modificado que seguiu um spear. Cody Rhodes fez uma belíssima promo, desafiando Rey Mysterio na Wrestlemania. The Undertaker debutou uma nova música (do Johnny Cash, “Ain’t no Grave”, usado nos teasers 21.2.11) e fez um segmento sobre sua contenda no Maior PPV do Ano. No final, Edge e Alberto Del Rio assinaram seu contrato para a disputa pelo cinturão mundial no próximo evento pago, terminando a parte com ataques sobre o Rated-R Superstar (que ficou a sangrar), necessitando-se de Christian para o save.

World Heavyweight Champion Edge venceu Drew McIntyre em uma Non-Title Match
WWE Tag Team Champions Heath Slater & Justin Gabriel venceram Santino Marella & Vladimir Kozlov pelo WWE Tag Team Championship
Michelle McCool & Layla venceram Beth Phoenix & Rosa Mendes
Big Show venceu Kane por Desqualificação
Jack Swagger venceu JTG

https://lh5.googleusercontent.com/_zBoZp-4wcag/TTR0YyxFJ_I/AAAAAAAABR0/yqipTvhxm8E/Mais%20e%20Menos%20da%20Semana.png


Mais e Menos da Semana

+ Triple H, dominador que não deseja se lesionar; John Cena, The Rock beijará a bunda de um filho da puta; The Miz, imagina o que não faria com seu telefone móvel nos segmentos com a Maryse; Sting, regresso e título; Hulk Hogan, como se não estivesse no poder o tempo todo; Alberto Del Rio, não estás no MMA!

- Alex Riley, volta para a universidade que ainda tens chance de ser um Matt Striker; Daniel Bryan, sem chance de competir; Jeff Hardy, a WWE sempre acaba por te foder... não importa onde estiveres; The Corre, os monstros estão por vir!

https://lh6.googleusercontent.com/_zBoZp-4wcag/TQ-V5bppAaI/AAAAAAAABAg/cFz8HxVCvBc/Original.jpgEste espaço fala da luta-livre indy, pouco conhecida pelo público em geral. Aqui, eu falarei, sem periodicidade normal, sobre eventos aleatórios de companhias de todas as partes do mundo, desde que estas tenham vídeos disponibilizados na internet.

Vespaciano Feliz de Oliveira talvez tenha sido o melhor lutador de telecatch de todos os tempos, sob o ponto de vista do espetáculo, tendo participado de quase todos os programas de lutas televisivas ao longo de três décadas. Como Aquiles, o Matador, debaixo de um robe vermelho decorado com pedrarias, ele se apresentava com um macaquinho – a vestimenta típica dos “sujos” – azul e vermelho. Sobre os ringues, ele se aproveitava de sua excelente forma física e grande habilidade para tornar-se no “heel” mais temido dos adversários – e o mais odiado das plateias.

Para combinar com sua indumentária chamativa, Aquiles, antes das lutas, costumava provocar seus adversários, fazendo pouco de suas habilidades e força – mesmo quando sabia que ele mesmo não era páreo para eles.

Ficou famoso o episódio em que Aquiles desafiou Ted Boy Marino, dizendo que o herói não agüentaria um tapa seu. Aquiles perdeu esta luta, mas fez Ted suar um bocado. Em sua carreira, Aquiles revidou todos os nocautes que sofreu (ou, pelo menos, só foi nocauteado por alguém que ele já nocauteara antes), menos um, sofrido numa luta contra o “Alemão” Wolppe, no ginásio do Corínthians. Isto porque Wolppe morreu de causas naturais, antes que o Matador tivesse a chance de pedir revanche a ele.

A principal característica de Aquiles era sua imprevisibilidade, o que, às vezes, provocava acidentes com conseqüências mais sérias: ele quebrou o braço de Hércules, numa luta em Curitiba, e o de Charles, o Britador, em São Paulo. Aquiles perdeu o Campeonato Mundial de Duplas, promovido pelo programa “Reis do Ringue”, lutando ao lado de Gran Caruso, contra Hércules e “Alemão” Wolppe, disputado em Osasco.

Embora odiado e temido dentro dos ringues, o nome de Aquiles, fora deles, é lembrado como o de um homem íntegro e um amigo leal, tido em alta conta por todo o pessoal dos anos de ouro do telecatch. Tendo abandonado as lutas, nos final dos anos 1980, Aquiles tornou-se professor de educação física e integrante da Comissão de Esportes da Prefeitura de Tabatinga-SP, onde reside atualmente.

FONTE: Telecatch – Almanaque da Luta Livre, de Drago.

Como se vê no texto transcrito acerca da lenda da luta-livre brasileira, Aquiles, realmente merece um lugar no “Hall da Fama” da modalidade no Brasil (o BWF Combate e o BWF Telecatch, podem ser vistos neste link). Hoje com sessenta e cinco anos, e trinta e cinco somente de combate, O Matador é muito lembrado pelo público de toda a nação.

Algo não citado no excerto do almanaque e, talvez, a principal marca de Aquiles, um dos top-heels do wrestling brasileiro, era seu golpe finalizador, no qual ele mordia seus oponentes até fazê-los sangrar.

Como O_Raposa, do blog Get Ready to Rumble certa vez disse, os lutadores maléficos eram muito perseguidos na rua, mas Aquiles era exceção, já que o público tinha medo dele. Nesta sua personagem de “sujo”, um combatente do passado, de nome Brusolini, uma vez proferiu, numa entrevista: “Aquiles um dia chegou para mim e falou, que se eu quero realmente ser um lutador base (heel), e fazer as pessoas acreditarem nisso, eu não deveria fazer aparições públicas.”



Aquiles (o primeiro a entrar) vs Bárbaro Alex, luta exibida no Campeões do Ringue da TV Record, em 1998, combate que marcou o regresso do Matador


Aquiles vs Diabo Loiro, numa contenda lendária, ocorrida nos 80’s


Aquiles (o primeiro a entrar) vs Peão de Rodeio Fonseca, contenda transmitida no “Campeões do Ringue”, em 1998, na TV Record

Este já é um sítio antigo. Parodiando a matemática, atribui-se e sistematiza-se wrestlers, a partir de suas habilidades, comparando lutadores com demais, discorrendo sobre quais factores tornam um combatente parecido a outro.

John Cena

John Cena é, ainda hoje, a face da WWE. Talvez o principal homem no que concerne a popularidade, sendo, quer odiado, quer amado, o sujeito mais conhecido da empresa de Vince McMahon. Ele, igualmente, prova nos ínfimos detalhes o que o entretenimento difere-se de pro wrestling em si. Cena é uma excelência em promos, carisma e selling sendo, entretanto, alguém que não se consegue afirmar grande competidor no ringue, em qualquer estilo que se enquadra (considero-o brawler).

John é o tipo de trabalhador empenhado, talvez um dos maiores do panorama presente. Tanto na sua personagem como na vida real, ele impetra-se bem em treino, eventos promocionais a modalidade (e muito a si mesmo), películas e, com tudo isto, acaba tornando-se um tipo “querido” pelos oficiais, na medida de confiança.

Tendo isto em mente, primeiramente, no que toca a popularidade e carisma e, como óbvio, encarando como um todo e, não apenas a faixa etária dos fãs, assemelho JC a The Rock. O membro dos Anoa’i é, talvez, um dos mais famosos combatentes de sempre. Como Cena, ele consegue boas promos e, em meio a suas contendas, igualmente ele usa de chants, como maneira de conseguir reações dos fãs (five knuckle shuffle, alguém ?). Coincidência, outra vez, ocorre nas habilidades de ringue, as quais considero, sim, Johnson com mais aptidão do que John mas, ainda assim, jamais acreditei que ele fosse um legendário senhor, neste parâmetro. A mídia cinematográfica também enquadra os dois, com semelhanças. Enfim, acredito que, muito mais que “Stone Cold” Steve Austin, The Rock deva ser um dos algoritmos a participar da equação, sendo, sobretudo, um fenômeno global de carisma.

Devo dizer-lhes que o próximo senhor e WWE Hall of Famer não deve ser levado “a ponta de faca” como parecido a John Cena já que, é verdade, foi muito mais superior em vários quesitos, nos 80’s, quando conseguiu sua maior ascendência, tornando-se um fenômeno de mídia, brother! Hulk Hogan e sua hulkamania foram, na década de 80, algo esplêndido para o desporto, que tomou dimensões realmente gigantes, tornando Bollea num famoso não só da luta mas, igualmente, da televisão e dos cinemas. O fato é que, como Cena, Hulkster jamais precisou de suas habilidades no ringue, por ter carisma insuperável, que colocou-lhe em diversas outras mídias. Então, tudo isto, igualmente, parece “cair como uma luva” sobre o chain gang member que, apesar disto, nunca conseguiu e jamais chegará a conseguir tais índices de apoio, a exemplo do que o tipo do “amarelo e vermelho” obtinha.


Mais uma vez, prova-se que John Cena é equivalente a The Rock e Hulk Hogan!


O WWE Hall of Fame Inductees é uma série, já iniciada a algumas semanas atrás, que analisará, um a um, todos os Hall of Famers da World Wrestling Entertainment.


Joe Scarpa, nome real do Hall of Famer “Chief” Jay Strongbow. Scarpa sempre foi muito carismático, com sua gimmick de índio que fazia-o usar um “chapéu indígena” na sua entrada ao ringue, somada a grande habilidade e interação com fãs, que sempre tiveram total sintonia com Chief.

A carreira de Joe principiou-se no final da década de 40, especificamente no ano de ’47, na National Wrestling Alliance, companhia muito famosa nos tempos transactos, que já teve nomes importantes da indústria (sendo que os que citarei a seguir são, igualmente, NWA Hall of Famers) como Ric Flair, Lou Thesz, Harley Race, Dory Funk, Jr., Iron Sheik, Paul Orndorff, dentre outros. Pois bem, regressando a Jay. Logo estreado, ele destacou-se nos territórios e regiões da Geórgia e Flórida da promotora antes referida. Assim, com fama ascendente, cada vez mais, ele tornou-se favorito dos fãs, conquistando inúmeros campeonatos nas duas décadas que se seguiram.

Tanto que, em 1970, Strongbow foi contratado pela WWWF, empresa do pai de Mr. McMahon, Vincent McMahon Sr. Na companhia, JS feudou com nomes célebres como Jimmy Valiant, Billy Graham e, com rivalidades excelentes, Joe rapidamente chegou ao status de ganhar o World Wide Wrestling Federation World Heavyweight Championship. Em ’72, Scarpa conseguiu ser WWWF World Tag Team Champion – só quatro anos e meio depois ele conseguiria repetir o feito, aí formando par com Billy White Wolf -, ao lado de Sonny King, após vitória sobre Baron Mikel Scicluna e King Curtis Iaukea. Seu reino durou cerca de um mês, antes de derrota frente a Mr. Fuji e Professor Toru Tanaka.


Depois de sua passagem pela WWWF, ele rumou a Big Time Wrestling, empresa de The Sheik onde, em seu principal feito, Joe teve uma rivalidade com “Bulldog” Don Kent.


Na sua volta a WWF, já com uma sigla a menos, o indígena teve uma bem conseguida feud com Greg Valentine, sujeito que, no kayfabe, quebrou sua perna. Após o fim do feudo, ele conseguiu sagrar-se campeão de equipas, ao lado de seu irmão – vindouramente, ele perdeu e reganhou os titles. Na metade dos 80’s, ele retirou-se, trabalhando parcialmente como lutador independente e road agent da WWE, tendo, em 1994, sido incutido no Hall da Fama da supracitada empresa.

Jay tem uma grande carreira, de sucesso, como viu-se nesta biografia mas, no que concerne aos motivos de seu talento, atribuo ao grande carisma e a sua personagem de nativo indígena, que diferenciava-o dos demais – como muitos dizem dos freak’s de outrora.



Introduzido no Hall da Fama de 2010, medalhista olímpico em wrestling amador, “Mad Dog” Maurice Vachon.

Vachon tem palmarés extensos, com inúmeros cinturões conquistados ao longo de sua carreira no pro wrestling como, por exemplo: três campeonatos de duplas – um com Bob Orton e outro com seu irmão, Paul Vachon -, cinco titles mundiais, pela AWA; três championships de duplas – com Pierre LaSalle, Duke Keomuka e seu irmão, Paul Vachon -, pela NWA do Texas; seis cinturões de duplas com seu irmão, pela NWA de Calgary; além de outros feitos da internet e de outros federações menores.

Sua carreira é muito consagrada, como sendo dos principais heel’s de sempre, da AWA, uma empresa expressiva do passado do desporto. Suas capacidades como wrestler são, em maior parte, provenientes de sua passagem como lutador amador, período em que, inclusive, conquistou medalha olímpica de ouro nos jogos britânicos. Igualmente, Maurice é consagrado pela sua família, tendo um irmão múltiplas vezes campeão – inclusive ao seu lado -, tendo, também, uma irmã e sobrinha combatentes, em Vivian Vachon e Luna Vachon, respectivamente.

Sua carreira na NWA sempre foi conseguida com sua grande aptidão para aplicar graples, que davam-lhe impressão de ser alguém bruto, com habilidades e pose de destruidor. “Mad Dog”, neste período, não com muita dificuldade, conseguiu firmar-se como heel, abusando do seu poderio físico para desgastar fisicamente os face’s. Sua biografia na National Wrestling Alliance começou na década de ‘50, tendo apenas dez anos depois conseguido realmente assentar-se viamente, na AWA, onde é inúmeras vezes campeão de duplas e, sobretudo, mundial. Na American Wrestling Association ele, juntamente com sua família – a parte do wrestling, como óbvio – formou uma das mais brutais stables da década dos 60’s que, com obviedade, deram-lhe status de superestrela. Como destaque, também de sua passagem pela AWA, tem-se a feud incrível com o dono da empresa, Verne Gagne.


Infelizmente, Vachon teve de amputar sua perna, em ’87, após acidente automobilístico. Contudo, isto não apaga seu passado do wrestling, já que, em 2010, Maurice foi homenageado pela WWE, entrando no mítico Hall of Fame!

------------------------

Ajudem a divulgar o WrestlingNoticias. Adicionem o WN no Facebook e no Twitter e ajudem a promover o blog para assim também se divulgar o wrestling

Post por Johnmds.
Ver meu perfil completo

Aguardo vossas opiniões, pelos comentários e, até a próxima edição, fiquem bem de saúde!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

3 comentário(s):

klebyano disse...

Muito foda o Quadro, bom que vc falou também do RAW no EI, eu achei otima a transmissão também, e dessa vez os narradores falam os nomes dos moves certos e não Pilão, Voo do anjo e Meia um nove.

Santiago_BR disse...

Johmds, tem chance de numa próxima coluna falar do Xandão, o Gigante de Bragança? Pra mim é o melhor wrestler do Brasil na atualidade, campeão brasileiro da BWF ano passado...

Johnmds disse...

Santiago, posso sim. Para a semana, na edição 59, podes ter a certeza que o Xandão estará a ser analisado!

Obrigado pelos comentários até agora!

Enviar um comentário

O blog tem os comentários abertos a todos aqueles que gostem de MMA e wrestling e o queiram discutir com responsabilidade e sobretudo de maneira construtiva.

Não são permitidos insultos pessoais entre leitores, bem como a autores do blog. Não é permitido spam. Qualquer comentário fora do contexto, fica a cargo da administração a decisão da sua permanência.

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Hot Sonakshi Sinha, Car Price in India