«

sábado, 4 de julho de 2015

Trono do Fã - Capitulo V - O Carisma Trabalha-se!

Estava aqui à procura de fazer algo com piada, mas não me ocorre nada decente e talvez seja melhor poupar-me à vergonha e seguir já com isto. Devido a determinados acontecimentos recentes, achei que seria deveria falar sobre aquilo que penso que é importante que qualquer lutador possua. Caso tenham lido o titulo, sim, neste capitulo falarei sobre carisma e convido-vos a deixar a vossa opinião sobre este tema assim que terminarem de ler este Trono do Fã.



Bem, se calhar o melhor é responder já à seguinte pergunta: afinal o que é ter carisma? Carisma acaba por ser um resultado de muitas características pessoais de cada individuo o que poderá fazer com que outras a fixem a sua atenção em determinado sujeito. Resumindo, uma pessoa extremamente carismática é aquela a quem ninguém consegue ficar indiferente. É aquela miúda com grandes mamas e que mal entra num bar capta a atenção de toda a gente, é aquele gajo badass deixa a filha ser queimada viva, é aquele orador que após 3 minutos de apresentação consegue ter a atenção de todo um auditório ou aquela banda que consegue fazer com o mais tímido e anti social da plateia se liberte e se deixe contagiar por uma miscelânea de emoções.

No wrestling, um lutador carismático é alguém que consegue mexer com as emoções das grandes massas e que consegue causar uma reacção. Ou seja alguém que enche arenas, vende imenso merchandise e capaz de dar audiências televisivas.




Agora vou dizer algo que poderá ir contra a opinião de muita gente. Eu não acredito que o carisma seja algo que nasça com a pessoa, é algo que pode ser trabalhado. Alguém com um físico extraordinário consegue gerar uma maior reacção do que alguém que não tenha, alguém que seja expert a falar ao microfone terá muito provavelmente mais seguidores do que alguém que tenha dificuldades em falar em público. Alguém capaz de usar psicologia e contar uma história no ringue, conseguirá mais fãs do que aquele lutador que até consegue fazer mil moves mas que os combates parecem geram um vazio de sentimentos. Alguém que sabe dizer a palavra ou realizar o move no momento certo. Tudo isto são coisas que se podem aperfeiçoar com algum esforço.

Claro que existem pessoas que terão muito mais facilidade em tornar-se mais carismáticos do que outros, assim como há pessoas que mesmo com muito treino não conseguirão obter os mesmos resultados que outros que têm uma maior facilidades. Ainda assim, é algo que é preciso ser trabalhado, e mais do que trabalhar duro é preciso ser trabalhar de um modo inteligente. Ou então, basta pintar a cara, tomar umas drogas pesadas, ter uns bumps e uns combates parvos e sem sentido. 


Vou dar uns exemplos, sendo que os dois encontram-se na posse de  World Championship. Primeiro, Ethan Carter III, o mais recente TNA World Heavyweight Championship. Embora, EC3 tenha melhorado consideravelmente enquanto in-ring wrestler, a verdade é que ele não se destaca da mesma maneira como nomes que estão ou estiveram ligados à companhia, como AJ Styles, Angle ou Aries ou Christian Cage. Carter destaca-se acima de tudo como entertainer, sendo há já bastante tempo a melhor coisa na programação da TNA. Contudo, na WWE a verdade é que ele não conseguiu criar qualquer impacto e mesmo que vencesse combates atrás de combates dificilmente isso mudaria. Então o que aconteceu? Na Total Nonstop Action, Ethan e a companhia de um modo inteligente, foram capazes de criar uma personagem que tirasse o máximo partido de certas características dele. Para além disso, embora Ethan tenha-se revelado desde o inicio como um bom talker, a verdade é que as suas mic skills têm melhorado e ele é cada vez mais espontâneo e natural. 


O outro é Seth Rollins, um "miúdo" que veio das indys, onde por vezes basta ser um bom in-ring wrestler para se conectar com a fanbase. Tanto que muitos lutadores das indys, acabam por ter alguma dificuldade em conectar-se com públicos maiores e mais variados quando acabam por chegar a companhias mais mainstream. Claro que existem excepções, como CM Punk ou Kevin Owens, mas num caso geral a maioria acaba por ter algumas dificuldades inicialmente. Com Rollins foi assim, era um rapaz que no inicio, as reacções que tinha eram obtidas em combates ( sendo que há o problema, que uma boa parte do público da WWE não está muito virada para aí) e Seth foi obrigado a melhor as suas capacidades enquanto talker de modo a poder conseguir tornar-se num dos top heels da WWE. Segundo consta, Seth assim que teve a sua heel turn, chegou a estudar o trabalho de Eddie Guerrero e Shawn Michaels enquanto heels, de modo a poder obter uma maior reacção e ser o menos indiferente possivel. 
Ri-me como um perdido quando aquele boneco do Tough Enough disse que não havia problema em desconhecer aquilo que se passou no mundo do wrestling.


Sou um grande fã de Cesaro. O suíço é claramente um dos melhor in-ring wrestlers no Mundo, sendo extremamente completo. Forte, atlético e com uma linguagem corporal bem expressiva, acredito que caso o Swiss Superman estivesse ligado a uma companhia como a NJPW estaria seguramente num lugar de destaque, isto porque a sua fanbase não dá grande importância aquilo que um lutador produz no ringue. Infelizmente, Cesaro na WWE têm tido algumas dificuldades, mesmo tendo um bom look e seja difícil ficar indiferente aos seus combates, isto porque fora de ringue, Cesaro e a WWE ainda têm de trabalhar a sua personagem de modo a conseguir obter mais seguidores. Curiosamente o seu parceiro, Tyson Kidd, mostrou uma evolução nesse aspecto (mesmo ainda não sendo tão carismático como Cesaro). 

É verdade que continua a não ser a pessoa que mais apela ao fã casual, mas comparando com o Tyson Kidd de 2010, é fácil reparar que o canadiano teve também uma evolução enorme nesse aspecto. Se o Cesaro conseguir ter uma evolução semelhante, será sem dúvida um membro capaz de atrair uma atenção muito maior do que Tyson  e do que a maioria do roster. Talvez aí, os fãs de Cesaro possam vir a ter a alegria de ver o suíço como WWE World Heavyweight Champion.



Bem, esta semana vou terminar de uma maneira diferente do habitual. Vou já anunciar aquilo que farei na próxima semana! Ora, está a chegar aquela altura do ano que deixa qualquer fã de bom wrestling super entusiasmado. Está a chegar o melhor torneio de wrestling anual, o G1 Climax 25 e no próximo Trono do Fã, irei falar um pouco sobre o torneio para quem não acompanha NJPW regularmente, irei também falar de cada um dos envolvidos no torneio e mais importante e dos combates que devem tentar dar uma vista de olhos. Já se conhecem os participantes, mas apenas no Domingo durante o Dominion é que serão revelados cada um dos BLOCKS. Este evento têm como principal atracção AJ Styles do Bullet Club contra Kazuchika Okada da CHAOS. AJ Styles há um ano atrás fez a sua estreia pela NJPW e logo no seu primeiro combate terminou com o impressionante  reinado de Okada. 

O Phenomenal One haveria de perder o titulo para Tanahashi, até que no The New Beginning em Osaka recuperou o IWGP Heavyweight Championship. Ora anteriormente, no Wrestle Kingdom, Okada tinha desafiado Tanahashi, não sendo bem sucedido e viu ainda o seu Rainmaker não terminar com um combate pela primeira vez. Há que relembrar também que, apesar de Okada ter vencido Styles na primeira noite do G1 Climax 24, perdeu todos os combates para o Phenomenal One em que o IWGP Heavyweight Championship esteve em jogo. Mais importante que isso, é que os combates entres os dois têm sido cada vez melhores.



Mas o resto do card é bom, havendo combates interessantes como Makabe vs Ishii, Sakuraba vs Shibata , Omega vs KUSHIDA e Nakamura vs Goto. Não sei se conseguirei apanhar o evento logo nos dias a seguir, portanto não sei se será possivel fazer a típica analise que tenho realizado. Como tal, convido-vos mais uma vez a inscreverem-se no Forum de Pro Wrestling, sendo que poderão assim ver a minha opinião bem como a de outros utilizadores sobre este evento da NJPW. Caso não estejas inclinado para o puroresu, o FPW têm tópicos destinados sobre praticamente todas as companhias, eventos e lutadores, bem como uma zona de debate, onde é possivel trocares a tua opinião com outros utilizadores. 
Bem, acho que é tudo, volto para semana com um artigo dedicado ao G1 Climax 25 e espero que até lá tenhas a curiosidade de entrar no Mundo que é o FPW. A sério inscreve-te, é grátis!



sexta-feira, 3 de julho de 2015

Forgotten Superstars #11 | Rei Lá, Súdito Aqui


Saudações a todos os leitores do Wrestling Notícias! Eu recebi várias sugestões e recados, os quais eu agradeço muito, e irei guardar com cuidado para as próximas edições do espaço. Agradeço muito a vocês por me acompanharem!

Neste momento, como aconteceram certas coisas interessantes no mundo do wrestling profissional, quero trazer aqui o nome de um homem que está em nítida relevância na atualidade. Mas não pela WWE, já que ele passou sem muito brilho por ali. Assim podemos ter uma ideia do quanto a empresa perdeu, por sua falta de paciência em desenvolver os atletas.

Dessa forma, vamos aos fatos sobre este superstar esquecido.

Quem é? - Michael Hutter, nascido em Willoughby, Ohio em 1983 e residente em Tampa, Florida. Alguns fãs da WWE podem conhecê-lo como Derrick Bateman, ou talvez não conhecê-lo de maneira alguma. Já aqueles que são atentos aos fatos que acontecem em outras empresas, sabem que estamos falando de Ethan Carter III, o atual campeão mundial dos pesos pesados da TNA.

Ele começou sua carreira em Cleveland, fazendo várias lutas pelo circuito independente da região de Ohio. Dessa forma, ele passou de 2002 a 2006 fazendo suas apresentações, até assinar um contrato de desenvolvimento com a WWE.

O que ele fez na WWE? - O início dele na empresa foi mais cedo do que muitos que acompanham Hutter agora, imaginam. Michael teve sua primeira luta no Heat em 24 de julho de 2006, unindo-se a Chris Cronus para entrar em uma luta de duplas contra Viscera e Charlie Haas, a qual ele acabou perdendo. Ele também fez uma rápida aparição secundária no Raw como oficial de polícia para prender a D-Generation X. E depois disso, ele foi enviado para o território de desenvolvimento da WWE, o OVW.

Foi ali que ele recebeu o nome de Mike Hutter. Ele competiu em várias dark matches a partir de março de 2007, inclusive uma six-man tag team match, onde ele se uniu com Nick Nemeth (Dolph Ziggler) e Chris Cage (Kris Pavone), perdendo para Mike Kruel, Vladmir Kozlov e Boris Alexiev (Santino Marella). Ele passou a aparecer em episódios a partir do dia 25 de abril de 2007, Nesse período, suapresença mais notável no ringue foi em junho, onde lutou por uma chance para confrontar o campeão dos Estados Unidos da época na WWE, Montel Vontavious Porter, em uma gauntlet match, que acabou sendo vencida por Chet The Jet. E esta foi sua última aparição televisionada pela OVW.

Depois deste tempo, ele também teve uma atividade interessante em uma outra promotora, a Firestorm Pro Wrestling, sendo o campeão inaugural da empresa, em 2008.

Foi em 2009 que, ao direcionar-se à Florida Championship Wrestling, um novo território de desenvolvimento da WWE, que ele voltou a aparecer. Seu início foi em fevereiro de 2009, em uma derrota contra Drew McIntyre (a luta deles se encontra entre os 21 minutos e os 26 minutos e meio deste vídeo a seguir).


Foi depois disso que ele começou a usar o ringname "Derrick Bateman". Além disso, ele também teve Abraham Washington como manager, e também, uma série de derrotas. Por um tempo, ele também teve um período de agente do serviço secreto de Washington, que durou até junho.

Ele teve um hiato até 2010, confrontando nomes como os irmãos Rotundo (Bo e Duke), Richie Steamboat e Joe Hennig (Curtis Axel), e perdendo para eles. Ele fez também uma dupla com Leo Kruger (Adam Rose), que durou por pouco tempo e não teve sucesso. Teve a sua maior e única glória na FCW, ao se unir com Johnny Curtis (Fandango) e conseguirem o título de dupals da FCW, em uma triple threat tag team match, contra os campeões Los Aviadores (Hunico e Epico) e a dupla Donny Marlow e Brodus Clay, em agosto de 2010. Eles defenderam o título por três meses, até perderem para Wes Brisco e Xavier Woods.

Derrick Bateman foi anunciado para participar na quarta temporada do NXT. Seu mentor seria Daniel Bryan. Bryan e Bateman começaram a temporada no dia 7 de dezembro de 2010, perdendo para Conor O'Brian e Alberto Del Rio.


Ele conseguiu chegar entre os três primeiros novatos da temporada, mas foi eliminado nas finais. Ele retornou em março de 2011, unindo-se a Conor O'Brian, derrotando Byron Saxton e Jacob Novak. Ele também fez uma rápida aparição no Raw, e uma luta no Smackdown, fazendo seu debut com Damien Sandow e sendo derrotado por Ryback.


Ele foi inserido no meio da quinta temporada da NXT, depois de uma ausência na WWE, em junho de 2011. Daniel Bryan também foi trazido com ele como seu mentor, mas logo o abandonou, durante o heel turn de Derrick. Ele teve uma longa rivalidade com Titus O'Neil, e teve como valet, Maxine. A união com ela também gerou uma rivalidade com Johnny Curtis (Fandango), fazendo os dois "disputarem" o coração da mulher, além da participação de lutas de duplas mistas.

Por fim, ele rompeu com Maxine, depois de Kaitlyn confessar o seu amor por Bateman e beijá-lo em 2012. Mais tarde, Bateman e Kaitlyn solidificaram seu relacionamento, e chegaram a vencer Curtis e Maxine em uma mixed tag team match. E depois disso, Derrick teve uma série de lutas, trocando vitórias e derrotas entre oponentes, como JTG, Hunico, Curt Hawkins, Tyler Reks e outros. Além de participar algumas vezes do Smackdown, perdendo para Ryback e Brodus Clay. No fim de seu contrato pela WWE, ele ainda teve uma luta contra o campeão dos Estados Unidos, Antonio Cesaro. E sua última luta foi uma luta que não valia título, contra o campeão da NXT, Big E Langston. Ele deixou a WWE em maio de 2013.

Ele poderia ter feito mais na WWE? - Este é um dos casos em que eu devo olhar para o desempenho do wrestler em outras empresas, já que na WWE, pouco ou nada foi oferecido para Bateman... ou melhor, para Ethan Carter III, que agora vive seus momentos de glória na TNA. Por motivos que a WWE preferiu ignorar. Mas que a sua rival acabou, eventualmente, esfregando em sua cara.

Então vamos chamar este wrestler, nessa sessão, pelo nome que o trouxe glória.

  • Mic Skill convincente: Definitivamente, as promos de EC3 são acima da média na TNA. Na WWE, como Derrick Bateman, ele não teve muitas chances de conseguir momentos lineares para demonstrar o que sabe. Com este grau de convencimento, ele consegue passar a essência de sua gimmick de forma extremamente envolvente, manipulando o sentimento dos fãs, para concordarem com ele, ou odiarem-no. Ele consegue fazer com que o público não seja indiferente a ele.

  • Heel original: A gimmick de Ethan Carter III é clássica. Um heel arrogante e rico, que tenta fazer de tudo para chegar ao topo. Entretanto, a força de vontade do homem por trás do wrestler se mostra presente. O que faz com que EC3 esteja longe de ser apenas mais um na TNA. Ele sabe como se impor, e como impor seu personagem, ao interpretá-lo de uma maneira única.
  • Ring Skill treinada: "Yes, he can wrestle". Diferentemente do que muitos falavam no começo de sua jornada na TNA. Ele melhorou muito, desde os tempos da WWE, e se tornou superior neste aspecto. Hoje, ninguém pode negar que EC3 é de fato, um wrestler de ponta. E ele está ali porque merece.

Termino este artigo, dizendo que estou triste por não ter visto o real EC3 na WWE. Entretanto, isso é um aviso para outros wrestlers, que não existe apenas a empresa de Stamford como uma ponte para a fama e o reconhecimento de todos. Parabéns, Ethan Carter III, de agora em diante. 

Gostaria de agradecer a todos os que vêm acompanhando o meu espaço! Lembrem-se de comentar sempre e enviar sugestões. 

Um grande abraço!

WWE Smackdown 02.07.2015 | Vídeos + Resultados


O episódio desta semana do Smackdown tem como destaque um combate entre o Intercontinental Champion Ryback e o "World's Strongest Man" Mark Henry sem o título em jogo. Para além disso, conta com um combate entre o WWE World Heavyweight Champion Seth Rollins e o Roman Reigns sem o título em jogo também...

WWE NXT 01.07.2015 | Vídeos


O episódio desta semana do NXT tem como destaque um combate de equipas, onde Finn Bálor e Samoa Joe fazem equipa para enfrentar Rhyno e o atual NXT Champion Kevin Owens... para além disso, também vemos desenvolvimentos de Eva Marie a treinar duramente para ter uma oportunidade de competir no NXT e ainda conta com a última parte da entrevista pessoal feita a Finn Bálor.

ROH on Destination America 01.07.2015 | Vídeos


A Ring Of Honor regressa a um canal de televisão (curiosamente o mesmo que a TNA) chamado Destination America e o episódio desta semana destaca a continuação da rivalidade entre os The Kingdom e os Bullet Club, em que no "main-event", será o líder dos Kingdom (Adam Cole) contra o líder dos Bullet Club, AJ Styles.

Eis todas as informações resumidas deste episódio:
- Dois membros do recente grupo japonês CHAOS (Okada e Gedo) enfrentam os atuais ROH World Tag Team Champions "Of The World", The Addiction (Christopher Daniels e Frankie Kazarian)

- Um dos membros dos The Decade, Adam Page enfrenta um lutador da New Japan Pro Wrestling, Watanabe

- No "main-event" é um combate entre os líderes de duas grandes facções rivais, onde o líder dos Bullet Club AJ Styles enfrenta o líder dos The Kingdom, Adam Cole

Com o Death Before Dishonor XIII a aproximar-se, a ROH certamente quer agarrar cada vez mais telespectadores e só mesmo no Destination America é que poderão ver esta ação...

Lucha Underground 01.07.2015 | Vídeos + Resultados


A promotora de lucha libre, AAA entra no mercado norte-americano com o seu novo programa, Lucha Underground! Este projecto é um híbrido entre a lucha libre e o wrestling norte-americano e que apresenta lutadores dos dois estilos. O episódio desta semana tem como destaque um combate pelo Lucha Underground Championship entre Prince Puma (campeão) e Chavo Guerrero (pretendente) num "No-DQ Match".

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Fantasy League: O novo Passatempo do Wrestling Notícias e do Fórum de Pro Wrestling


Boas malta do Wrestling Notícias. Eu sou o Renato, Administrador do Fórum de Pro Wrestling e venho apresentar-vos o novo Passatempo do WN em colaboração com o nosso Fórum: a FPW/WN Fantasy League!

De certeza que todos conhecem Fantasy Leagues. Seja qual for o vosso desporto favorito, este é um conceito que tem ganho cada vez mais adeptos. Em 2013, o FPW inovou e trouxe até vós este conceito, mas aplicado ao "desporto" que amamos, o Wrestling, pela primeira vez na CWO portuguesa. Já com duas edições realizadas, este tornou-se rapidamente um formato com sucesso dentro do Fórum.

Hoje, a Fantasy League está de volta, e desta vez também no Wrestling Notícias!

O que é a Fantasy League e como funciona?
Tal como noutras Fantasy Leagues, o teu papel consiste apenas em criar uma equipa composta por vários jogadores (neste caso os Wrestlers e Divas da WWE), através de um Draft. Feitas as equipas, começa realmente o jogo. Em cada combate em que os teus lutadores participem podes ganhar pontos, que serão adicionados à tua conta pessoal. Terminada a temporada, que durará perto de 3 meses, a equipa com maior pontuação vence. A base do jogo é esta, mas com algumas particularidades que podem ser vistas neste link.

Como me posso inscrever?
Para te inscreveres neste passatempo, em primeiro lugar é necessário estares registado no Fórum de Pro Wrestling. Depois tens duas opções: passar neste tópico e deixar a tua inscrição na lista existente, ou então deixar um comentário a esta publicação com o teu nome (primeiro e último) e o nickname com o qual estás inscrito no Fórum.

Este passatempo funcionará em conjunto nos dois sites, o que significa que todas as informações de que precisam serão publicadas tanto aqui como no Fórum. No entanto, algumas fases do passatempo (nomeadamente o Draft) estarão concentradas no FPW, mas nos próximos dias terão mais informações sobre o assunto.

Quaisquer dúvidas, sugestões ou críticas devem ser feitas neste link ou nos comentários a este post.

Estamos à espera da vossa participação!

TNA Impact Wrestling 01.07.2015 (Bell To Bell) | Vídeos


O episódio desta semana do IMPACT Wrestling tem como destaque o tão aguardado combate pelo TNA World Heavyweight Championship, onde Kurt Angle defende contra o jovem Ethan Carter III. Para além disso, esta edição especial do Bell To Bell conta ainda com o último combate no "Best of 5 Tag Series" para determinar os novos TNA World Tag Team Champions, onde a estipulação foi um "30-Minute Iron Man Tag Team Match".

quarta-feira, 1 de julho de 2015

WWE Tough Enough 30.06.2015 | 6ª Temporada (2º Episódio)


A WWE volta a apostar nos "reality shows" e desta vez num programa que é dedicado a procurar a próxima estrela desta empresa, chamado Tough Enough que regressa após 4 anos de ausência, onde o objetivo para esta 6ª temporada é trazer mais interatividade ao programa.

Apresentado por Chris Jericho e Renee Young, durante 10 semanas, 13 lutadores(as) estarão nuns quartos ao estilo de militar e terão de superar desafios para impressionar os treinadores (Lita, Billy Gunn e Booker T), os júris (Paige, Daniel Bryan e Hulk Hogan) e os fãs para não ficarem nos últimos 3 que menos surpreenderam!

Eis os finalistas do Tough Enough, onde foram escolhidos dentro das mais de 11 mil candidaturas submetidas:

- Alexander Frekey: atleta russo que tem atualmente um emprego como Diretor de Vendas Regional e que já participou num comercial do "Planet Fitness", assim como já tendo aparecido como John Wick na série da NBC chamada The Blacklist.

- Amanda Saccomanno: uma mulher que é uma atleta do fitness, estando sempre a treinar todos os dias com Dança, Yoga, Pilates e Cross Fit e que a sua alcunha de infância foi "Hamburgers"

- Daria Berenato: mais conhecida como "The Jersey Devil" no mundo das MMA, Daria é atualmente uma "Co-Host" do programa do Youtube (UFC AfterBuzz)

- Dianna Dahlgren: rapariga que já esteve na "cover" de várias revistas como a Oxygen, Muscular Development ou até mesmo Muscle & Fitness e que atualmente é representante da Monster Energy

- Gabi Castrovinci: nascido no Brasil, cresceu a praticar Jiu-Jitsu e é uma atleta profissional para o World Beauty Fitness & Fashion... também uma fã do surf e de snowboard, Gabi também vende na Internet, leggins do Brasil

- Giorgia Piscina: veterana de 8 anos no mundo da ginástica e competidora no Bikini Dive para o WBFF, o grande momento desta jovem foi quando fez uma corrida de 400 metros com um tornozelo partido

- Hank Avery Jr.: este jovem foi a cara do futebol na Universidade de Mercer de 2012 para 2013 e agora é um gerente de manutenção de piscina que procura subir na vida

- Joshua Bredl: recente contratação dos Green Bay Packers, este prospeto do top 15 da escola secundária de Colorado, já conseguiu fazer 34 placagens e 6 sacks enquanto um defensor de linha na Colorado State University

- Mada Abdelhamid: treinador pessoal para o ator Jason Momoa (para quem não sabe Khal Drogo do Game Of Thrones) que nasceu no Egipto, é fluente em árabe e praticou basquetebol profissional até sair do país a meio da Revolução Egípcia em 2011

- Patrick Clark Jr.: rapaz de 19 anos que já lutou na Academia Militar de Forestville na competição amadora de wrestling de 2011 até 2013 e que atualmente é um competidor no Mid Atlantic Wrestling Association e até é um treinador

- Sara Lee: enquanto estuda para ser uma técnica de ultra-sons, Sara é uma competidora de pesos que treina 6 vezes por semana e consegue fazer agachamentos de quase 100 kilos... introduzida por um amigo de um ex-namorado, ela adora as Bella Twins

- Tanner Saraceno: pode parecer o homem mais pequeno na competição, mas este homem tatuado que pratica MMA e com 11 anos de experiência como wrestler na escola secundária e na faculdade, Tanner atualmente ajusta árvores no seu emprego

- Zamariah "ZZ" Loupe: participante mais novo na história do Tough Enough, com 18 anos, Loupe atualmente é um "linebacker" para a Universidade de Nicholls, costuma disfarçar-se de Pai Natal para deixar crianças felizes e até luta com jacarés

--------------------------------------Lutador(es) Eliminado(s) --------------------------------------



Vídeos

-------------------- Tough Enough --------------------



-------------------- WWE Tough Talk --------------------

Pro Wrestling in Pictures (241)

Mais um Pro Wrestling in Pictures que tem por objectivo mostrar o melhor e o pior do wrestling basicamente em imagens mas sempre com um toque de humor presente e hoje com uma edição diversificada! Relembro se quiserem podem enviar as vossas fotos para wrestlingnoticias@gmail.com que as melhores serão publicadas...