sábado, 21 de julho de 2018

IMPACT Wrestling 19.07.2018 | Vídeos + Resultados


Este episódio do IMPACT Wrestling (transmitido todas as quintas-feiras) tem como destaque a última confrontação entre Austin Aries e Moose antes de seu combate no Slammyversary pelo Impact World Title.

Para além disso, também estão confirmados os seguintes combates/segmentos:
  • Eddie Edwards mandando um nova mensagem a Tommy Dreamer
  • Joe Hendry vs Eli Drake
  • Allie e Kiera Hogan vs Tessa Blachard e Shotzi Blackheart
  • Killer Kross vs Petey Williams

Resultados



Vídeos


sexta-feira, 20 de julho de 2018

Ring of Honor Wrestling 15.07.2018 | Vídeos + Resultados


A Ring Of Honor Wrestling (ROH) apresenta todas as semanas um programa de 1 hora, transmitido todos os fins-de-semana na estação local do grupo de televisões da Sinclair Broadcast, no FITE TV, no Fight Network do Canadá, e sextas-feiras à noite no canal português SportTV 5.

O programa desta semana conta com um "6-Man Tag Team Gauntlet Match" para determinar os pretendentes aos ROH World Six-Man Tag Team Championships.

Resultados


1) Kelly Klein venceu Jenny Rose via paragem do árbitro após um "Guillotine Choke".

2) Kenny King, Eli Isom e Chuckie T venceram um "6-Man Tag Team Gauntlet Match" para se tornarem nos NOVOS PRETENDENTES AOS ROH WORLD SIX-MAN TAG TEAM CHAMPIONSHIPS após eliminarem em último os SoCal Uncensored. Eis a ordem de eliminações:

1. Alex Shelley, Jonathan Greshman e LSG eliminaram The Dawgs (Will Ferrara e Rhett Titus) e Shane Taylor, após LSG se desviar de uma "Clothesline" de Will Ferrara e fazer um "Rollup" para o pin.
2. Alex Shelley, Jonathan Greshman e LSG eliminaram Silas Young eThe Bouncers (Beer City Bruiser and Brian Milonas), com um "450 Splash" de LSG em Milonas.
3. SoCal Uncensored(Scorpio Sky, Christopher Daniels e Frankie Kazarian) eliminaram Alex Shelley, Jonathan Greshman e LSG, após o trio executar o "Celebrity Rehab" em LSG para avançar.
4. Kenny King, Chuckie T e Eli Isom eliminaram os SoCal Uncensored (Scorpio Sky, Christopher Daniels e Frankie Kazarian) quando Eli Isom reverte uma tentativa de Angel's Wings de Daniels num "Back Drop" e o pin para a vitória.


Vídeos

Lucha Underground S4 - 18.07.2018 | Vídeos + Resultados


Após quase um ano de ausência e da continuidade do sucesso em 3 temporadas no canal El Rey Network, eis que a promotora de Lucha Libre, AAA, regressa quase um ano depois ao mercado norte-americano com o seu programa de sucesso, Lucha Underground para a transmissão da 4ª temporada! Este projeto é um híbrido entre a Lucha Libre e o wrestling norte-americano e que apresenta lutadores dos dois estilos.

O episódio desta semana tem como destaque o combate entre o campeão Pentagón Dark e o "Machine" Brian Cage pelo Lucha Underground Title, além de uma luta entre Vibora e Johnny Mundo.


Resultados




Vídeos


quinta-feira, 19 de julho de 2018

Wrestling e Vinho Tinto #8 - Orton, o Explorador de Buracos


Broas Pessoal,

Não há palavras! Wrestling e Vinho Tinto continua no ar!Um feito incrível!

Após oito episódios, a procura tem sido imensa, e apesar de não sermos cães, estamos em pulgas! Depois de um Extreme Rules que deixa tanto entusiasmo como pagar para ter Internet da NOS, chega o PODcast com mais problemas técnicos do País.

Apesar disso, estes dois bichos do Wrestling lutaram fortemente e venceram todas as adversidades para trazerem um show que está sem dúvida no nosso TOP 8!

Buracos, falhas de net, vinho, combates extremos, humor seco... Será preciso dizer mais alguma coisa?

Porque isto é...WRESTLING E VINHO TINTO

Já sabem, não se esqueçam de subscrever o nosso PODcast e já agora canal de youtube do Wrestling Noticias.

Wrestling Notícias

Youtube: WrestlingNoticias
Facebook: @Wrestlingnoticias
Twitter: @WNoticias
Instragam: @wnoticias
Email wrestlingnoticias@gmail.com

Wrestling e Vinho Tinto

Youtube: @Wrestlingevinhotinto
Twitter: @Polverine93 e @CReyes9
Itunes: Wrestling e Vinho Tinto
Podbean: Wrestling e Vinho Tinto
Email wrestlingtinto@gmail.com



Bons combates para todos,




WWE NXT 18.07.2018 | Vídeos + Resultados


Este episódio do NXT tem como destaque um Triple Threat Match entre Kairi Sane, Nikki Cross e Candice LeRae para definir a desafiante ao NXT Women's Title de Shayna Baszler, no NXT Takeover: Brooklyn.

quarta-feira, 18 de julho de 2018

PPV Review - WWE Extreme Rules 2018

Strowman atira Owens do topo da jaula; Ziggler bate Rollins no prolongamento do Ironman match; B-Team e Nakamura novos campeões



Data: 15 de julho de 2018
Arena: PPG Paints Arena
Localidade: Pittsburgh, Pensilvânia


Ring of Honor Wrestling 01.07.2018 + 08.07.2018 | Vídeos


A Ring Of Honor Wrestling (ROH) apresenta todas as semanas um programa de 1 hora, que contém ação e segmentos das estrelas desta companhia e dos seus parceiros, como é o caso das companhias Stardom, NJPW e CMLL.

É transmitida todos os fins-de-semana na estação local do grupo de televisões da Sinclair Broadcast, todas as segundas-feiras à noite no FITE TV, todas as terças-feiras à noite no Fight Network do Canadá, todas as quartas-feiras no STADIUM e ainda todas as sextas-feiras à noite no canal português SportTV.

ROH 01.07.2018

Neste programa tem como destaque um confronto entre um terço dos ROH World Six-Man Tag Team Champions Matt Taven e uma lendas de Lucha Libre, Ultimo Guerrero.

Comentadores: Ian Riccaboni e Colt Cabana

Singles Match
Jonathan Gresham vs. Kenny King

Singles Match
Facade (c/ Danni) vs. Josh Woods

Singles Match
ROH World Six-Man Tag Team Champion Matt Taven (c/ TK O'Ryan) vs. Ultimo Guerrero





ROH 08.07.2018


Neste programa teve como destaque, um combate sem desclassificações e sem contagens do árbitro entre Cheeseburger e Bully Ray e ainda um combate entre Cody e uma das estrelas da CMLL, Titán.

Comentadores: Ian Riccaboni e Colt Cabana

Tag Team Match
Gabby Ortiz & Riley Shepard vs. Stella Grey & Women of Honor Champion Sumie Sakai

No-DQ, No-Count-Out Match
Cheeseburger vs. Bully Ray

Singles Match
Cody (c/ Brandi Rhodes e Burnard The Business Bear) vs. Titán


Literatura Wrestling | Yes! My Improbable Journey to the Main Event of Wrestlemania - Capítulo 11 - Parte 2


Está de volta a Literatura Wrestling, o espaço de traduções do blog que vos traz uma obra biográfica, na íntegra, reveladora das origens, vida e decorrer da carreira de alguns dos mais marcantes wrestlers que percorreram os ringues que acompanhámos com tanto gosto.

Todas as semanas vos traremos um excerto do livro "Yes!: My Improbable Journey to the Main Event of Wrestlemania", publicado em 2015 por Daniel Bryan e pelo co-autor Craig Tello, a contar o crescimento e peripécias do "Yes! Man" até à sua chegada à WWE e ao main event da Wrestlemania. Boa leitura!


(...)

Entre digressões, eu continuei a lutar em shows independentes, maioritariamente para a Ring of Honor. Mais no início do ano, venci um torneio da ROH chamado Survival of the Fittest, que culminou em mim e o Austin Aries, que acabava de começar com a ROH uns meses antes. Gabe Sapolsky, o booker, adorou a final e subsequentemente agendou o Aries e eu para um combate Two-out-of-Three Falls nesse mês de Agosto no Testing the Limit. Eu estava a falar com o Gabe a caminho do aeroporto quando ele me disse que tinha anunciado que cada "fall" teria o limite de tempo de uma hora. Eu achei isso esquisito, especialmente visto que não havia plano para que alguma das "falls" chegasse a uma hora; ia apenas ser como qualquer outro combate Two-out-of-Three Falls. Mas depois comecei a pensar. Eu imaginei alavancar o significativo tempo-limite. Podíamos ir para um empate de final de hora em cada uma das primeiras "falls", depois - mesmo quando parecesse que íamos para um terceiro empate de hora - ali por volta dos cinquenta-e-cinco minutos, o Aries derrotar-me-ia. Liguei de volta ao Gabe e contei-lhe a minha ideia. Ao início ele pensava que eu estava a brincar e riu-se, mas quanto mais eu falava com ele, mais ele se apercebia que eu falava a sério. Dado o modelo de negócio da ROH, a coisa mais importante era vender DVDs e cassettes. Se fizessemos o que eu tinha planeado, seria o combate de pro wrestling mais longo na história moderna, e a minha justificação era que um monte de fãs da ROH assim como não-fãs da ROH comprá-lo-iam, mesmo que avançassem a sua maioria. O Gabe começou a mudar de ideias e eventualmente disse que eu podia fazê-lo se quisesse.

Quando aterrei em Philadelphia, contei o plano ao Aries. Gabe já tinha falado com ele anteriormente e, inicialmente, Aries pensava que ele estava a pregar-lhe uma "rib". Após aperceber-se que não era uma piada, não demorou muito até o Aries concordar com o conceito. A minha única preocupação era os fãs ao vivo e mantê-los envolvidos. Nada mata tão bem um combate como uma plateia que está aborrecida, mas eu tive aquilo que considerava uma ideia brilhante. Visto que éramos os últimos, teríamos o ring announcer a avisar os fãs que podia acabar a ser um combate longo e que nenhum dos artistas ficaria ofendido se um membro da audiência decidisse ir para casa. Isso mesmo, a minha brilhante ideia era encorajar as pessoas a sair a meio do meu combate. Eu pensei que seria mais fácil lutar as três horas se não tivessemos que nos preocupar com entreter as pessoas ao vivo, e eu sabia que o comentário tornaria mais fácil para as pessoas assistirem em casa. Infelizmente, pessoas não estavam a sair, mas estavam a ficar aborrecidas, logo improvisámos e fomos para o nosso plano de reserva, trocar algumas "falls" naquilo que se tornou um combate de setenta-e-seis minutos. Ainda é o combate mais longo da minha carreira, apesar que estive sempre desapontado por não termos cumprido as três horas inteiras.

Por volta desta mesma altura, o Inoki Dojo começou a organizar alguns espectáculos. Simon e Hiroko trabalharam com algumas outras pessoas que conheciam o lado da promoção do wrestling muito bem, e também solicitaram a alguns de nós que lá treinamos, conselhos em bookings para os shows. Sentámo-nos em várias reuniões longas a propor como devíamos agendar o primeiro show.

O Rocky Romero, o Bobby Quance e o TJ Perkins tinham feito uma longa digressão da CMLL (Consejo Mundial de Lucha Libre) no México, e o Rocky tinha feito amizade com o Negro Casas, uma das maiores estrelas Mexicanas. Visto que a programação televisiva da CMLL ia para o ar na área de Los Angeles, que tem uma numerosa população Hispânica, pensámos que trazer um ou dois tipos desses seria a nossa melhor aposta. A partir daí, podíamos encher o resto do card com aqueles de nós que treinaram no dojo, juntamente com alguns viajados. Todos pareciam concordar que esta seria a melhor aposta e partiram para o trabalho. Marcaram num restaurante/boate Mexicano para um espectáculo, e parecia que ia ser perfeito.

Saí para o Japão, e quando voltei, descobri que a ideia tinha mudado. Em vez de trazer lutadores Mexicanos para o espectáculo, mandaram vir dois wrestlers Japoneses chamados Nishimura e Takemura. Nishimura era bastante popular no Japão mas não muito conhecido nos States, e o Takemura mal era conhecido no Japão. O espectáculo foi um fiasco, atraindo cerca de quarenta-e-cinco pessoas e perdendo cerca de 30,000$, pelo que ouvi. As intenções eram boas, mas foi apenas mais um exemplo de uma das coisas importantes no wrestling: Tens que conhecer a tua audiência.

Mais tarde nesse ano, continuei a tentar ajudar o Simon e o Hiroko ao recomendar que considerassem o Jamie Noble, um cruiserweight áspero, porém imensamente talentoso. Eu tinha lutado com o Jamie em inícios de 2003 no programa sindicado da WWE, o Velocity - uma das várias vezes que trabalhei para a WWE como um talento de aprimoramento. À maior parte do talento de aprimoramento era dada muito pouca ofensiva visto que estávamos lá para deixar os talentos contratados da WWE o melhor visto possível. O Jamie apenas queria ter um bom combate, no entanto, logo tivemos acção para um lado e para o outro, comigo a conseguir consideravelmente mais ofensiva do que uma situação dessas garantia. O nosso curto combate de TV correu muito bem, logo em finais de 2004, quando o Jamie foi dispensado da WWE, imediatamente fui ter com o Simon e o Hiroko. Disse-lhes que ele seria perfeito para a New Japan e que o seu talento podia mesmo fortalecer a divisão gaijin juniors.

A ligação foi feita com a New Japan e o Jamie foi agendado para a tour de Dezembro. Ele e eu fizemos equipa regularmente, e apesar de o ter encontrado antes, pude conhecer o Jamie no Japão. Ele tem um óptimo sentido de humor, que se torna ainda mais engraçado com o seu carregado sotaque de West Virgina. Na altura, ele tinha acabado de ter um bebé, e a maneira como ele falava dele fazia o meu coração derreter. Tivemos uma excelente digressão juntos que incluiu um divertido combate pelos Junior Tag Team Championships contra o Jado e o Gedo. No final da tour, o Jamie deu-me um grande abraço e agradeceu-me por ajudá-lo. (Desde então, ele já me ajudou mil vezes mais do que eu já o ajudei a ele, como explicarei mais tarde.)

Eu adorava lutar na New Japan, e quando 2004 acabou, eu visionava passar o resto da minha carreira lá - semelhante à maneira como o Scott Norton tinha passado a maioria da sua - mas não estava destinado a ser. Essa digressão de Dezembro foi a última vez que trabalhei para a New Japan Pro Wrestling.

O início de 2005 pareceu-se muito com o meu 2004: lutava todos os fins-de-semana em shows independentes e tinha uma tour da New Japan agendada para Fevereiro. Contudo, duas semanas antes da tour supostamente começar, eu ainda não tinha o meu visto. Simon e Hiroko, que eram quem realmente lidava com a New Japan, não sabiam porque é que ainda não tinha chegado mas voltaram a contactar-me no dia seguinte. Eles pediram desculpas e disseram que eu estaria na digressão de Março, o que não me importava porque dava jeito ao meu corpo as semanas de folga.

Anteriormente à tour de Março, eu continuei a inquirir sobre o meu visto, e Simon e Hiroko continuaram a assegurar-me que estaria lá a qualquer momento. Dez dias antes de ser suposto começar, disseram-me que eu também não estaria na digressão de Março. Admito que, quando aconteceu a segunda vez, comecei a ficar frustrado porque vivendo em Santa Monica, é difícil conseguir bookings independentes à última hora. Promoções independentes têm orçamentos limitados, logo um voo para um wrestler independente como eu - cuja experiência também já valia um pagamento mais alto - de L.A. com pouca antecedência não estava dentro das suas possibilidades financeiras, especialmente visto que não tinham muito tempo para o promover. Fui capaz de apanhar um par de shows da ROH e um booking da Pro Wrestling Guerrilla porque estavam na área de L.A., mas era praticamente só isso.

Abril era uma tour de "Young Lions" para a New Japan, logo eu sabia que também não estaria nessa, mas eles afirmaram que me queriam em Maio para o torneio Best of the Super Juniors. Em meados de Abril, o mesmo voltou a acontecer. Não fazia ideia do que se estava a passar. A New Japan sempre parecia feliz com o meu trabalho e eu tinha uma boa relação com o Simon e o Hiroko; tudo em relação a isto parecia suspeito. Após a terceira desilusão, decidi voltar para a Inglaterra já que, mais uma vez, bookings independentes eram mais difíceis de aparecer. Não era muito dinheiro, mas eu sabia que estaria a lutar e a divertir-me, logo fui a conduzir até Aberdeen para deixar o meu carro lá para a viagem e preparar-me para a minha jornada.

Em inícios de Maio, pouco antes da tour de Super Juniors, recebi uma chamada do Simon, que disse que a New Japan de facto me queria para a digressão desse mês, mas como eu era uma adição de último minuto, eles necessitariam de baixar o meu pagamento 500$ por semana. Eu disse-lhe obrigado mas não, obrigado. Mesmo com o corte no pagamento, eu teria feito mais dinheiro nas três semanas em digressão com a New Japan do que faria a trabalhar o Verão inteiro na Inglaterra. Foi uma das poucas vezes em que tomei uma decisão no wrestling porque estava chateado e sentia-me desrespeitado. Nunca descobri exactamente o porquê de tudo isso ter acontecido, apesar de ter aprendido mais tarde que teve algo a ver com políticas entre o Inoki Dojo e a New Japan. Eu era essencialmente um peão numa batalha maior. Como resultado, nunca mais voltei ao Inoki Dojo ou à New Japan, que é uma pena porque eu adorava ambos.

(...)

No próximo capítulo: Grande passo na carreira do jovem Bryan Danielson. Sim, ele já percorreu o mundo, fez fama e ganhou ouro. Mas vem agora o derradeiro momento: tornar-se a principal cara de uma companhia! A não perder!

WWE 205 Live - 17.07.2018 | Vídeos + Resultados


Devido ao grande sucesso do CruiserWeight Classic no WWE Network, a WWE decidiu apostar numa divisão de Cruiserweights, que agora todas as terças-feiras passaram a ter um programa de 1 hora dedicado exclusivamente a eles na WWE Network chamado 205 Live.

O programa de hoje conta com um combate entre Lio Rush e Akira Tozawa.

Resultados


1) TJP vence Noam Dar por submissão após aplicar um "Kneebar".

2) Drew Gulak (c/ The Brian Kendrick e "Gentleman" Jack Gallagher) vence Danny Garcia por submissão após aplicar um "Gu-Lock". Após a luta, Gulak disse que você pode não conseguir o que deseja, mas que com algum esforço você pode conseguir o que precisa. Ele cita Mick Jagger, ao falar que por dois anos o público esteve sujeito a campeões sem merecimento, mas que agora eles iriam ter o campeão que precisavam: ele mesmo. Por fim, ele diz que Cedric Alexander é muito parecido com Garcia, pois assim que se encontrarem, ele também faria o campeão desistir rapidamente.

5) Lio Rush vence Akira Tozawa por pinfall após aplicar um "Final Hour".

Vídeos

WWE Smackdown Live 17.07.2018 | Vídeos + Resultados


Este episódio do Smackdown Live (transmitido todas as terças-feiras) tem como destaque a revanche entre Shinsuke Nakamura e Jeff Hardy pelo WWE United States Championship.

Para além disso, também estão confirmados os seguintes combates/segmentos:
  • Reação de Asuka à sua derrota para Carmella no Extreme Rules
  • Daniel Bryan atualizará a situação do Team Hell No
  • Quem será o próximo adversário de AJ Styles?

Resultados


1) WWE Champion "The Phenomenal" AJ Styles vence Andrade "Cién" Almas (c/ Zelina Vega) por submissão sem o título em jogo após aplicar um "Calf Crusher". Após a luta, Almas encarou AJ de forma ameaçadora antes de ir embora.

2) Becky Lynch vence Mandy Rose (c/ Sonya Deville) por submissão após aplicar um "Dis-Arm-Her". Deville interferiu durante o combate, mas não conseguiu nenhuma brecha para que Rose vencesse. Após a luta, Lynch agradeceu ao público dizendo que era ótimo vencer e que ela estava esperando pacientemente por uma chance, enquanto treinava duro para melhorar suas habilidades e obter várias vitórias para o público. Ela fala que, entretanto, aquilo era apenas o começo, e desafia a campeã Carmella, dizendo que suas chamas estariam direcionadas para ela.

3) Samoa Joe vence Tye Dillinger por submissão após aplicar um "Coquina Clutch".

4) Eric Young (c/ Alexander Wolfe e Killian Dain) vence Kofi Kingston (c/ Big E e Xavier Woods) por pinfall após aplicar um "Youngblood". Os demais membros da New Day e SAnitY acabaram se envolvendo em uma briga perto do fim da luta, sendo que num momento em que Kofi foi para perto das cordas, Dain jogou Xavier contra ele, dando a brecha para a vitória de Young.

5) Jeff Hardy vence Shinsuke Nakamura por desqualificação após Randy Orton aparecer e atacá-lo. Com esse resultado, Nakamura retém o WWE United States Championship. Orton seguiu atacando brutalmente Hardy, inclusive tentando arrancar os alargadores de suas orelhas e jogando sobre a mesa de comentários, onde finalizou-o com um "Hangman's DDT". O programa encerrou-se com os árbitros e produtores ajudando Jeff enquanto Randy ia embora.

Vídeos

terça-feira, 17 de julho de 2018

WWE Monday Night Raw 16.07.2018 | Vídeos + Resultados


Este episódio do Monday Night Raw (transmitido todas as segundas-feiras), tem como destaque a conclusão da situação de Brock Lesnar, que caso não compareça ao Raw de hoje terá reinado de Universal Champion revogado.

Para além disso, também estão confirmados os seguintes combates/segmentos:
  • Retorno do B-Team como os novos Raw Tag Team Champions
  • Irá Braun Strowman voltar a perseguir Kevin Owens?
  • Seth Rollins terá algo preparado para Dolph Ziggler?

Resultados


1) Roman Reigns vence Finn Bálor e Drew McIntyre em um Triple Threat Match por pinfall após aplicar um "Spear" em Bálor. Com essa vitória, Roman se qualifica para o Number-One Contender's match da semana que vem, que decidirá o adversário de Brock Lesnar no Summerslam.

2) WWE Intercontinental Champion Dolph Ziggler vence "The Glorious" Bobby Roode por pinfall sem o título em jogo após aplicar um "Superkick".

3) Mojo Rawley vence Tyler Breeze por pinfall após aplicar um "Alabama Slam".

4) Alicia Fox & Dana Brooke vs Sasha Banks & Bayley termina em No Contest após as quatro lutadoras permanecerem brigando fora do ringue e não atenderem aos chamados do árbitro. Após a luta, Banks e Bayley voltaram a se desentender, e a "Boss" seguiu sozinha para os bastidores.

5) Raw Tag Team Champions The B-Team (Bo Dallas & Curtis Axel) vencem The Ascension (Konnor & Viktor) por pinfall sem o título em jogo após aplicarem uma combinação de "Back Suplex" e "Neckbreaker" em Viktor. Após a luta, os Deleters of Worlds apareceram no telão, com Bray Wyatt dizendo que o B-Team deveria aproveitar seu momento de glória, pois ele não iria durar muito, e Matt Hardy falando que eles iriam pagar pro perturbar o equilíbrio dos céus, anunciando que na semana que vem irão ter a revanche pelos cinturões de duplas, onde eles iriam deletar para sempre Axel e Dallas.

6) The Authors of Pain (Akam & Rezar) vencem Titus Worldwide (Titus O'Neil & Apollo Crews) por pinfall após aplicarem um "Last Chapter" em Crews.

7) Sarah Logan (c/ Liv Morgan) vence Ember Moon por pinfall após aplicar um "Lateral Press". Morgan interferiu algumas vezes durante a luta, e ao final do combate, atrapalhou uma tentativa de "Eclipse" de Moon, dando a brecha para Sarah vencer a luta.

8) Bobby Lashley vence Elias e Seth Rollins em um Triple Threat Match por pinfall após aplicar um "Spear" em Elias. .

9) Bobby Lahsley vence Roman Reigns por pinfall após aplicar um "Spear". Com essa vitória, Lashley se qualifica para o Number-One Contender's match da semana que vem, que decidirá o adversário de Brock Lesnar no Summerslam. O programa se encerra com a comemoração de Bobby na rampa, enquanto Seth e Elias permanecem desapontados no ringue.


Vídeos

domingo, 15 de julho de 2018

WWE Extreme Rules 2018 | Vídeos + Resultados


Num evento anual em que as estrelas da WWE levam até ao extremo, a WWE apresenta mais uma edição anual do Extreme Rules, em que como grande destaque veremos AJ Styles a defender o WWE Championship contra Rusev e ainda, pela primeira vez, teremos Roman Reigns a enfrentar Bobby Lashley num combate singular.

WWE Extreme Rules 2018 | Preview


Num evento anual em que as estrelas da WWE levam até ao extremo, a WWE apresenta mais uma edição anual do Extreme Rules, em que como grande destaque veremos AJ Styles a defender o WWE Championship contra Rusev e ainda, pela primeira vez, teremos Roman Reigns a enfrentar Bobby Lashley num combate singular.

Wrestling e Vinho Tinto #7 - Amor de Lana, a tatuagem "Extreme"


Depois de uma semana onde imensa coisa se passou no mercado dos enchidos, os vossos dois indivíduos preferidos regressam aos vossos ecrãs com uma conversa sublime, tatuagens, Lana, chouriços, Lana, storylines, Lana, irmãs do Lashley, Lana, pensamentos para a vida e, acima de tudo... LANA!

De todos os episódios já aqui publicados, este está sem dúvida no Top 7!!!!!

Porque isto é... WRESTLING E VINHO TINTO!!!!!

Já sabem, não se esqueçam de subscrever o nosso PODcast e já agora canal de youtube do Wrestling Noticias.

Wrestling Notícias

Youtube: WrestlingNoticias
Facebook: @Wrestlingnoticias
Twitter: @WNoticias
Instragam: @wnoticias
Email wrestlingnoticias@gmail.com

Wrestling e Vinho Tinto

Youtube: @Wrestlingevinhotinto
Twitter: @Polverine93 e @CReyes9
Itunes: Wrestling e Vinho Tinto
Podbean: Wrestling e Vinho Tinto
Email wrestlingtinto@gmail.com



Bons combates para todos,




sábado, 14 de julho de 2018

WWE Main Event 13.07.2018 | Vídeos + Resultados


Este episódio do WWE Main Event tem como destaque Chad Gable a enfrentar a streak de Curt Hawkins. Para além disso, também conta com um rematch do Raw entre Titus Worldwide e os Authors of Pain e ainda alguns destaques deste passado Monday Night Raw e Smackdown Live.