quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

TNA Impact Wrestling 19.01.2017 | LIVE STREAM



À procura de oportunidades?

Neste episódio do IMPACT Wrestling, 12 lutadores procuram por 4 derradeiras oportunidades de agarrar em malas que lhe podem valer uma oportunidade como nunca tiveram na vida e só 4 é que podem retirar as malas com esse conteúdo...

Ao contrário das edições anteriores do "Feast or Fired" em que uma das malas tinha um selo de despedida, esta 1ª edição do "Race For The Case" é basicamente uma corrida a agarrar as 4 malas e o conteúdo lá dentro é a possibilidade de escolher um determinado tipo de combate para o "Open Fight Night" que irá ocorrer brevemente.

Não é só essa a novidade para este novo conceito do "Race For The Case", pois os vencedores das malas quando tiverem o conteúdo revelado será um número que irá determinar a ordem pelo qual os vencedores das malas podem escolher o combate!

Outra situação diferente neste combate é que assim que um tipo de combate for determinado pelo vencedor nº 1 da mala deste conceito, os que tiveram os números 2, 3 e 4 já não podem escolher esse tipo de combate, portanto isto quer dizer que o vencedor que tiver o nº 1 dentro da mala terá oportunidades sem fim, como por exemplo desafiar pelo TNA World Heavyweight Championship.

Já os números 2, 3 e 4 terão de rezar para que o nº 1 não escolha aquilo que eles pretendiam escolher e os lutadores confirmados para este combate são Eli Drake, Mike Bennett, os DCC (James Storm, Bram e Kingston), Broken Hardys (Broken Matt e Brother Nero), Decay (Abyss e Crazzy Steve) e Tyrus...

É um conceito totalmente renovado do "Feast or Fired", pois os lutadores não terão de preocupar-se com a possibilidade de agarrar uma mala que lhes dê o selo de despedida da TNA, mas quem serão os 4 lutadores que irão agarrar nas malas?

Para assistir ao IMPACT, clicar no seguinte link:
http://wrestlingnoticias.blogspot.com/p/transmissao-ao-vivo.html

Ring of Honor Wrestling 14.01.2017 | Vídeos + Card


A Ring Of Honor Wrestling é transmitida todos os fins-de-semana na estação local do grupo de televisões da Sinclair Broadcast, todas as segundas-feiras à noite no FITE TV, todas as terças-feiras à noite no Fight Network do Canadá e ainda todas as quartas-feiras à noite no Comet TV. Esta semana tem como destaque a continuação do torneio Decade of Excellence, no qual no último combate de 1ª ronda, Jay Lethal enfrentará Jushin "Thunder" Liger.

Eis o card desta semana:

Comentadores: Kevin Kelly e Nigel McGuinness

Six-Man Tag Team Match
The Rebellion (Caprice Coleman, Rhett Titus & Kenny King) vs. Lio Rush, Jay White & Donovan Dijak

Singles Match
Cody vs. Steve Corino

Decade of Excellence Round 1 Match
Jay Lethal vs. Jushin "Thunder" Liger


King of... Themes #52 | AJ Styles vs. Finn Bálor


 

Na última edição do "King of Themes", o vencedor da segunda eliminatória desta fase, foi o "Whatever" de      Chris Benoit.

                                                  Chris Benoit - "Whatever" - 10 votos

Bobby Roode - "Glorious"" - 4 votos
_________________________________________________________

Na 3ª eliminatória da 3ª fase do King of Themes, temos o embate entre os temas de AJ Styles e Finn Bálor.


AJ Styles - "Phenomenal"

Vs.

Finn Bálor - "Catch Your Breath"



Votem já no tema que pretendem ver na próxima fase!


Qualificados:

Undertaker - "Rest In Peace"
Chris Benoit - "Whatever"

WWE Total Divas 18.01.2017 | 6ª Temporada (9º Episódio)


Depois de uma pequena temporada de estreia do novo programa da E!, Total Bellas, a WWE regressa com a 6ª temporada do já conhecido programa das mulheres da WWE chamado Total Divas.

Com 5 temporadas já no bolso, a WWE, juntamente com a E! trás novas caras para este programa, como é o caso de Renee Young, Lana e Maryse, onde prometem trazer novas animosidades ao programa com as suas respetivas relações (Renee com Dean Ambrose, Lana com Rusev e Maryse com The Miz).

Para além disso, temos as habituais caras deste programa, Brie e Nikki Bella, Natalya, Eva Marie, Paige e o regresso de Naomi ao programa.

Weekly Wrestlers #22 | Análise e Nova Votação

Mais uma semana a contar os vossos votos e mais uma semana com um ranking totalmente novo sobre os Superstars masculinos e femininos que mais marcaram esta semana, de acordo com vocês.

Como funciona este espaço? É simples!
> Vocês (leitores do Wrestling Notícias) mandam na votação, pois cada comentário que deixem conta como um voto, seja um lutador, lutadora ou até uma equipa que mais se destacam no decorrer desta semana
> Têm até DOMINGO À NOITE para deixar os vossos votos nos comentários > Caso haja empates durante o decorrer da contagem de votos, nós teremos uma última palavra para decidir quem fica em determinado lugar
> Têm ATÉ 5 ESCOLHAS (INCLUSIVE) para deixar no comentário nesta publicação
> Os lutadores/lutadoras/equipas escolhidos por vocês, têm de ser quem vocês acham que marcou mais esta semana no wrestling (seja na WWE, TNA, ROH, Independentes, Lucha Libre, Nacional ou Puroresu)

O vosso voto conta e, como prova, vejam lá se este nosso/vosso ranking é descabido:

Há 2 meses:

5º Lugar

Um certo luchador lendário tinha assuntos por resolver. Mas é um assunto muito abrangente. O seu protégé, Dragón Azteca Jr., também tinha assuntos relacionados. Algo que atinja tantos só pode ser o ex-Campeão Matanza que fez questão de deixar Mysterio de baixa. Revoltado, Azteca desafiou-o para... um Deathmatch. Que é uma maneira mais arrojada de dizer que pretende o suicídio.

É certo que ele não é da raça fraca e deu muita luta mas um Chokeslam pela bancada dentro (!!!) acabou o combate de uma vez e obrigou Mysterio a fazer-se aparecer no templo para o socorrer. E levou com Matanza, seu velho amigo. E também ia ele de volta para a baixa ou, quem sabe, para a reforma, se não se precavisse e mandasse Matanza pelo tecto de uma das subdivisões do templo dentro. Estavamos numa disto, de partir coisas.

Até obrigou Dario Cueto a evacuar o templo. Se não sabem como se fecha uma primeira parte de uma temporada em grande: chamem o Mysterio que ele atira grandalhões por coisas dentro!

Há 3 meses:

7º Lugar

Já faz um tempo que Lashley não é World Champion, pelo menos na sua ideia. Até porque as suas últimas tentativas têm sido sem sucesso, ou tem mais alguém, ou alguém interfere ou... um vulcão está prestes a entrar em erupção e lutar no mato não dá muito jeito para ganhar títulos.

Começa a fartar-se de não ser Campeão e começa a exigir o seu lugar na luta por ele. Mas não é o único. Também EC3 acredita que já está há bem mais que tempo suficiente de molho, com a cintura ao frio. Só há uma forma de resolver quem merece Eddie Edwards: à porrada. Abriu-se logo o Impact Wrestling em grande com o combate dessa noite e de muitas, um Last Man Standing pela candidatura ao título!

Grande combate e grande tentativa de EC3, mas Carter, rapaz... Gosto muito de ti, sim mas Lashley não é gajo de ficar estendido por muito tempo... Sim, ele ganha, mantém-se dominante e ruma ao TNA World Heavyweight Championship!
________________
Este já estava pronto para dar nas vistas quer ganhasse quer não. O PROGRESS Champion e crescente lutador Britânico derrotou Roy Johnson na sua primeira ronda mas nem achou que esperar só pelas fases finais do dia seguinte era suficiente. Teve que marcar bem o torneio e atacou Sam Gradwell, competidor que enfrentaria nos quartos-de-final.

Triple H e William Regal chegaram a ponderar uma possível punição mas lembraram-se que lá para os lados deles, da "gente crescida", isso é o pão nosso de cada dia e deixaram estar. Dunne seguiu com vantagem psicológica e venceu Gradwell. Continuaria o seu percurso, indo ainda mais longe ao derrotar Mark Andrews para se apurar para a grande final, a sua grande oportunidade.

Mas aí já teve perna curta e terá que se contentar com um segundo lugar. Mas com uma enorme prestação memorával. Dos mais falados após o torneio, com certeza. A não perder a sua visita a Portugal!

Há 2 semanas:

8º Lugar

Veio com a pica toda. Só leva nas orelhas e ouve a mesma cantiga, de todos. Que já é um "part timer", um "has been" e que acabou-se o tempo dele. Algo difícil de engolir para quem tem "My time is now" como eterno lema, entre outros.

Depois de ouvir umas boas ensaboadelas de AJ Styles na semana passada e também umas boquinhas de Baron Corbin, para este Smackdown, Cena quis resolver as coisas da outra maneira tradicional naquele ringue. Á bulha. Com AJ Styles a assistir bem de perto, Cena enfrentou Baron Corbin num combate onde pôde provar, em primeira mão, que esses miúdos da "New Era" que ele não gosta são bem rijos e que se calhar a dificuldade de "passar por alguém" seja mais dele do que deles.

Mas pronto, Cena é Cena e ele conseguiu buscar o habitual ao fundo da tripa. E derrotou Corbin com um AA. Temos Cena de volta! Pelo menos até à Wrestlemania, que depois disso já se fala em novos filmes. Oh rapaz, é uma no cravo e outra na ferradura!
________________
OooOooOhhhHhhHhH YeeeEeeEeees! Escolhidos a dedo pelos "Seven Deities", eles mesmos. Uma equipa que já teve muita competição com os irmãos, ainda eles tinham vidas quotidianas normais. Tidos em conta por muitos, actuais Tag Team Champions incluídos, como uma das melhores equipas de toda a história da TNA. E actualmente até contam com o TNA World Heavyweight Champion.

Sim, os Wolves eram co-main eventers com os Hardys pelos títulos de Tag Team. Para remendar quaisquer tensões entre Eddie Edwards e Davey Richards do passado Impact Wrestling, havia a oportunidade de aumentar o currículo da equipa, de não deixar Davey de mãos a abanar e de tornar Eddie multi-Campeão. Mas os "Seven Deities" continuam do lado dos irmãos avariadinhos e depois de um combate bastante competitivo, levaram a melhor.

Richards? Não ficou muito bem disposto. Hardys? Continuarão a sua crusada de tornar tudo OBSOLETE! Os Wolves? DELETED!

Há 6 semanas:

2º Lugar

São boas as notícias que nos dão, do NXT. Basta dizer-nos que o main event é um rematch entre os #DIY e os Revival pelos NXT Tag Team Championships que já ficamos a esfregar as mãos. Saltam-nos logo à mente os excelentes combates, bem recordados no final do ano, que deram. E agora vem mais um.

E não, não desapontou nem ficou a faltar nada, foi um tremendo main event que fez de ambas as equipas estrelas, como se já não fossem. A vitória sorriu aos Campeões Johnny Gargano e Tommaso Ciampa mas eles não acabaram o episódio propriamente a sorrir. Alguém foi muito rápido a chegar-se à frente na caça aos títulos. Claro, os dominantes, invictos e vencedores de torneio, Authors of Pain. O combate ficou marcado para o NXT Takeover: San Antonio e podemos esperar uns Campeões a passar muitos trabalhos!

Há 2 semanas:

1º Lugar

Se calhar era Sol de pouca dura. Se calhar foi tudo muito bonito mas foi um golpe de sorte. É que aquela Wyatt Family já é dura de se bater uma vez, quanto mais duas! Mas os Smackdown Tag Team Champions não mostraram nem pinga de medo. Foram, de peito cheio, defender os seus cintos ainda quentinhos, contra a Wyatt Family de Bray Wyatt e Randy Orton. Tarefa muito difícil.

Mas Chad Gable e Jason Jordan não são nenhuns meninos. Tarefa muito difícil para Bray e Randy, ora essa. Mais difícil ainda quando aquela gente não se parece entender. Randy Orton e Luke Harper, que nunca pareceram gostar um do outro, lá se atrapalharam o suficiente para que os American Alpha capitalizassem e mantivessem os títulos. Pronto, uma bala já está desviada.

Quanto aos outros três, parecia haver ali implosão, Bray a querer controlar e ainda a levar. Problemas na família. Para Gable e Jordan? Toca mas é a celebrar que o assunto não é com eles!

Há 2 meses:

4º Lugar

Era só um rumor. Mas não era nenhum rumor das webs, era um rumor dentro da história, que é como quem diz "não mudem de canal, ele vem já." Uma "performance review" a Mick Foley pendurada por um fio e tudo a depender de um rumor. Ou melhor. Um pressentimento ali na barriga de Foley, quase como um sexto sentido que se ganha quando se é arremessado por uma jaula abaixo duas vezes. Ele sabia-o. Undertaker estava ali.

Mas parecia que não porque ele até é um brincalhão. Undertaker surge, faz toda a gente arrepiar-se e anuncia estar de volta para partir tudo. A começar pela Royal Rumble. Anuncia a sua entrada no combate e promete vencê-la para constar na Wrestlemania, (quase) sempre casa de boa sorte. O melhor: Undertaker intimidar Stephanie McMahon quando esta tem sempre a mania de emascular tudo o que se mexa perto dela. O pior: o ruído estranho que Undertaker fez depois de dizer "Rest in Peace" que nem sei bem o que foi.

O que importa é que Undertaker está de volta! Por agora! Ah, e Mick Foley está safo. Por agora...
________________
E é assim que entra um miúdo de dezanove anos nesta contagem. Para enraivecer os fãs que já andam nos avançados vintes e que ainda não fizeram nada desta vida. Ou então não, esses fãs até podem retirar bastante gozo do grande feito cumprido por este jovem. Basta terem gostado do torneio da WWE pelo inaugural United Kingdom Championship que têm aqui o rapazito que dominou.

Teve em Tucker, Jordan Devlin e Wolfgang perigosos desafios para avançar e conseguiu sair por cima. Se calhar o mais duro de roer encontraria na final, o louco do Pete Dunne. Um grande combate a prestigiar este torneio e é desta forma que um moço que entrava na puberdade quando comecei a escrever para este espaço (!!!) estando eu ainda numa idade também muito tenra, faz história: Tyler Bate é o primeiro United Kingdom Championship e já é nome debaixo do nosso olho - já não precisamos de o manter debaixo de olho - para ter em conta no futuro do wrestling Britânico e da WWE!

Há 3 semanas:

10º Lugar

Têm sido umas semanas duras para Roman Reigns, que anda sempre com Kevin Owens e Chris Jericho à perna. Mas muito mais difíceis têm sido as semanas de pânico para Jericho que tem que enfrentar a sua fobia, o seu terror: a jaula! A jaula que o suspenderá por cima do ringue durante o embate entre Reigns e Owens no Royal Rumble. Logo convém dar-lhe alguns presentinhos para o compensar. Oportunidades é sempre bom. E oportunidades destas, então...

Roman Reigns em total desvantagem a ter que defender o United States Championship contra Jericho e Owens em handicap, quem fizer o pin ganha o título. Ou melhor: a dupla que é co-Universal Champion também passaria a ser co-United States Champion. Assim sim. Mas por Reigns, (quase) tudo bem, ele até nem desgosta assim. Um contra todos, diz sempre ele.

Mas é mais fácil dizer que fazer e a vitória sorri para a dupla Canadiana, mais precisamente para Chris Jericho que tem aqui um belo doce para se agarrar enquanto lida com o medo da jaula. Agora será uma "sexy piñata" com um título. E parabéns a Y2j por conquistar o único cinto que lhe faltava!

Mais um Top 10 concluído, mais uma semana resumida e nós aqui prontos para outra! Já sabem como funciona, comecem já a comentar após o Raw, com aquela ou aquelas estrelas que mais marcou e prossigam ao longo da restante semana. É para continuar a contar, toca a votar!

WWE NXT 18.01.2017 | Vídeos + Resultados


Este episódio do NXT tem como destaque a assinatura de contrato oficial do combate para o NXT Takeover: San Antonio entre Shinsuke Nakamura e Bobby Roode pelo NXT Championship. Para além disso, também conta com um combate entre The Revival (Scott Dawson e Dash Wilder) e TM61 (Shane Thorne e Nick Miller) e ainda conta com um segmento de Tye Dillinger sobre o futuro dele no NXT.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

WN Awards 2016 | Votações Abertas


À semelhança do que se tem feito em anos anteriores, o ano de 2016 não podia ser deixado de parte e trazemos para vocês mais uma vez as novas e improvadas votações relativamente aos melhores e piores do ano de 2016.

São os WN Awards e semelhante àquilo que ocorreu no passado neste tipo de iniciativa, a votação irá cingir-se a um lote de nomeados previamente escolhidos por toda a equipa do blog, no entanto, este ano tem uma pequena diferença... para cada categoria haverá uma resposta "Outro/a:" caso não concordem com as nossas nomeações!

Para além disto tudo, este ano decidiu-se só colocar categorias globais de modo a que não haja tanta categoria para votar. As votações COMEÇAM desde HOJE, DIA 18 e TERMINAM a 18 DE FEVEREIRO de modo a que todos os votos sejam contados e que se possa realmente mostrar quem foram os melhores e piores de 2016. Para além disso, as votações estarão espalhadas pelo Wrestling Notícias... Bons votos!


WWE 205 Live - 17.01.2017 | Vídeos + Resultados


Devido ao grande sucesso do CruiserWeight Classic no WWE Network, a WWE decidiu apostar numa divisão de Cruiserweights, que agora todas as terças-feiras passaram a ter um programa de 1 hora dedicado exclusivamente a eles na WWE Network chamado 205 Live. O programa de hoje conta com o primeiro de sempre "I Forfeit Match" entre Jack Gallagher e Ariya Daivari.
_______________________________________________
Reportagem e Resultados



Vídeos

WWE Smackdown Live 17.01.2017 | Vídeos + Resultados


Este episódio do Smackdown Live tem como destaque a 1ª defesa de sempre do Smackdown Women's Championship num "Steel Cage Match" entre a campeã Alexa Bliss e a pretendente Becky Lynch. Para além disso, também conta com o regresso do segmento King's Court onde Jerry Lawler tem como convidado especial Dolph Ziggler e ainda um anúncio especial de Shane McMahon a começar o Smackdown.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

WWE Monday Night Raw 16.01.2017 | Vídeos + Resultados



Uma besta solta?

Neste episódio do Monday Night Raw está confirmada a primeira aparição de Brock Lesnar em 2017 neste programa e a realidade é que ninguém está mais ansioso para o "Royal Rumble Match" deste ano do que o próprio Brock Lesnar, pois este sente que tem um ponto a provar!

Desde o combate chocante entre Lesnar e Goldberg no Survivor Series, que as coisas entre os dois lutadores têm andado piores, pois assim que Goldberg anunciou as suas intenções de entrar no "Royal Rumble Match", Brock Lesnar foi logo atrás através de Paul Heyman...

Numa entrevista exclusiva a Paul Heyman, este esclareceu bem que a derrota foi apenas uma forma de motivar mais ainda a besta que é Brock Lesnar e no "Royal Rumble Match" este tem um ponto a provar, pois a aura que tinha de besta dominadora acabou no Survivor Series e agora tem de voltar a provar que isso não desapareceu.

E depois de Goldberg ter aparecido no 1º Raw de 2017 para marcar o seu território e provar que não está para brincadeiras quando entrar naquele ringue, Brock Lesnar sem dúvida quererá elevar o nível e fazer melhor que o seu rival!

A questão aqui é... será que no "Royal Rumble Match" teremos mais um derradeiro confronto entre as duas bestas? Ou irão ambos os lutadores ser eliminados por alguém e ambos perderão a oportunidade de lutar pelo título principal no maior palco de todos, Wrestlemania? Uma coisa é certa... neste Raw, a besta vai ser solta.

_______________________________________________
Reportagem e Resultados



_______________________________________________
Vídeos


____________________________
Monday Night RAW